Seguir o O MINHO

Legislativas 2022

PAN alerta para problema de aterro sanitário em Celorico de Basto

Eleições legislativas

em

Foto: DR

A candidatura do PAN pelo círculo de Braga começou esta segunda-feira o período de campanha oficial no concelho de Celorico de Basto.

Na terra natal do cabeça de lista, Rafael Pinto, a distrital visitou o aterro sanitário e centro de triagem da Resinorte, em conjunto com a distrital do PAN Porto, já que as instalações recebem resíduos dos dois distritos.

Segundo o candidato do PAN, citado em comunicado, “como único representante do concelho em posição elegível, não poderia deixar de começar a campanha dando destaque a uma preocupação de todos os celoricenses”.

O aterro sanitário foi inaugurado na freguesia de Codeçoso em 2001, com o objetivo de receber os resíduos do Baixo Tâmega, incluindo Celorico, Amarante, Baião e Marco de Canavezes, mas atualmente recebe também de vários outros concelhos, incluindo do Vale do Ave.

De acordo com Rafael Pinto, “este aterro tinha um tempo útil previsto de 12 anos, mas já passaram 20 e continua a ser aumentado. Isto porque alguns concelhos do Vale do Ave não quiseram construir o seu próprio, preferindo enviar o seu lixo para Celorico e aumentando o impacto ambiental com o transporte”.

O PAN relembra ainda que a melhor solução para reduzir o depósito de resíduos é “apostar fortemente na reciclagem e reduzir o lixo produzido” e aqui “o governo e as autarquias têm um papel fundamental. Em Portugal as taxas de reciclagem são muito baixas, e isto prende-se com falta de programas de sensibilização mas também com fracas acessibilidades a ecopontos”.

O candidato conclui que “as autarquias devem também exercer um papel fiscalizador no cumprimento das normas ambientais destas instalações, nomeadamente no que toca aos cheiros que afetam as populações vizinhas e à qualidade do tratamento das águas residuais produzidas”.

Populares