Seguir o O MINHO

Ave

Operação Éter: Câmara de Vizela investigada por factos de mandatos anteriores

Autarquia tem “colaborado” com os investigadores

em

Foto: DR / Arquivo

A Câmara de Vizela informou, esta sexta-feira, ter havido “buscas e apreensão” de documentação relacionada com a criação de uma loja de turismo no concelho, mas sublinhou que o caso reporta ao anterior executivo municipal.

“Os factos constantes do inquérito judicial em apreço dizem respeito a período correspondente a mandatos autárquicos anteriores, razão pela qual se desconhecem os factos em investigação, não tendo qualquer membro do atual executivo sido ouvido no âmbito do mesmo a qualquer título”, lê-se num esclarecimento escrito enviado à Lusa.

O Ministério Público (MP) decidiu separar os processos na Operação Éter, continuando a investigar num inquérito autónomo os factos relacionados com as lojas interativas da Turismo do Porto e Norte de Portugal (TPNP).

No esclarecimento de Vizela, refere-se também que a autarquia tem “colaborado totalmente com o órgão de polícia criminal no fornecimento de todos os elementos tendentes à descoberta da verdade”.

Ainda segundo aquele município do distrito de Braga, “dois funcionários que, à data, se encontravam ao serviço desta autarquia, mas atualmente não se encontram, foram ouvidos no âmbito do referido inquérito, desconhecendo-se, contudo, em que qualidade”.

Também no distrito de Braga, outro concelho onde foi instalada uma loja de turismo foi Fafe.

Questionada aquela autarquia sobre se alguns dos membros do executivo ou técnicos tinham sido ouvidos no âmbito do inquérito em curso, o município respondeu: “Não temos conhecimento da existência de qualquer representante da autarquia visado neste processo”.

No âmbito da Operação Éter, o Ministério Público deduziu, a 25 de outubro, acusação contra 29 arguidos (21 pessoas individuais e oito entidades coletivas), incluindo o ex-presidente da Turismo Porto e Norte de Portugal (TPNP), Melchior Moreira, que se encontra em prisão preventiva desde 18 de outubro de 2018.

Além de Melchior Moreira, foram então detidos pela PJ por alegada viciação de procedimentos de contratação pública, Isabel Castro, diretora operacional do Turismo do Porto e Norte de Portugal, Gabriela Escobar, jurista daquela entidade, Manuela Couto, administradora da W Global Communication (antiga Mediana) e José Agostinho, da firma Tomi World, de Viseu.

Anúncio

Famalicão

Famalicão: Roubam 16 mil euros de moradia e deixam proprietário em estado grave

Em Ribeirão

em

Foto: DR / Arquivo

Um homem, de 65 anos, ficou com ferimentos graves na sequência de um violento assalto na moradia onde reside com a esposa, de 62, em Ribeirão, concelho de Famalicão, na terça-feira.

Os larápios entraram na moradia de forma violenta, dá conta o jornal Correio da Manhã, esta quinta-feira, relatando que os quatro assaltantes surpreenderam o casal no quarto, sequestraram a mulher na casa de banho e agrediram o companheiro, de forma a obter o código de um cofre.

Imagem via Correio da Manhã

A vítima acabou por revelar o código, não evitando ter sofrido ferimentos graves que o levaram a ser transportado diretamente para o Hospital de São João, no Porto.

Os ladrões, que ainda não foram alvo de detenção, terão levado 16 mil euros em dinheiro e várias peças em ouro. O mesmo jornal dá conta de que alguns documentos levados pelos assaltantes foram encontrados, na quarta-feira, em Lisboa.

A GNR de Famalicão registou a ocorrência que passou para investigação da Polícia Judiciária.

Continuar a ler

Guimarães

Guimarães recebe feira de vinho com mais de 150 produtores

Guimarães Wine Fair

em

Foto: Divulgação

Mais de 150 produtores de vinho estarão presentes no evento “Guimarães Wine Fair”, anunciou, esta quinta-feira, a autarquia local.

A feira, que decorre no Multiusos de Guimarãeas, de sexta até domingo, vai na sua segunda edição e contará com mais de 150 expositores no certame.

Classificado como um “evento pioneiro” em Portugal, é possível degustar e comprar os vários tipos de vinho patentes na Wine Fair.

“À semelhança da edição anterior, o homenageado é o Vinho, um dos símbolos da cultura portuguesa, onde haverá destaque para artigos produzidos artesanalmente”, destaca a autarquia, em nota enviada à imprensa.

A feira é organizada pelo supermercado E.Leclerc de Lordelo-Guimarães, com co-organização do Município de Guimarães e Guimarães Marca.

Continuar a ler

Guimarães

Guimarães inicia construção do maior centro de medicina regenerativa da Europa

“The Discoveries Centre”

em

Avepark. Foto: Divulgação

Já arrancaram as obras de construção do novo Instituto Cidade de Guimarães, local de sede do futuro maior centro de investigação em medicina regenerativa da Europa, no parque de ciência e tecnologia Avepark.

Domingos Bragança, edil, em reunião do executivo camarário vimaranense, tinha anunciado um apoio de 1,5 milhões de euros para a construção deste projeto, que conta ainda com 15 milhões de euros de financiamento direto da Comissão Europeia.

A situar no parque de ciência e tecnologia Avepark, em Guimarães, junto ao edifício 3B’s, terá como epicentro o The Discoveries Centre, uma parceria da Universidade do Minho e de outras quatro universidades portuguesas (Porto, Aveiro, Lisboa e Nova de Lisboa) com a University College of London.

Este centro focar-se-á em investigação multidisciplinar, que será traduzida em métodos inovadores a serem aplicados na prevenção e no tratamento de doenças músculo-esqueléticas, neurodegenerativas e cardiovasculares.

Orçado em 100 milhões de euros, o novo instituto contará com o apoio da Fundação para a Ciência e a Tecnologia (FCT) e das Comissões de Coordenação e Desenvolvimento Regional (CCDRs) do Norte, Centro e Lisboa e Vale do Tejo.

Continuar a ler

Populares