Seguir o O MINHO

Futebol

Oficial. João Pedro Sousa de regresso ao Famalicão

Sucede a Rui Pedro Silva

em

Foto: FC Famalicão

João Pedro Sousa está de regresso ao comando técnico do Famalicão, sucedendo a Rui Pedro Silva, foi hoje anunciado.

Em comunicado, o Famalicão salienta que se trata do regresso do “técnico a um clube onde exerceu funções entre 2019 e 2021 e cuja passagem deixou uma marca bem vincada no futebol português”.

João Pedro Sousa, de 51 anos, estreou-se como treinador principal no FC Famalicão no início da temporada 2019/2020.

“O impacto foi imediato, com a equipa a exibir qualidade de jogo que mereceu imensos elogios por parte da crítica especializada. Sob o comando técnico de João Pedro Sousa, o clube atingiu a melhor classificação de sempre na I Liga (6.o lugar) e vincou uma das estratégias preconizadas pela SAD aquando da sua constituição: a afirmação de um estilo de jogo que valorize o espetáculo e, consequentemente, os jogadores que representam o clube”, refere o comunicado.

Foto: FC Famalicão

Depois das passagens por Boavista e Al Raed, da Arábia Saudita, João Pedro Sousa regressa ao Famalicão, iniciando funções já a partir desta quinta-feira.

João Pedro Sousa, de 51 anos, vai cumprir a terceira experiência na I Liga, na sequência de passagens por Boavista (2021/22) e Famalicão, que comandou entre maio de 2019 e janeiro de 2021, acumulando 21 vitórias, 19 empates e 19 derrotas em todas as provas.

Foto: FC Famalicão

A saída à 16.ª ronda da edição 2020/21 do campeonato, na 16.ª posição, com 14 pontos, contrastou com o desempenho protagonizado em 2019/20, quando os minhotos, então promovidos à elite 25 anos depois, registaram a melhor prestação em 10 participações e terminaram no sexto lugar, com 54 pontos, a um do inédito acesso às provas europeias.

Antes de orientar pela primeira vez o Famalicão, João Pedro Sousa foi adjunto de Marco Silva no Estoril Praia (2012-2014) e no Sporting (2014/15), nos gregos do Olympiacos (2015/16) e nos ingleses do Hull City (2016/17), Watford (2017/18) e Everton (2018/19).

O treinador natural de Luanda também já tinha exercido essas funções nos famalicenses (2009/10) e nas camadas jovens do SC Braga (2010/12), depois de ter atuado como avançado nos ‘arsenalistas’, Desportivo de Chaves e Rio Ave, entre outros clubes.

Foto: FC Famalicão

O Famalicão, 16.º e antepenúltimo colocado, com quatro pontos, um abaixo da zona de manutenção automática, vai receber o Boavista, quarto, com 15, em 02 de outubro, às 20:30, no Estádio Municipal de Famalicão, em partida da oitava jornada do campeonato.

EM FOCO

Populares