Redes Sociais

Região

Novos contentores de lixo geram discórdia em Braga

 a

Os novos contentores de lixo estão a desagradar alguns moradores de Braga. O partido político Nós Cidadãos e o movimento Braga para Todos afirmam que estão a receber várias queixas.

O movimento político afirma que Braga tem chocado os moradores com a forma de implementação do novo sistema inteligente de recolha de lixo.

“Vários moradores já se manifestarem nas juntas de freguesia e ouviram respostas que é preciso este executivo pensar, por exemplo, na União de Freguesias de Nogueira, Fraião e Lamaçães a escolha do local foi feita através do Google Maps ao invés de uma visita in loco tendo como consequência a colocação de contentores à frente da porta de prédios, que além de privar vagas de estacionamento, ainda restringiram o acesso às ambulâncias e carros de bombeiros em casos de emergências”, diz o movimento, em comunicado.

Além dos problemas em zonas de habitação, que origina várias críticas entre os cidadãos, a parte central da cidade também é problemática, segundo os movimentos.

“O centro de Braga tem contentores (provisórios) para lixo não reciclável, mas existe o método comum, ou seja, o mesmo problema das zonas residências: passam dois carros, um para retirar dos contentores e outro para recolher nas ruas, com a atenção que a maioria do lixo da Praça da República oriundo das lojas e é plástico e papel, ou seja devia ser colocado nos ecopontos, estão sempre cheios, sujos com um odor intenso e incomodativo em pleno centro”.

O Braga para Todos, salienta ainda que os novos contentores deixam “odores intensos nas portas dos prédios”, e que para o sistema funcionar, a Câmara deveria educar e consciencializar os cidadãos a colocarem o lixo no devido lugar.

O novo sistema, que representou um investimento de cerca de 6,2 milhões de euros, foi apresentado em maio e, segundo a AGERE, permite realizar de uma forma mais rápida, eficaz e sustentável a recolha de resíduos urbanos.

Com o novo sistema, o lixo passa a ser depositado em contentores – 4.400 de superfície e subterrâneos – substituindo o modelo de colocação de sacos na rua e eliminando o impacto negativo ambiental.

Passa a ser também possível a colocação do lixo a qualquer hora do dia, sem constrangimentos de horário, e os contentores vão estar a uma distância máxima de 100 metros de cada casa. Recorrendo a viaturas específicas, os mesmos serão lavados e higienizados, regularmente, no próprio local. Até setembro estará implementado em todo o território concelhio.

Aqui chegado…

...temos uma pequena mensagem para partilhar consigo. Cada vez mais pessoas lêem O MINHO, jornal estritamente digital, líder de audiências. Ao contrário de outros órgãos de informação, optámos por não obrigar os leitores a pagarem para lerem as nossas notícias, mantendo o acesso à informação tão livre quanto possível. Por isso, como pode ver, precisamos do seu apoio.

Para podermos apresentar-lhe mais e melhor informação, que inclua mais reportagens e entrevistas e que utilize uma plataforma cada vez mais desenvolvida e outros meios, como o vídeo, precisamos da sua ajuda.

O MINHO é um órgão de comunicação social independente (e sempre será). Isto é importante para podermos confrontar livremente todo e qualquer tipo de poder (político, económico ou religioso) sempre que necessário.

Inspirados na filosofia seguida pelo jornal inglês "The Guardian", um dos mais importantes órgãos de comunicação do Mundo, também nós achámos que, se cada pessoa que lê e gosta de ler O MINHO, apoiar o futuro do nosso projeto, este será cada vez mais importante para o desenvolvimento da sociedade que partilhamos, a nível regional. Pela divulgação, partilha e fiscalização.

Assim, por tão pouco como 1€, você pode apoiar O Minho - e só demora um minuto. Obrigado.

Braga

Ciclista gravemente ferido em despiste na Falperra

Publicado

 a

Foto: Joaquim Gomes / O MINHO

Um ciclista ficou gravemente ferido num despiste ocorrido ao final da manhã deste domingo, na zona da Falperra, em Braga.

A vítima, de 54 anos, estava a treinar Enduro no Monte de Santa Marta das Cortiças, na freguesia de Esporões, em Braga, tendo sofrido politraumatismos.

Foto: Joaquim Gomes / O MINHO

Foto: Joaquim Gomes / O MINHO

Foto: Joaquim Gomes / O MINHO

Os Bombeiros Sapadores de Braga e o INEM socorreram a vítima, transportada num helicóptero do INEM para o Hospital de Braga.
Assistido ainda no local pela Viatura Médica de Emergência e Reanimação (VMER) do Grupo de Guimarães do Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM), a vítima não corre perigo de vida.

Aqui chegado…

...temos uma pequena mensagem para partilhar consigo. Cada vez mais pessoas lêem O MINHO, jornal estritamente digital, líder de audiências. Ao contrário de outros órgãos de informação, optámos por não obrigar os leitores a pagarem para lerem as nossas notícias, mantendo o acesso à informação tão livre quanto possível. Por isso, como pode ver, precisamos do seu apoio.

Para podermos apresentar-lhe mais e melhor informação, que inclua mais reportagens e entrevistas e que utilize uma plataforma cada vez mais desenvolvida e outros meios, como o vídeo, precisamos da sua ajuda.

O MINHO é um órgão de comunicação social independente (e sempre será). Isto é importante para podermos confrontar livremente todo e qualquer tipo de poder (político, económico ou religioso) sempre que necessário.

Inspirados na filosofia seguida pelo jornal inglês "The Guardian", um dos mais importantes órgãos de comunicação do Mundo, também nós achámos que, se cada pessoa que lê e gosta de ler O MINHO, apoiar o futuro do nosso projeto, este será cada vez mais importante para o desenvolvimento da sociedade que partilhamos, a nível regional. Pela divulgação, partilha e fiscalização.

Assim, por tão pouco como 1€, você pode apoiar O Minho - e só demora um minuto. Obrigado.

Continuar a ler

Ponte de Lima

Escola de Ponte de Lima recebe prémio em concurso nacional da Direção Geral da Educação

Agrupamento de Escolas de Freixo.

Publicado

 a

Foto: Facebook de Agrupamento de Escolas de Freixo

A Direção-Geral da Educação (DGE) atribuiu um prémio de mil euros ao Clube de Robótica do Agrupamento de Escolas de Freixo, no concelho de Ponte de Lima.

Através das redes sociais, a prestigiada instituição de ensino agradeceu aos responsáveis.

“Parabéns à Ana Lagoa Pedro Correia Joao Cunha Mónica Carvalheira e aos muitos alunos que trabalham muito para conseguirmos cada vez mais e melhor!!!”, pode ler-se.

A seleção dos clubes apoiados foi feita através de concurso nacional, aberto a escolas públicas e privadas, e “visa distinguir os estabelecimentos de educação e ensino públicos e privados que, através dos seus projetos e das suas práticas, promovem os vários tipos de linguagem de programação e robótica, desenvolvendo nos seus participantes capacidades como o pensamento crítico, a resolução de problemas, o trabalho colaborativo e a criatividade”.

Segundo o regulamento, disponível em http://www.erte.dge.mec.pt, “a participação neste concurso implica, numa primeira fase, apresentar o seu projeto e plano anual de atividades. Numa fase posterior, os CPR terão de criar um vídeo que demonstre os objetivos, os produtos e alguns momentos do seu quotidiano que considerem mais relevantes e característicos do seu clube”.

O prémio foi recebido pelo Luís Fernandes, professor de Português e Francês, e diretor do agrupamento, durante a “Codeweek”, encontro de programação e robótica que decorreu em Rio Tinto, no distrito do Porto, nos dias 19 e 20 de outubro.

Em 2017/2018, este concurso nacional atribuiu prémios de 150 euros a várias escolas dos distritos de Braga e Viana, na região do Minho – a lista de 2018/2019 ainda não foi publicada no site da DGE.

Aqui chegado…

...temos uma pequena mensagem para partilhar consigo. Cada vez mais pessoas lêem O MINHO, jornal estritamente digital, líder de audiências. Ao contrário de outros órgãos de informação, optámos por não obrigar os leitores a pagarem para lerem as nossas notícias, mantendo o acesso à informação tão livre quanto possível. Por isso, como pode ver, precisamos do seu apoio.

Para podermos apresentar-lhe mais e melhor informação, que inclua mais reportagens e entrevistas e que utilize uma plataforma cada vez mais desenvolvida e outros meios, como o vídeo, precisamos da sua ajuda.

O MINHO é um órgão de comunicação social independente (e sempre será). Isto é importante para podermos confrontar livremente todo e qualquer tipo de poder (político, económico ou religioso) sempre que necessário.

Inspirados na filosofia seguida pelo jornal inglês "The Guardian", um dos mais importantes órgãos de comunicação do Mundo, também nós achámos que, se cada pessoa que lê e gosta de ler O MINHO, apoiar o futuro do nosso projeto, este será cada vez mais importante para o desenvolvimento da sociedade que partilhamos, a nível regional. Pela divulgação, partilha e fiscalização.

Assim, por tão pouco como 1€, você pode apoiar O Minho - e só demora um minuto. Obrigado.

Continuar a ler

Barcelos

Bertrand abre livraria em Barcelos – e oferece até 50% de desconto durante o fim de semana

Publicado

 a

A Bertrand Livreiros inaugurou este sábado uma nova livraria no Largo Doutor José Novais, na cidade de Barcelos, no espaço do antigo “Café Bilharista” (ver mapa no final do artigo), e está a oferecer descontos entre 20 e 50% em cartão, ao longo deste fim de semana, em todos os livros, excepto novidades.

Foto: Facebook de Bertrand Livreiros

Foto: Facebook de Bertrand Livreiros

Foto: Facebook de Bertrand Livreiros

Foto: Facebook de Bertrand Livreiros

De acordo com o site daquela que se apresenta como maior rede de livrarias do país, a loja de Barcelos é a 53.ª a abrir em Portugal,  a quinta na região do Minho, onde já existem duas em Braga e duas em Viana do Castelo.

O novo espaço irá estar aberto todos os dias, entre as 09:30 e as 20:00 horas, de segunda a sábado, e entre as 10:00 e as 19:00, aos domingos e feriados.

Vídeo: Bertrand Livreiros / Divulgação

A Bertrand foi fundada em Portugal em 1732.

Google Maps

Aqui chegado…

...temos uma pequena mensagem para partilhar consigo. Cada vez mais pessoas lêem O MINHO, jornal estritamente digital, líder de audiências. Ao contrário de outros órgãos de informação, optámos por não obrigar os leitores a pagarem para lerem as nossas notícias, mantendo o acesso à informação tão livre quanto possível. Por isso, como pode ver, precisamos do seu apoio.

Para podermos apresentar-lhe mais e melhor informação, que inclua mais reportagens e entrevistas e que utilize uma plataforma cada vez mais desenvolvida e outros meios, como o vídeo, precisamos da sua ajuda.

O MINHO é um órgão de comunicação social independente (e sempre será). Isto é importante para podermos confrontar livremente todo e qualquer tipo de poder (político, económico ou religioso) sempre que necessário.

Inspirados na filosofia seguida pelo jornal inglês "The Guardian", um dos mais importantes órgãos de comunicação do Mundo, também nós achámos que, se cada pessoa que lê e gosta de ler O MINHO, apoiar o futuro do nosso projeto, este será cada vez mais importante para o desenvolvimento da sociedade que partilhamos, a nível regional. Pela divulgação, partilha e fiscalização.

Assim, por tão pouco como 1€, você pode apoiar O Minho - e só demora um minuto. Obrigado.

Continuar a ler

Populares