Seguir o O MINHO

Região

Mulher de 45 anos ferida após resistir a assalto na via pública em Famalicão

Joane

em

Foto: DR / Arquivo

Uma mulher, de 45 anos, foi transportada para uma unidade hospitalar na sequência de uma tentativa de roubo por esticão, em Joane, concelho de Famalicão, esta sexta-feira, disse a O MINHO fonte dos bombeiros.

A vítima estaria a circular na Rua do Relógio quando terá sido abordada por dois indivíduos que tentaram roubar-lhe a carteira pelo método de esticão. A mulher, residente em Pousada de Saramagos, no mesmo concelho, resistiu ao assalto, acabando por ser agredida em pleno espaço público.

Segundo avança a rádio Cidade Hoje, os larápios colocaram-se em fuga, ao volante de uma viatura, na Estrada Nacional 206.

Ao local acorreram os Bombeiros de Famalicão que efetuaram o transporte da vítima para o Hospital de Famalicão.

A GNR registou a ocorrência e está a proceder a diligências para identificar os assaltantes.

Anúncio

Braga

Mulher encontrada morta dentro de casa em Vila Verde

Óbito

em

Foto: DR / Arquivo

Uma mulher, com cerca de 75 anos, foi encontrada sem vida dentro da sua residência, esta noite de sexta-feira, no centro de Vila Verde.

O alerta foi dado por familiares e vizinhos, que não tinham notícias da idosa já há mais de uma semana.

Pelo que foi possível apurar, a mulher vivia sozinha, com os familiares a residirem no estrangeiro.

No local, estiveram os Bombeiros de Vila Verde.

O óbito foi declarado e o corpo transportado para o Instituto de Medicina Legal.

O alerta foi dado cerca das 21:45.

A GNR investiga.

Continuar a ler

Cávado

Até sempre, Paulo Gonçalves

Herói nacional

em

Foto: Paulo Jorge Magalhães / O MINHO

Lágrimas, comoção e muitos aplausos marcaram o funeral de Paulo Gonçalves, durante esta tarde, em Gemeses, Esposende, de onde o consagrado piloto era natural.

Depois de centenas terem marcado presença, na quinta-feira, numa homenagem que durou desde o aeroporto até à igreja local, esta sexta-feira voltou a repetir-se a afluência para o último adeus à figura portuguesa mais emblemática da última década no Dakar.

Foto: Paulo Jorge Magalhães / O MINHO

Pelas 16:00 horas, iniciou a missa com centenas de cadeiras no exterior para que todos quanto quisessem participar. Foi ainda colocado um ecrã gigante e altifalantes para que as centenas de pessoas presentes pudessem ouvir.

Durante a cerimónia, a esposa do malogrado motard recordou a “força da natureza” que caracterizava Speedy. “O meu coração sentou quando o telefone tocou, foi o pior dia da minha vida”, disse. “Eras uma força da natureza como nunca vi igual”, acrescentou. “Estejas onde estiveres, vais continuar a lutar por mim e pelos nossos filhos”, disse ainda, afirmando ter “o coração partido em mil pedaços”.

Foto: Paulo Jorge Magalhães / O MINHO

Cerca de uma hora depois, iniciaram-se as cerimónias de cortejo fúnebre até ao cemitério local, deixando em lágrimas os presentes, com um coro de aplausos a furar o silêncio e a comoção que se fazia ouvir.

Familiares transportaram o caixão enquanto a viúva e os filhos seguiram atrás, com o capacete do piloto entre as mãos.

Foto: Paulo Jorge Magalhães / O MINHO

No local, compreensivelmente, não faltaram motards para ajudar a louvar aquele que ficará para sempre na memória dos portugueses como um herói, que perdeu a vida a fazer o que mais gostava.

O motociclista perdeu a vida no Dakar 2020, na Arábia Saudita, a 12 de janeiro, aos 40 anos, na sequência de uma queda.

O acidente ocorreu ao quilómetro 276 da sétima etapa, de 12, da corrida, entre Riade e Wadi-al Dawasir. Ao todo, essa prova tinha 546 quilómetros.

Depois de anos a competir pela marca japonesa Honda, Paulo Gonçalves participava pela primeira vez no Dakar pela indiana Hero, marca que esteve sempre acompanhou a família após o trágico acidente e onde corria o barcelense Joaquim Rodrigues Jr, cunhado do esposendense.

Continuar a ler

Ave

Bombeira em choque após acidente com ambulância em Famalicão

EN 206

em

Foto: Direitos Reservados (via "Correio da Manhã")

Uma pessoa sofreu ferimentos e uma bombeira ficou em estado de choque depois de uma colisão a envolver uma ambulância INEM, ao início da noite desta sexta-feira, em Pousada de Saramagos, Famalicão.

A colisão ocorreu na Estrada Nacional 206 e envolveu a viatura de emergência médica alocada aos Bombeiros Famalicenses e um carro ligeiro, cujo condutor sofreu alguns ferimentos.

No local, estiveram os Bombeiros Famalicenses, depois do alerta ter sido dado cerca das 20:30 horas.

A GNR registou a ocorrência.

Continuar a ler

Populares