Seguir o O MINHO

Ave

Morreu Fernando Freitas, ‘eterno presidente’ dos Bombeiros Celoricenses, vítima de covid

Óbito

em

Foto: DR

Morreu, aos 77 anos, Fernando Freitas, antigo presidente da Associação Humanitária dos Bombeiros Celoricenses, vítima de complicações derivadas da infeção por covid-19, confirmou O MINHO com fonte próxima da família.

Fernando Freitas tinha testado positivo à covid-19 e acabou por sofrer complicações, nomeadamente uma pneumonia seguida de um acidente vascular cerebral.

Presidente daquela associação durante mais de 30 anos, Fernando Freitas saiu de funções no final do ano que findou, não sem antes se ter deslocado ao Palácio de Belém para assistir à homenagem a um antigo comandantes de Celorico de Basto, também ele falecido.

Em declarações a O MINHO, o comandante dos Bombeiros Celoricenses manifestou grande consternação pelo desaparecimento do homem que deixou uma obra e um legado inegável para os bombeiros e para toda a população daquele concelho minhoto de terras de Basto.

“Foi um grande presidente, um bom celoricense e nós, comando e todo o corpo ativo, tínhamos um grande apreço pelos anos que deu à causa dos bombeiros, onde conseguiu criar condições para que o corpo pudesse trabalhar e socorrer a população”, disse comandante Fernando Gomes ao nosso jornal.

Também o presidente da Câmara de Celorico de Basto, Joaquim Mota e Silva, manifestou pesar, através de uma publicação nas redes sociais, por um “grande celoricense e amigo” que partiu este sábado.

Alvo de admiração “ao longo de muitos e bons anos”, o autarca refere ainda que o falecido presidente era um homem “decidido e de convicções firmes, sempre com um grande amor a Celorico em geral e aos Bombeiros em particular”.

“Presidente dos Bombeiros durante décadas e vereador da Câmara Municipal durante vários mandatos, deixa um vazio imenso e um sentimento de profunda saudade”, assinala o autarca.

Nas redes sociais multiplicam-se as publicações de homenagem, tanto por parte de bombeiros, como de políticos e da sociedade civil em geral.

Ainda não são conhecidas as datas para as exéquias fúnebres.

Populares