“Mini-tornado” registado em Ponte de Lima

Choveu mais em 50 minutos do que é “normal” num mês
Zona florestal norte das Lagoas de Bertiandos. Foto: DR

O Centro do Estudos Climáticos do MeteoFreixo, de Ponte de Lima, divulgou hoje que terá ocorrido um “mini-tornado” em 07 de junho.

Foi registado um evento meteorológico “extremo de vento e precipitação, muito localizado”, entre as freguesias limianas de S.Pedro de Arcos, Bertiandos e Estorãos.

As condições meteorológicas “extremas”, verificadas durante 50 minutos (entre 18:00 e 18:50) e o “rasto linear de destruição (árvores arrancadas, telhados levantados) deixado nesse território leva a crer ter acontecido um fenómeno de ‘mini-tornado'”.

Localização da área de maiores prejuízos, cujos ventos possam ter superado 100 km/h. Fonte: Google Maps

“As mudanças bruscas das condições atmosféricas, sensivelmente entre as 17:30 e as 19h foram claras com uma descida de 15ºC (descida de 35ªC para 19,5ºC) com rajadas de vento a chegar aos 65 km/h (18:24) e estimando-se mais de 100 km/h (atendendo ao arranque de  eucaliptos e acácias). Também se verificou, em cinco horas, uma descida brusca de 5 mb da pressão atmosférica, mas também em 50 minutos, a pressão atmosférica subiu dos 1.010 para o 1.015 mb”, nota o relatório enviado a O MINHO, assinado pelo estudante Gonçalo Sousa.

Esta imagem tem um texto alternativo em branco, o nome da imagem é Captura-de-ecra-2024-06-18-as-17.12.30.png
Fonte: MeteoFreixo

Chuva “torrencial”

Estas condições resultaram numa precipitação “muito forte” de 66 mm, num “curto espaço de tempo” de 50 minutos.

Fonte: Serviços da Área Protegida das Lagoas de Bertiandos

“Para ter uma noção do regime torrencial desta precipitação, nesses 50 minutos choveu 134% do que é normal chover em todo o mês de junho. Por outras palavras, nesses 50 minutos choveu ainda mais 34% do que aquilo que está previsto num mês”, explica o clube meteorológico.

Fonte: MeteoFreixo
Fonte: MeteoFreixo

E acrescenta: “Para compreender o evento extremo de precipitação muito localizado, comparamos o regime de pluviosidade de estação a 15 km de Bertiandos (Freixo), tendo chovido apenas 1 mm”.

Os meteorologista do Agrupamento de Escolas de Freixo, indicam que, para se ter perceção da intensidade da precipitação, durante 5 minutos (18:24-18:29) choveu 18 mm, o que equivale a dizer que caíram 17 litros por m2.

“Nesses cinco minutos caíram 36% da precipitação que está prevista para todo o mês de junho (49 mm)”, ilustra.

Sol e nortada na próxima semana

O MeteoFreixa avança ainda que a previsão para o final do mês de junho na região Minho é de “melhoria do estado do tempo com céu geralmente pouco nublado e subida gradual de temperatura, a partir de sexta-feira”.

Na próxima semana haverá tempo “mais quente e normal para a época”.

Por outro lado, prevê-se vento moderado e “muito propício da nortadas, criando algum desconforto para idas à praia”.

 
Total
0
Partilhas
Artigo Anterior

Polícias querem subsídio de risco igual a 20% do salário do diretor da PSP

Próximo Artigo

Vila Verde quer combater pobreza

Artigos Relacionados
x