Melgaço: Não usa herbicidas e investe em vinhas velhas. Agora está no ‘top’ mundial dos vinhos ‘premium’

Foto: DR / Arquivo

O produtor e enólogo Márcio Lopes, que produz em Melgaço, entrou para o ‘top’ 100 dos Luxury Lifestyle Awards 2023, na categoria de Marcas Premium de Vinho e Espirituosas no Mundo.

Ficou na 58.ª posição, numa lista que conta apenas com outra marca portuguesa – Douro Boys (34.º).

Como O MINHO noticiou, Márcio Lopes conseguiu, em 2022, produzir o vinho tinto “mais caro de sempre”, que esgotou em 24 horas.

O prestigiado ‘ranking’ é selecionado pelas escolhas de ‘sommeliers’ de todo o mundo.

O “TOP 100 dos Luxury Lifestyle Awards” 2023 lista vinhos e bebidas espirituosas ‘premium‘, celebrando “os níveis superiores de qualidade e excelência demonstrados pelo empenho em entregar resultados excecionais”, pode-se ler na comunicação da organização.

“Este é um prémio que traz mais responsabilidade para o projeto”, reconhece Márcio Lopes, proprietário da Márcio Lopes Winemaker, acrescentando que demonstra o caminho seguido pela empresa, superando dificuldades, com foco na qualidade, somando sucessos e assegurando consistência no projeto.

“Promovemos a sustentabilidade”

E recorda: “Promovemos a sustentabilidade, não usamos herbicidas, recorremos a castas autóctones de cada região, procuramos castas em desuso para lhes darmos uma nova vida e investimos em vinhas velhas, para garantir vinhos com carácter, distintos. No final, o vinho tem de expressar a terra e as gentes, um património singular e único”.

Em Melgaço, tem a Adega Pequenos Rebentos, colaborando ainda com vários viticultores locais.

No portfólio da Márcio Lopes Winemaker constam vinhos como Pequenos Rebentos à Moda Antiga, Pequenos Rebentos Selvagem, Permitido Branco de Centenária, e os tintos Pequenos Rebentos Touché (premiado recentemente com o Prémio Prestígio pela revista Paixão pelo Vinho), Proibido à Capela ou Proibido Vinha Velha do Pombal, entre outros.

 A Márcio Lopes Winemaker foi considerada pelo 2.º ano consecutivo “TOP 5% Melhores PME Portugal”, pela Scoring 2023, sendo destacada num grupo restrito de PME’s, pelo “desempenho e solidez financeira, maximizando resultados a partir das vendas e recursos disponíveis”.

Em 2022, Márcio Lopes recebeu o prémio Tradição e Identidade, atribuído pela revista Paixão pelo Vinho, e em 2019 o de Enólogo Revelação, pela Revista do Vinho.

 
Total
0
Partilhas
Artigo Anterior

Barcelos aprova orçamento de 124 milhões para 2024. PS votou contra

Próximo Artigo

Prémio mais elevado do EuroDreams foi de 144 euros. Há 30 registos em Portugal

Artigos Relacionados
x