Seguir o O MINHO

Alto Minho

Melgaço “lamenta intensamente” morte de menina de 15 anos em acidente

“O falecimento de Ana Júlia marca um dos momentos trágicos deste Verão para a comunidade melgacense”

em

A morte de uma adolescente de 15 anos num despiste de automóvel, ao final da tarde desta terça-feira, deixou em estado de consternação amigos e conhecidos, no concelho de Melgaço.

Ana Júlia Freitas era aluna do 10.º ano do curso técnico de Receção da ETAP – Escola Tecnológica, Artística e Profissional que, hoje, publicou uma nota de pesar onde, em nome da direção, professores, funcionários e colegas “presta solidariedade à família e lamenta intensamente” o trágico acontecimento.

“Ana Júlia, onde quer que tu estejas farás sempre parte da família ETAP”.

Num concelho com pouco mais de 9 mil habitantes, também o jornal local Voz de Melgaço se “associou” às mensagens de pesar “que a comunidade melgacense, de forma massiva, tem manifestado”.

“O falecimento de Ana Júlia Freitas, ontem (13 de Agosto), na sequência de despiste do automóvel em que seguia, marca um dos momentos trágicos deste Verão para a comunidade melgacense”, lamenta o jornal.

Ana Júlia Freitas perdeu a vida depois da viatura em que seguia, se ter despistado e caído numa ribanceira, na vila de Melgaço, cerca das 19:40 desta terça-feira.

Foto: DR

Do acidente resultaram ainda dois feridos graves, que, segundo acrescenta o Jornal de Notícias, são o irmão e uma amiga de 16 anos da vítima mortal.

As circunstâncias estão a ser investigadas pelo Núcleo de Investigação de Acidentes de Viação da GNR.

Além da GNR, ao local acorreram elementos das corporações de Melgaço e Monção, a Viatura Médica de Emergência e Reanimação do hospital de Viana do Castelo e a ambulância de suporte imediato de vida de Valença, informou o CDOS.

EM FOCO

Populares