Seguir o O MINHO

Guimarães

Material furtado na Alemanha recuperado em Guimarães

em

Foto: O Minho/Arquivo

A GNR recuperou esta segunda-feira em Lordelo, Guimarães, material no âmbito de um inquérito por furto que está a decorrer na Alemanha.

Após receber um pedido de diligências por parte das autoridades da Alemanha, em que um homem de 41 anos, residente em Guimarães, é suspeito de ter furtado material informático naquele país, a GNR deu cumprimento a um mandado de busca domiciliária.

Da busca culminou na recuperação de um computador, um portátil e uma mala de transporte.

O suspeito foi constituído arguido e sujeito à medida de coação de termo de identidade e residência.

Anúncio

Guimarães

Guimarães: Mais 40 ecopontos reforçam rede de recolha de resíduos

Uma parceria entre a Câmara de Guimarães e a Resinorte

em

Foto: CM Guimarães / Divulgação

A rede de recolha de resíduos urbanos de Guimarães vai ser reforçada pela Resinorte, em cooperação com a Câmara, com a colocação de mais 40 ecopontos em várias freguesias, anunciou a autarquia.

Esta ação foi estipulada pelo Plano Estratégico de Resíduos Sólidos Urbanos – PERSU 2020 e pretende melhorar a rede de recolha seletiva no plano da acessibilidade.

Em comunicado a Câmara define este reforço como uma forma de “melhorar a qualidade do serviço prestado aos municípios e aos cidadãos e atingir os objetivos nacionais da estratégia de gestão de resíduos urbanos enquadrados pela política comunitária de resíduos”, conclui.

 

Continuar a ler

Guimarães

Carro arde em Guimarães

Creixomil

em

Foto: André Ferreira

Uma viatura começou a arder na estrada, esta quinta-feira, na variante de Creixomil, em Guimarães, adiantou a O MINHO fonte dos bombeiros.

O alerta foi dado pelas 15:16 e para o local foram destacados os  Bombeiros de Guimarães  com uma viatura de socorro e cinco operacionais.

Apesar dos danos materiais, da ocorrência não resultaram feridos.

Continuar a ler

Guimarães

Trabalhadores da Herdmar, em Guimarães, reivindicam 850 euros de salário e 35 horas semanais

Reclamando aumentos salariais de 90 euros mensais e redução para as 35 horas de trabalho semanais

em

Foto: dstrenovaveis.com / DR

Os trabalhadores da Herdmar, em Guimarães, vão reunir-se esta tarde em plenário para decidir o recurso à greve”, reclamando aumentos salariais de 90 euros mensais e redução para as 35 horas de trabalho semanais, disse fonte sindical.

Em declarações à Lusa, o dirigente do Sindicato dos Trabalhadores das Indústrias Transformadoras, Energia e Actividades do Ambiente do Norte (SITE-N), Joaquim Costa, explicou que haverá ainda uma concentração frente à empresa, dedicada ao fabrico de cutelarias.

Segundo referiu, “os trabalhadores exigem um aumento de três euros por dia, que dá 90 por mês, e a atualização para 850 euros do salário inicial em vez do salário mínimo nacional”.

Os trabalhadores querem ainda a “redução para as 35 horas de trabalho semanais”.

“Vai haver um plenário e uma concentração frente à empresa. Em cima da mesa está o recurso à greve. Esta é uma empresa que tem clientes de luxo, que pode e não se entende que não atenda às reivindicações dos trabalhadores”, disse.

Outro objetivo, disse, “é que seja desbloqueada a negociação dos acordos coletivos de trabalho”, que, disse, “a empresa está a bloquear.

A Herdmar aumentou 25 euros aos salários para o ano de 2020 mas, segundo explicou, “foi no seguimento do cumprimento de um requisito legal”.

Continuar a ler

Populares