Seguir o O MINHO

Futebol

“Mantenho os objetivos que tínhamos traçado”

2.ª jornada da I Liga

em

Foto: Arquivo

Declarações no final do encontro Sporting-SC Braga (2-1), da segunda jornada da I Liga portuguesa de futebol, disputado no Estádio José Alvalade, em Lisboa:

Ricardo Sá Pinto (treinador do SC Braga): “Acho que a entrada no jogo da nossa equipa não foi a que tínhamos perspetivado e a que precisávamos de ter. Sabíamos que o Sporting precisava de entrar forte e marcar cedo para ganhar confiança. Até aos 20 minutos, não conseguimos ter o controlo que queríamos e também não fomos agressivos defensivamente. A partir dos 20 ou 25 minutos começámos a ganhar mais duelos, a impor o nosso jogo e a divertirmo-nos.

Mesmo em casa do Sporting criámos muitas oportunidades e merecíamos ter marcado, mas sofremos aquele segundo golo no final da primeira parte, que foi muito difícil de gerir. Conversei com a equipa e disse que tínhamos de entrar melhor para discutir o resultado. Foi isso que aconteceu e foi o Braga que gosto de ver. Faltou-nos a definição final. Se tivéssemos um pouco mais de calma no último passe e no remate, podíamos ter feito mais um golo. Foi pena não termos feito o segundo golo, porque era muito mais justo do que sair daqui com a derrota.

O resultado é injusto na minha opinião. Em relação aos objetivos, mantenho os objetivos que tínhamos traçado.

SC Braga perde em Alvalade em jogo intenso

A equipa esteve muito bem, tem tido a capacidade de lutar com essa adversidade, embora, animicamente, também tenhamos maior confiança. Não é fácil, sobretudo com viagens longas, mas queremos estar sempre em todas as competições. Sabemos que o caminho é duro e é por isso que não é para todos”.

Foto: Twitter (Arquivo)

Marcel Keizer (treinador do Sporting): “Foi um jogo muito importante. A partida com o Sporting de Braga era difícil, mas penso que começámos de forma muito forte, como era a nossa intenção. Ganhar um jogo difícil é sempre bom, os jogadores estão felizes, mas podemos jogar melhor do que aquilo que fizemos na segunda parte.

Não sei se Bas Dost vai sair. Pelas notícias do clube, estão em negociações. Perguntou-me de que avançado gosto e eu gosto do Bas Dost, marcou muitos golos aqui e vai ser difícil encontrar outro avançado. Se ele ficar, então temos Bas Dost e Luiz Phellype, como na época passada. Se um avançado sair, então temos de encontrar outro, e julgo que terá de vir de fora do clube.

Penso que Bas Dost é um avançado especial, marcou muitos golos, mais de 80 em três anos, e para substituir goleadores como este e como Slimani, com quem não trabalhei antes, é sempre difícil.

Conheço Slimani, saiu-se muito bem aqui e marcou muitos golos pelo Sporting. É um jogador alto, sabe segurar bem a bola, mas não sei se é o jogador certo para este momento”.

Anúncio

Campeonato de Portugal

Rúben Amorim vai treinar o Braga B

Campeonato de Portugal

em

Foto: DR / Arquivo

O antigo futebolista português Rúben Amorim vai assumir o comando técnico da equipa B do SC Braga, avança o Mais Futebol.

De acordo com o jornal digital, o antigo jogador do clube, que também passou pelo Benfica, encontra-se, nesta segunda-feira à tarde, na cidade dos arcebispos, para acertar os últimos pormenores com vista a substituir Rui Santos.

O SC Braga B, que na época passada foi despromovido ao Campeonato de Portugal, soma duas vitórias e duas derrotas na competição, a última das quais na passada sexta-feira, em Guimarães (2-0).

Esta é a segunda experiência de Rúben Amorim à frente de uma equipa, depois de uma curta experiência no Casa Pia.

4.ª Jornada do Campeonato de Portugal

Na próxima jornada, no sábado, os arsenalistas recebem o Cerveira, naquele que deverá ser o jogo de estreia do novo treinador.

Continuar a ler

Futebol

Portugal com maioria de quatro clubes na fase de grupos da Liga Europa

Ranking

em

Foto: DR

Portugal tem pela primeira vez quatro equipas na fase de grupos da Liga Europa em futebol e é o país mais representado entre os 26 com clubes na segunda competição da UEFA.

O recorde luso era de três equipas, por quatro vezes, na edição inaugural, em 2009/10, com Benfica, Nacional e Sporting, em 2012/13, com Académica, Marítimo e os leões, em 2013/14, com Estoril Praia, Paços de Ferreira e Vitória Sport Club (SC), e ainda em 2015/16, com Belenenses, Sporting  e Sporting Clube (SC) de Braga.

Em 2019/20, o futebol luso conta com quatro formações e só uma teve entrada direta, o Sporting, na qualidade de vencedor da edição 2018/19 da Taça de Portugal – superou na final o FC Porto por 5-4, nos penáltis, depois de 2-2 nos 120 minutos.

Por seu lado, os dragões estão na fase de grupos da Liga Europa nove anos depois da última presença, que acabou por resultar na vitória na competição, porque tombaram, de forma inesperada, na terceira pré-eliminatória da Champions.

Ao contrário dos portistas – eliminados com surpresa pelo Krasnodar (1-0 fora e 2-3), depois esmagado pelo Olympiacos -, SC Braga e Vitória ultrapassaram duas e três pré-eliminatórias, respetivamente.

Os arsenalistas eliminaram Brondby (4-2 fora e 3-1 em casa) e Spartak Moscovo (1-0 em casa e 2-1 fora), enquanto o Vitória despachou Jeunesse Esch (1-0 fora e 4-0 em casa), Ventspils (3-0 fora e 6-0 em casa) e FCSB (0-0 fora e 1-1 em casa).

Face ao desastre portista e ao sucesso dos minhotos, Portugal é o único país com quatro equipas na fase de grupos, secundado por seis, todos com três representantes: Alemanha, Espanha, Holanda, Inglaterra, Suíça e Turquia.

Por seu lado, Áustria, Bélgica, Escócia, França, Itália, Rússia e Ucrânia têm todos duas equipas e Azerbaijão, Bulgária, Cazaquistão, Chipre, Dinamarca, Eslováquia, Hungria, Luxemburgo, Noruega, Roménia, Sérvia e Suécia apenas uma.

Ranking de presenças na fase de grupos por país:

1. Portugal 4 equipas

2. Alemanha 3

. Espanha 3

. Holanda 3

. Inglaterra 3

. Suíça 3

. Turquia 3

8. Áustria 2

. Bélgica 2

. Escócia 2

. França 2

. Itália 2

. Rússia 2

. Ucrânia 2

15. Azerbaijão 1

. Bulgária 1

. Cazaquistão 1

. Chipre 1

. Dinamarca 1

. Eslováquia 1

. Hungria 1

. Luxemburgo 1

. Noruega 1

. Roménia 1

. Sérvia 1

. Suécia 1

– Presenças de equipas portuguesas na fase de grupos:

2019/20 4 (FC Porto, Sporting, Sporting de Braga e Vitória de Guimarães)

2018/19 1 (Sporting)

2017/18 2 (Sporting de Braga e Vitória de Guimarães)

2016/17 1 (Sporting de Braga)

2015/16 3 (Belenenses, Sporting e Sporting de Braga)

2014/15 2 (Estoril Praia e Rio Ave)

2013/14 3 (Estoril Praia, Paços de Ferreira e Vitória de Guimarães)

2012/13 3 (Académica, Marítimo e Sporting)

2011/12 2 (Sporting e Sporting de Braga)

2010/11 2 (FC Porto e Sporting)

2009/10 3 (Benfica, Nacional e Sporting)

Continuar a ler

Futebol

Clubes portugueses conhecem árbitros para o arranque nos grupos da Liga Europa

Árbitro dinamarquês no Braga-Wolverhampton e russo no Vitória-Liége

em

O árbitro dinamarquês Jakob Kehlet estará na quinta-feira na receção do Sporting Clube (SC) de Braga aos ingleses do Wolverhampton (20:00 na hora portuguesa), e o russo Sergey Ivanov na receção do Vitória Sport Club (SC) aos belgas do Standard Liége (17:55 na hora portuguesa), em jogos dos grupos K e F da Liga Europa, informou a UEFA.

Do grupo dos bracarenses, além do ‘wolves’, treinado pelo português Nuno Espírito Santo e que conta com Rui Patrício, Rúben Vinagre, Rúben Neves, João Moutinho, Pedro Neto, Bruno Jordão e Diogo Jota, fazem também parte o Besiktas e o Slovan Bratislava.

Já os vimaranenses, além dos belgas do Standard Liège, terão a oposição no grupo F dos ingleses do Arsenal e dos alemães do Eintracht Frankfurt, emblema do português Gonçalo Paciência.

Também na quinta-feira, árbitro letão Andris Treimanis estará na receção do FC Porto aos suíços do Young Boys, e o eslovaco Ivan Kružliak na visita do Sporting ao PSV Eindhoven.

O FC Porto inicia a participação no grupo G da Liga Europa, competição em que terá como adversários Young Boys, Feyenoord e Rangers, e para a qual foi relegado com a eliminação na terceira pré-eliminatória da Liga dos Campeões.

O jogo de quinta-feira tem início às 20:00, pouco depois da entrada em cena do Sporting, que visita o PSV Eindhoven às 17:55 (18:55 locais), em jogo do grupo D, que conta também com LASK Linz e Rosenborg.

Também na Liga Europa, o árbitro português Fábio Veríssimo foi nomeado para o jogo do grupo B entre o Copenhaga e o Lugano, na Dinamarca.

Já Artur Soares Dias é o único árbitro luso na Liga dos Campeões, indicado para a receção na quarta-feira dos ucranianos do Shakhtar Donetsk, treinado por Luís Castro, aos ingleses do Manchester City, de Bernardo Silva.

Continuar a ler

Populares