Seguir o O MINHO

Braga

Listas de deputados: PSD/Braga repudia forma como Rui Rio “desrespeitou” vontade da concelhia

Hugo Soares, líder da estrutura, foi excluído das listas “por vontade do presidente”

em

Foto: Arquivo

A concelhia de Braga do PSD disse hoje “repudiar a forma como o presidente do partido e a Comissão Política Nacional desrespeitaram” as suas indicações para a lista às eleições legislativas.

Em comunicado enviado à Lusa, depois de reunir na quinta-feira à noite, a comissão política desta concelhia social-democrata garante, ainda assim, que “em prol dos interesses superiores do País, tudo fará para vencer as eleições legislativas no concelho de Braga”.

João Granja e Hugo Soares. Foto: DR / Arquivo

O órgão representativo de Braga indicou o nome de Hugo Soares ou João Granja para representar Braga na referida lista, nomes que foram afastados na lista apresentada pelo secretário-geral, José Silvano, à Federação Distrital, na quarta-feira.

“A Comissão Política de Secção de Braga decidiu tornar público a seguinte posição: Repudiar a forma como o Presidente do Partido e a Comissão Política Nacional [Rui Rio] desrespeitou as indicações para a lista candidata às eleições legislativas no Distrito de Braga e afirmar que só por estas se sentiria representada”, lê-se no texto.

Na quarta-feira, fonte distrital revelou que a direção nacional do PSD afastou “por vontade do presidente” o nome de Hugo Soares das listas ao parlamento nas próximas legislativas e “impôs” o vice-presidente da câmara de Braga.

À Lusa, hoje, fonte da concelhia do PSD de braga disse que aquele órgão concelhio “demarca-se” da lista apresentada porque “não tem nenhuma indicação aprovada pela concelhia de Braga.

Hugo Soares, que foi líder parlamentar do PSD no mandato de Passos Coelho, foi também um dos principais rostos da oposição a Rui Rio.

O cabeça de lista do PSD por Braga é André Coelho Lima, atual vereador na câmara de Guimarães e membro na direção nacional do PSD.

Comunicado do PSD na íntegra

A Comissão Política de Secção de Braga reunida em 25 de Julho de 2019, decidiu tornar público a seguinte posição:

1. As escolhas feitas pela CPS de Braga foram ponderadas e tiveram como critério o mérito político, pessoal e profissional destas indicações.

2.Repudiar a forma como o Presidente do Partido e a Comissão Política Nacional desrespeitou as indicações para a lista candidata às eleições legislativas no Distrito de Braga e afirmar que só por estas se sentiria representada.

3. A Secção de Braga do PSD, em prol dos interesses superiores do País, tudo fará para vencer as eleições legislativas no concelho de Braga.

 

 

Populares