Jovens feridos em despiste na Póvoa de Lanhoso “estão bem”, embora um inspire mais cuidados

Foto: O MINHO

Os quatro jovens feridos num violento acidente ocorrido esta madrugada na Póvoa de Lanhoso encontram-se fora de perigo, havendo apenas um rapaz que inspira mais cuidados.

Ao que O MINHO apurou, na viatura que se descontrolou e embateu numa habitação localizada na Estrada dos Moinhos Novos, em plena vila da Póvoa de Lanhoso (freguesia de Nossa Senhora do Amparo), seguiam três jovens do sexo masculino e uma do sexo feminino, com idades entre os 16 e os 20 anos.

As vítimas saíram conscientes e foram previamente assistidas no local pelos Bombeiros da Póvoa de Lanhoso com apoio da equipa médica da VMER de Braga.

Residentes naquela rua, que compreende um troço da Estrada Nacional 204-7, sublinharam a O MINHO não ter sido a primeira vez que carros embatem naquela casa, mas esta situação terá sido “a mais grave de todas”.

Segundo fonte do Comando sub-regional do Ave, a viatura terá entrado em despiste e embateu contra a casa, arrastando-se depois alguns metros, ficando presa num curto espaço ajardinado entre casas.

Pela 01:02, as vítimas ainda estavam a ser desencarceradas.

O alerta foi dado às 23:38.

Prestaram socorro os Bombeiros da Póvoa de Lanhoso com 4 ambulâncias, veículo de desencarceramento e dois veículos ligeiros, apoiados pela equipa médica da VMER de Braga.

Uma equipa da E-Redes também esteve no local porque a habitação atingida pela viatura ficou sem energia elétrica.

O coordenador municipal da Proteção Civil da Póvoa de Lanhoso encontra-se a acompanhar as operações no local.

A GNR, com duas patrulhas e quatro militares, registou a ocorrência e está a apurar as causas.

Com Pedro Luís Silva.

 
Total
0
Partilhas
Artigo Anterior

Moção de Nuno Melo aprovada por unanimidade

Próximo Artigo

Morreu Júlio Alonso, um dos mais conhecidos artesãos de Barcelos

Artigos Relacionados
x