Seguir o O MINHO

Braga

Europeias: José Manuel Fernandes número 3 da lista do PSD

Lista divulgada no site do partido

em

Foto: Facebook de PSD

O social-democrata José Manuel Fernandes, de Vila Verde, foi indicado pelo partido como número três na lista da candidatura às eleições Europeias, encabeçada por Paulo Rangel, foi hoje anunciado.

Documento PSD

Os nomes escolhidos são votados esta quarta-feira à noite no Conselho Nacional do PSD, que se realiza em Coimbra.

Através das redes sociais, o PSD de Vila Verde, onde José Manuel Fernandes foi presidente da Câmara, até 2009, manifestou o natural agrado pela escolha.

“O PSD Vila Verde congratula o Eng. José Manuel Fernandes pela indicação em terceiro lugar na lista ao Parlamento Europeu, proposta pelo líder do partido Dr. Rui Rio”, lê-se numa publicação partilhada ao início da noite, no Facebook.

Segundo uma fonte próxima do ex-autarca, em declarações a O MINHO, “não poderia ter sido melhor lugar”. Para a mesma fonte, “é o prémio pelo trabalho desenvolvido nestes quatro anos e esmagadoramente reconhecido por todos”.

Eurodeputado desde 2009, José Manuel Fernandes é, também, o atual presidente da distrital de Braga do PSD. Após ter apoiado Pedro Santana Lopes nas últimas eleições do partido, ficou no ar a dúvida sobre a sua continuidade, depois de Rui Rio ter sido eleito presidente.

Depois disso, Fernandes foi um dos principais rostos de Rio no acordo com o Governo sobre fundos europeus, precisamente pela preparação técnica, já que liderou a Comissão dos Orçamentos.

Nem as recentes notícias sobre um pedido de levantamento de imunidade parlamentar por atos cometidos aquando da sua passagem pela presidência da Câmara de Vila Verde, fizeram Rui Rio vacilar na escolha e não o deixou cair.

Europeias: Lista do PSD aprovada com 91% de votos a favor por votação secreta

Maria Alice Antunes, de Viana do Castelo, também consta na lista divulgada pelo partido no seu site oficial, na 14.ª posição.

O atual comissário europeu Carlos Moedas é o mandatário da lista.

Duas novidades

Quanto ao resto da lista, dos seis primeiros nomes, aqueles que serão mais facilmente eleitos, há duas novidades (Lídia Pereira e Álvaro Amaro) e quatro repetentes, sendo um deles um regresso (Paulo Rangel, cabeça de lista, José Manuel Fernandes e Cláudia Monteiro Aguiar e Maria da Graça Carvalho que volta a sentar-se no Parlamento Europeu.

Na zona sombra ficou Carlos Coelho, em 7º e Ana Miguel dos Santos em 8º.

Uma lista paritária com três homens e três mulheres nos seis primeiros lugares e nada centralista. Abaixo do Mondego só Maria da Graça Carvalho.

Rui Rio, aos jornalistas, explicou que “com esta formulação da lista conseguimos albergar a região Norte, que é representada por José Manuel Fernandes, a região Sul, representada por Maria da Graça Carvalho, que é natural de Beja, a região Centro, representada por Álvaro Amaro, as regiões autónomas representadas por Cláudia Aguiar, a área metropolitana de Lisboa por Carlos Coelho, e uma novidade, Ana Miguel dos Santos que neste momento está a viver em Cambridge, onde está a fazer o doutoramento, é especialista em Segurança na ótica jurídica e são estes os oito primeiros, que são aqueles que têm mais possibilidades de ser eleitos”.

Eis os 10 primeiros da lista do PSD:

1. Paulo Rangel

2. Lídia Pereira

3. José Manuel Fernandes

4. Graça Carvalho

5. Álvaro Amaro

6. Cláudia Monteiro Aguiar

7. Carlos Coelho

8. Ana Miguel dos Santos

9. Sónia Ramos

10. Teófilo dos Santos

Populares