Seguir o O MINHO

Desporto

João Sousa sobe 13 lugares no ranking mundial depois de participação histórica em Wimbledon

Conquistador chegou aos oitavos de final, na sua melhor prestação de sempre num Grand Slam

em

Foto: Twitter

O tenista vimaranense João Sousa subiu hoje 13 posições na classificação mundial ATP, para o 56.º lugar, depois de ter chegado aos oitavos de final do torneio de Wimbledon.


João Sousa, que conseguiu em Wimbledon a sua melhor prestação num Grand Slam, perdeu diante do tenista espanhol Rafael Nadal, número dois do mundo, em três ‘sets’, por 6-2, 6-2 e 6-2.

João Sousa nos oitavos de final de Wimbledon pela primeira vez

O ‘ranking’ mundial continua a ser liderado pelo sérvio Novak Djokovic, que venceu no domingo o torneio londrino, diante de Roger Federer, seguido por Rafael Nadal, enquanto o suíço é terceiro e aproximou-se do espanhol, de quem dista 485 pontos.

Os resultados no principal torneio de relva do mundo permitiram também a subida do espanhol Roberto Bautista Agut, que chegou às meias-finais do torneio, derrotado por Djokovic, e progrediu nove lugares na classificação, ocupando o 13.º posto.

Entre os portugueses, Pedro Sousa e João Domingues ‘caíram’ duas posições cada, para os 109.º e 172.ºs lugares, respetivamente, enquanto Gonçalo Oliveira e Gonçalo desceram cinco postos e ocupam o 262.º e o 345.º. Frederico Silva manteve o 296.º lugar.

Em femininos, a liderança continua nas mãos da australiana Ashleigh Barty, apesar da sua eliminação nos oitavos de final do ‘Grand Slam’ britânico, com o trio da frente a manter-se inalterado, com a japonesa e a checa Karolina Pliskova nos lugares imediatos.

A campeã de Wimbledon, a romena Simona Halep, subiu do sétimo para o quarto lugar, e a finalista vencida, a norte-americana Serena Williams, do 10.º para o nono.

A maior ‘queda’ entre as primeiras pertenceu à alemã Angelique Kerber, campeã na Austrália e nos Estados Unidos em 2016, e em Wimbledon em 2018, que desceu oito posições e passou a ser 13.ª na hierarquia mundial, após o desaire na segunda ronda em Wimbledon.

Anúncio

Motores

Portimão recebe última corrida do Mundial de MotoGP em 22 de novembro

Algarve

em

Foto: DR / Arquivo

O Autódromo Internacional do Algarve, em Portimão, vai receber a 14.ª e última prova do campeonato do mundo de velocidade MotoGP, anunciou hoje a organização.

O circuito algarvio integra o calendário de 2020, para o qual estava de reserva, depois do cancelamento das provas de Argentina, Tailândia e Malásia, devido à pandemia de covid-19.

A prova portuguesa vai fechar a temporada, uma semana depois do Grande Prémio da Comunidade Valenciana, em 15 de novembro.

Esta vai ser a 15.ª edição do Grande Prémio de Portugal de motociclismo, depois de 13 provas, entre 2000 e 2012, no autódromo do Estoril, e da estreia, em 1987, no circuito espanhol de Jarama.

Após três provas, o Mundial é liderado pelo francês Fabio Quartararo (Yamaha), com 59 pontos, mais 17 do que o espanhol Maverick Viñales (Yamaha). O português Miguel Oliveira (KTM) ocupa o 12.º lugar, com 18.

O Autódromo Internacional do Algarve (AIA) vai receber também o Grande Prémio de Portugal de Fórmula 1, em 25 de outubro.

Continuar a ler

Futebol

Paulo Sousa deixa comando técnico dos franceses do Bordéus

Futebol

em

Paulo Sousa. Foto: DR / Arquivo

O português Paulo Sousa rescindiu hoje o seu contrato com o Bordéus, 12.ºs classificados da Liga francesa quando foi a competição foi cancelada devido à pandemia de covid-19, confirmou à Lusa a assessoria do treinador.

Paulo Sousa, de 49 anos, deixou o clube ao qual chegou em março de 2019, devido ao incumprimento com o projeto desportivo proposto, explicou a mesma fonte, acrescentando que o português já tinha assumido a vontade de rescindir o contrato que o ligava ao clube até 30 de junho de 2022.

O antigo médio de Benfica, Sporting, Juventus, Borussia Dortmund, Inter Milão, Parma, Panathinaikos e Espanyol estreou-se como treinador nas seleções jovens portuguesas, seguindo-se passagens por Queens Park Rangers, Swansea, Leicester, Videoton, Maccabi Telavive, Basileia, Fiorentina e Tianjin Quanjian.

No seu historial como técnico, Paulo Sousa sagrou-se campeão na Suíça (2014/15) e em Israel (2013/14), tendo ainda conquistado uma Taça de Israel (2013/14), uma Taça da Liga húngara (2011/12) e duas Supertaças da Hungria (2011/12 e 2012/13).

Continuar a ler

Futebol

Pako Ayestarán, antigo adjunto de Quique Flores, é o novo treinador do Tondela

Futebol

em

Pako Ayestarán. Foto: Divulgação / Tondela

O espanhol Pako Ayestarán, antigo adjunto de Quique Flores no Benfica, é o novo treinador do Tondela, anunciou hoje a SAD do clube da I Liga portuguesa de futebol.

“Natural de Beasáin, no País Basco, o técnico espanhol de 57 anos é desta forma o escolhido pela administração da SAD para assumir o controlo da equipa beirã até junho de 2021”, lê-se no comunicado.

Pako Ayestarán sucede no cargo ao compatriota Natxo González, que assegurou a manutenção do clube beirão no principal escalão do futebol nacional, ao terminar o campeonato no 14.º lugar.

O novo treinador do Tondela regressa a Portugal, onde já trabalhou em 2008/09, quando foi preparador físico do Benfica, então orientado por Quique Flores, tendo integrado durante 11 épocas equipas técnicas lideradas por Rafa Benitez.

Como treinador principal, Pako Ayestarán passou por “Valência e Las Palmas, ambos na La Liga espanhola, pelo futebol mexicano, no Santos Laguna, Estudiantes Tecos e Pachuca, e pelo Maccabi de Telavive, onde foi campeão israelita, tendo ainda conquistado na mesma época a Taça e a Taça da Liga, num inédito ‘triplete’ naquele país”.

Jose Viela completa a equipa técnica tondelense, que mantém o treinador de guarda-redes Pedro Taborda e Ricardo Alves, responsável pela observação e análise.

Segundo a nota de imprensa do Tondela, o novo treinador “já está desde a semana passada a trabalhar na preparação da nova época que tem início agendado para a próxima quinta-feira, dia 13, com a realização dos habituais exames médicos”.

A apresentação do treinador está marcada para terça-feira, às 17:00, em conferência de imprensa.

Continuar a ler

Populares