Seguir o O MINHO

País

INEM atendeu o maior número de sempre de chamadas de emergência em 2022

Mais de 1,5 milhões

em

Foto: Paulo Jorge Magalhães / O MINHO / Arquivo

Os Centros de Orientação de Doentes Urgentes (CODU) do INEM atenderam mais de 1,5 milhões de chamadas de emergência em 2022, uma média de 4.185 por dia, o maior número de sempre, indicou hoje aquele instituto.

Numa nota, o Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM) dá conta de que os CODU atenderam 1.527.380 chamadas de emergência em 2022, que deram origem ao acionamento de 1.402.091 meios de emergência médica.

O INEM avança que 2022 “se revelou o ano em que foram batidos todos os recordes de atendimento de chamadas nos CODU”.

Segundo o INEM, no ano passado foram atendidas, em média, 4.185 chamadas de emergência por dia, um aumento de 10% face a 2021.

Aquele instituto indica que os números apresentados correspondem a pedidos de ajuda efetuados via 112 para assistência a vítimas de acidente ou doença súbita, pedidos de triagem por parte dos parceiros no Sistema Integrado de Emergência Médica (SIEM) e chamadas transferidas diretamente pelo SNS 24.

O INEM indica também que, após efetuada a triagem pelos técnicos de emergência pré-hospitalar do CODU a estas chamadas, foram acionados 1.402.091 meios de emergência médica pré-hospitalar, um aumento de 11% face a 2021, com mais 135.679 acionamentos das diversas tipologias de meios existentes no SIEM.

Durante o ano de 2022, os CODU transferiram para o SNS 24 103.018 chamadas que não correspondiam a situações emergentes, enquanto o SNS 24 transferiu para o CODU 46.432 chamadas que foram consideradas emergentes pelos profissionais daquele serviço.

As chamadas efetuadas para o Número Europeu de Emergência – 112 são atendidas em primeira linha nos Centros Operacionais 112, cuja gestão operacional compete à Polícia de Segurança Pública, encaminhando depois o 112 as chamadas para os CODU do INEM todas as situações que digam respeito à saúde.

O trabalho desta central médica do INEM é avaliar todos os pedidos recebidos, com o objetivo de determinar os recursos necessários e adequados a cada ocorrência.

Populares