Seguir o O MINHO

Braga

Incêndio em garagem em Braga

Bombeiros depararam-se com dois colchões a arder

em

Fotos: Paulo Jorge Magalhães

Um incêndio deflagrou, ao início da manhã de hoje, num espaço comum das garagens dos prédios na Praceta do Vilar, na freguesia de S. Victor e foi combatido pelos Bombeiros Sapadores de Braga durante duas horas e meia.
Paulo Jorge Magalhães[/caption]

O alerta foi dado às 06:45, para um incêndio num apartamento, para o qual os bombeiros mobilizaram nove homens apoiados por duas viaturas.

Paulo Jorge Magalhães

À chegada ao local depararam-se com dois colchões a arder no espaço comum das garagens.

Foi feita a extinção do fogo e a ventilação do espaço.

Anúncio

Braga

Condenado a um ano de prisão por furto de 2.460 maços de tabaco numa garagem em Braga

Proprietário do tabaco também a contas com a Justiça por contrabando

em

Foto: Ilustrativa / DR

Um ano de prisão suspenso por igual período. Foi esta a decisão do Tribunal de Braga no final do julgamento de um homem que tentou furtar 2.460 maços de tabaco, valendo 15 mil euros, de uma garagem em Lamaçães, Braga.

O arguido foi apanhado pela PSP à saída do prédio, pelo que respondeu por furto qualficado na forma tentada. A pena foi-lhe suspensa por igual período, mas o arguido terá de se sujeitar ao chamado regime de prova, ou seja, terá de se submeter às regras que lhe serão impostas pelo Instituto de Reinserção Social.

Ângelo Silva, de 32 anos, de São Mamede de Infesta, Matosinhos, estroncou, com um pé de cabra, a fechadura de uma garagem na Rua Luís Manuel Branco de Carvalho, e entraram, tendo começado a transportar para uma carrinha estacionada nas imediações, os volumes de tabaco que ali toparam: 1.960 maços de Marlboro e 500 da marca Austin.

Estava acompanhado por Hélder Oliveira, de 37 anos, de Braga, que não foi julgado neste processo. Os larápios tiveram o azar de serem vistos por um vizinho, o qual, de imediato, alertou a PSP. Na carrinha, que fugiu, estavam dois outros homens, cuja identidade o Tribunal não conseguiu apurar.

O arguido terá, ainda, de pagar por danos de 380 euros causados no elevador, feitos propositadamente para que ninguém por ele descesse enquanto operavam.

Azar teve, também, o dono da garagem, um homem de nome Carvalho, que viu o Ministério Público extrair uma certidão do processo para um inquérito criminal por contrabando de circulação.

É que, os maços de tabaco não tinham o selo comprovativo do pagamento do imposto, ou seja, eram de contrabando.

Continuar a ler

Braga

Menor desaparecida em Braga já está com a família

Residente em Barcelos

em

Foto: Divulgação

Uma jovem residente em Barcelos dada como desaparecida deste esta sexta-feira em Braga, já está com uma tia, desde as 16:00 horas deste sábado, confirmou a mãe através das redes sociais.

A menor terá sido vista, na sexta-feira, em Braga, mas deixou de atender os sucessivos contactos da família até este sábado. As primeiras indicações dão conta de que a menor estará “bem”.

Não foram revelados pormenores relativos ao motivo do desaparecimento, mas foram alertadas as autoridades locais que se prontificaram a ajudar a família de Barcelos.

O desaparecimento tinha sido divulgado pelo pai, às autoridades e através das redes sociais. O mesmo também já veio confirmar que a menor “já se encontra junto da família”.

Continuar a ler

Braga

Município de Braga adere à Rede Portuguesa de Municípios Saudáveis

Reunião de executivo

em

Foto: Divulgação / CM Braga

O executivo do Município de Braga debate e vota, esta segunda-feira, uma proposta de adesão do Município de Braga à Rede Portuguesa de Municípios Saudáveis, que é subscrita pela vice-presidente, Sameiro Araújo.

A Rede Portuguesa de Municípios Saudáveis é uma associação de municípios portugueses que tem como missão a de apoiar o desenvolvimento do projeto Cidades Saudáveis da Organização Mundial de Saúde, assente nos princípios de equidade, solidariedade e cooperação.

A reunião pública de vereadores, que decorre esta segunda-feira, dia 18, pelas 09:30, no Salão Nobre dos Paços do Concelho, vai, ainda, analisar uma proposta de contração de um empréstimo bancário, de cerca de 1,7 milhões, para a requalificação da Escola Secundária de Maximinos, bem como, a atribuição de subsídio destinado a Transporte Escolar de Alunos do Agrupamento de Escolas de Maximinos; contratos interadministrativos de delegação de competências e propostas de apoios financeiros a diversas entidades.

A ordem de trabalhos desta reunião, bem como a ata da reunião anterior, está disponível para download.

Continuar a ler

EM FOCO

Anúncio

ÚLTIMAS

Vamos Ajudar?

Reportagens da Semana

Populares