Seguir o O MINHO

Braga

Incêndio atinge dois carros em Braga

Em São Víctor

em

Foto: Paulo Jorge Magalhães / O MINHO

Duas viaturas foram alvo de um incêndio rodoviário ao início da noite deste sábado, em São Victor, cidade de Braga. Não há vítimas a registar.

O incidente deu-se na Rua José António Cruz, cerca das 20:40 horas, quando um carro estacionado começou a arder em circunstâncias que estão ainda por apurar.

Foto: Paulo Jorge Magalhães / O MINHO

As chamas que deflagravam na primeira viatura acabaram por passar para um segundo veículo, estacionado paralelamente no mesmo local.

A rápida intervenção dos Bombeiros Sapadores de Braga, apoiados por uma viatura urbana de combate a incêndios, impediu que as chamas destruíssem o segundo carro, um Honda Accord. Já a frente do Opel Astra ficou destruída.

O prédio ficou negro devido à fuligem do incêndio.

A PSP de Braga registou a ocorrência.

(notícia atualizada às 22h01)

Anúncio

Braga

Sobe para dezasseis número de bombeiros dos Sapadores de Braga infetados

Covid-19

em

Foto: Paulo Jorge Magalhães / O MINHO

Subiu de catorze para dezasseis o número bombeiros dos Sapadores de Braga que acusaram positivo nos testes de despistagem da covid-19 e estão em casa em isolamento, sendo que a esmagadora maioria não apresenta “grandes sintomas”, disse hoje o presidente da Câmara.

Em declarações à Lusa, Ricardo Rio referiu que o primeiro caso positivo foi confirmado no domingo, tendo logo os restantes bombeiros que integravam esse turno sido postos em quarentena.

Foram, entretanto, efetuados testes a todo o turno, tendo 16 bombeiros acusado positivo e sete negativo, havendo ainda dois casos inconclusivos.

“A esmagadora maioria dos que acusaram positivo não apresenta grandes sintomas”, acrescentou Ricardo Rio.

Os infetados estiveram envolvidos no combate a um incêndio registado em 25 de março na ala de psiquiatria do Hospital de Braga, mas o autarca considera que não é possível associar uma situação à outra.

O MINHO sabe que o comandante e o adjunto da companhia estão à espera de resultado dos testes, assim como outros elementos da secção técnica.

Alguns bombeiros estranham a presença do comandante nas instalações, num período em que deveria aguardar pelos resultados em isolamento.

O novo coronavírus, responsável pela pandemia da covid-19, já infetou mais de 940 mil pessoas em todo o mundo, das quais morreram mais de 47 mil.

Dos casos de infeção, cerca de 180.000 são considerados curados.

Em Portugal, segundo o balanço feito hoje pela Direção-Geral da Saúde, registaram-se 209 mortes, mais 22 do que na quarta-feira (+11,8%), e 9.034 casos de infeções confirmadas, o que representa um aumento de 783 em relação à véspera (+9,5%).

Dos infetados, 1.042 estão internados, 240 dos quais em unidades de cuidados intensivos, e há 68 doentes que já recuperaram.

Portugal, onde os primeiros casos confirmados foram registados no dia 02 de março, encontra-se em estado de emergência desde as 00:00 de 19 de março, tendo a Assembleia da República aprovado hoje o seu prolongamento até ao final do dia 17 de abril.

Continuar a ler

Braga

Vila Verde abriu mais de 40 vagas para trabalhar na Câmara

Administração Pública

em

Foto: DR / Arquivo

A Câmara Municipal de Vila Verve abriu hoje concursos públicos para o preenchimento de mais de 40 vagas para reforçar os seus quadros de pessoal.

Os procedimentos concursais destinam-se às mais diversas áreas através de Contrato de Trabalho em Funções Públicas por Tempo Indeterminado, ou seja vínculo definitivo com a Administração Pública.

As categorias para as quais abriram concursos são as de Assistente Operacional (ordenado de 635€), Assistente Técnico (683€), Fiscal (683€) e Técnico Superior (1.201€).

Os interessados podem candidatar-se até ao dia 24 de abril. Os concursos e os procedimentos podem ser consultados na Bolsa de Emprego Público.

Continuar a ler

Braga

Semana Académica cancelada em Braga

Covid-19

em

Fotos: Paulo Magalhães / O MINHO

A Associação Académica da Universidade do Minho (AAUM) anunciou hoje o cancelamento de todas as suas atividades presenciais até ao final do mês de junho, entre as quais se incluem as Monumentais Festas do Enterro da Gata, que decorreriam de 8 a 15 de maio, em Braga.

Em comunicado, a AAUM afirma que “mantém a preocupação em salvaguardar a saúde pública em consonância com as recomendações da DGS e do Governo de Portugal. Desta forma, a direção deliberou o cancelamento das atividades presenciais previstas até ao fim do próximo mês de junho”.

A Campanha de Comercialização de Insígnias, o Cortejo Académico, Imposição de Insígnias e Missa de Finalistas e as Serenatas e Velório são atividades cujo cancelamento, de acordo com a Associação Académica, “será reavaliado, caso estejam reunidas as condições sanitárias de saúde pública e dentro do enquadramento temporal no presente mandato da AAUM”.

Continuar a ler

Populares