Seguir o O MINHO

Cávado

Ilustradora formada no IPCA, em Barcelos, representa Portugal em Feira Internacional

Catarina Gomes

em

Foto: DR

A ilustradora Catarina Gomes, que completou o Mestrado em Ilustração e Animação do IPCA entre 2010 e 2012, foi selecionada para participar na exposição anual da Feira do Livro Infantil e Juvenil de Bolonha, a decorrer de 14 a 17 de junho em formato online.

No total, estarão representados 77 ilustradores de 68 países, escolhidos entre cerca de três mil candidatos de todo o mundo.

A exposição da Feira de Bolonha, em Itália, é a principal montra de tendências e autores de ilustração infantil, constituindo por isso uma oportunidade única para Catarina Gomes. “Ver as minhas ilustrações selecionadas para esta feira foi algo que sempre quis e fiquei muito feliz. E admirada pois não esperava ficar entre os 77 finalistas”, confessa a antiga estudante da Escola Superior de Design do IPCA.

Para concorrer à exposição da Feira de Bolonha, Catarina Gomes usou ilustrações que tinha iniciado para participar num outro concurso para o qual não chegou a participar.

A Migraçao das Alforrecoas, com ilustraçoes de Catarina Gomes

Este trabalho reflete a técnica mista que carateriza a ilustradora. “Faço texturas, manchas e recortes à mão, com marcadores, pastel e carvão, essencialmente. Depois digitalizo e faço as colagens digitalmente”, explica.

Quando lhe perguntamos o que caracteriza as ilustrações selecionadas para esta feira Catarina Gomes reconhece que “o júri tem tendência para escolher o que seja inicialmente feito à mão. É tudo muito fresco e espontâneo. Uma mistura entre o manual e o digital, que parece ser inocente, mas é muito pensado”, diz.

Escrever e ilustrar histórias é um gosto de criança, mas foi em 2004, quando fez Erasmus em Bratislava, capital da Eslováquia, que Catarina Gomes verdadeiramente se apaixonou por esta arte.

“Eles têm uma tradição muito forte na área da ilustração, e foi lá que comprei os meus primeiros álbuns ilustrados e vi várias exposições de ilustração que me influenciaram. A que mais me marcou foi uma exposição retrospetiva de cartazes de filmes checos e eslovacos realizados entre 1959 e 1989 chamada “Flashback”. Como tinha muito tempo livre e histórias hilariantes para contar, comecei a fazer o meu primeiro diário ilustrado”, recorda.

Ilustrações de Catarina Gomes

Ilustrações de Catarina Gomes

Na altura, Catarina Gomes estudava Design Gráfico na Faculdade de Belas-Artes do Porto, mas a nova paixão motivou-a a viajar até Barcelos para frequentar a primeira edição do Mestrado em Ilustração e Animação (MIA) do IPCA.

“Foi graças à passagem pelo MIA que aprendi técnicas e ferramentas que me permitiram dedicar-me a esta área. Além disso, foi excelente poder conhecer pessoas que partilham a mesma paixão”, sublinha.

Catarina Gomes confessa ter o sonho de se dedicar em exclusivo à ilustração, algo que ainda não lhe foi possível, apesar de já ter cerca de uma dezena de trabalhos publicados. “Tenho uma série de ideias e projetos pessoais que gostava de concretizar. Gosto de diversidade, de experimentar novos suportes. Por exemplo, agora estou a criar ilustrações para aplicar em meias”, revela.

Catarina Gomes e Tiago Galo serão os dois únicos ilustradores portugueses presentes na exposição de ilustração infantil da Feira de Bolonha que, tendo em conta a situação pandémica, este ano decorre exclusivamente online, depois de ter sido cancelada no ano passado.

Populares