Seguir o O MINHO

II Liga

Vitória B despromovido, SC Braga B quase

32.ª jornada da II Liga

em

Foto: DR

O Vitória SC tornou-se hoje a primeira equipa a ser despromovida ao Campeonato de Portugal, ao empatar 2-2 na receção ao Sporting de Braga B, em encontro da 32.ª jornada da II Liga de futebol.


A formação vimaranense, que precisava de ganhar para continuar na corrida à manutenção, esteve duas vezes na frente do marcador, com tentos de Aziz, aos oito minutos, e Edmond Tapsoba, aos 56.

Pelo conjunto ‘arsenalista’, obrigado a pontuar para poder continuar a sonhar com a permanência na II Liga, ‘responderam’ Elias Emanuel, aos 42 minutos, e Inácio, aos 70.

A equipa B do Vitória, que segue no 18.º e último lugar, com 29 pontos, somou a segunda descida da sua história, depois de ter caído em 2012/13, época de estreia das formações secundárias, ao terminar a prova no 21.º lugar.

Os minhotos acabaram por regressar na época seguinte e fecharam os últimos quatro campeonatos a meio da tabela: nono lugar em 2014/15, 13.º em 2015/16, 11.º em 2016/17 e 11.º em 2017/18.

Apesar do empate, e de ainda poder, matematicamente, salvar-se, o SC Braga B tem grandes probabilidades de cair também ao Campeonato de Portugal, depois de sete épocas consecutivas no segundo escalão.

Os bracarenses somam 31 pontos, menos seis do que Farense (14.º colocado) e Arouca (15.º), que estão acima da ‘linha de água’, e igualmente menos seis do que o Varzim (16.º), já em lugar de despromoção, quando faltam disputar apenas duas jornadas.

A equipa de Braga ainda não desce porque num campeonato a quatro ficaria no segundo lugar, apenas atrás do Varzim e à frente de Farense e Arouca.

Nas duas últimas jornadas o Vitória B defronta o Benfica B (fora) e o FC Porto B (em casa). Já o SC Braga Braga B, ao contrário, recebe os benfiquistas e desloca-se ao Olival, na última jornada, para defrontar a equipa portuense.

Domínio alternado deu empate

Vitória B e SC Braga B apresentaram um jogo com períodos de domínio alternado.

A formação vitoriana esteve sempre em vantagem, graças aos tentos de Aziz, num remate fora do alcance do guarda-redes Tiago Pereira, aos oito minutos, e de Edmond Tapsoba, num cabeceamento certeiro, aos 56, mas cedeu o empate por duas vezes e manteve-se no 18.º e último lugar, com 29 pontos, a oito do Arouca, 15.º, quando já só há seis em disputa.

Os bracarenses, por seu turno, marcaram em dois golpes de cabeça, de Elias Emanuel, aos 43 minutos, e Inácio, aos 70, e ainda têm escassas hipóteses de se manterem no segundo escalão do futebol nacional – ocupam o 17.º posto, com 31 pontos, e estão a seis de Farense (14.º), Arouca (15.º) e Varzim (16.º).

O encontro foi equilibrado na totalidade dos 90 minutos, com a equipa da casa a entrar melhor e a chegar cedo à vantagem e a turma ‘arsenalista’ a responder depois, num remate ao poste de Casimiro (19 minutos) e noutro de David Carmo (35), antes de chegar ao empate, perto do intervalo.

A história repetiu-se na segunda parte, com o Vitória B a ‘empurrar’ os bracarenses para a sua área no início da segunda parte, a chegarem de novo à vantagem e a ameaçarem o terceiro golo, num cabeceamento de Aziz ao poste, aos 59 minutos.

O Braga B respondeu, de novo, com Makouta a rematar ao lado (63 minutos) e Denisson ao poste (66), antes de Inácio estabelecer o resultado final.

Ficha de Jogo

Jogo no Estádio D. Afonso Henriques, em Guimarães.

Vitória SC B – Sporting de Braga B, 2-2.

Ao intervalo: 1-1.

Marcadores:

1-0, Aziz, 08 minutos.

1-1, Elias Emanuel, 43.

2-1, Edmond Tapsoba, 56.

2-2, Inácio, 70.

Equipas:

– Vitória SC B: André Costa, Ouattara, Edmond Tapsoba, Romain Correia, David Sualehe, Rosier, Mimito, André Almeida (Reisinho, 46), Rincón (Bence Biró, 79), Hélder Ferreira e Aziz.

(Suplentes: Tiago Silva, Miguel Magalhães, Jorginho, Dragisa Gudelj, Reisinho, Nuninho e Bence Biró).

Treinador: Alex Costa.

– SC Braga B: Tiago Pereira, Inácio, Bruno Wilson, David Carmo, Pedro Amador, Casimiro (André Ribeiro, 84), Denisson, Yvan, Makouta, Henry (Tavares, 56) e Elias Emanuel (Franklin, 83).

(Suplentes: Filipe Ferreira, Danilo, Franklin, Rodrigo, Tavares, Moura e André Ribeiro).

Treinador: Rui Santos.

Árbitro: Hélder Malheiro (AF Lisboa).

Ação disciplinar: Cartão amarelo para David Carmo (25), Hélder Ferreira (39), Makouta (40), Inácio (41), Ouattara (44), Elias Emanuel (44), Bruno Wilson (62), Tavares (72) e Reisinho (90). Cartão vermelho direto para Romain Correia (90+3).

Assistência: Cerca de 1.000 espetadores.

 

Notícia atualizada às 18h46 com mais conteúdo

Anúncio

II Liga

II Liga regressa seis meses depois e com uma mulher na equipa de arbitragem

Futebol

em

Foto: DR / Arquivo

O encontro Estoril Praia-Arouca abre hoje a edição 2020/21 da II Liga de futebol, que regressa seis meses e um dia depois do último encontro do campeonato passado, que não chegou ao fim devido à pandemia covid-19.

O jogo entre Estoril Praia e Arouca está agendado para as 20:00 e vai abrir a primeira jornada da prova, que vai decorrer até segunda-feira, num dia que fica marcado ainda pela estreia de uma mulher árbitro em jogos das ligads profissionais.

A árbitro Vanessa Gomes vai assim estrear-se em jogos profissionais, sendo assistente do árbitro João Malheiro Pinto.

A II Liga foi suspensa por tempo indeterminado em 09 de março passado e, em 30 de abril, não recebeu ‘luz verde’ do Governo para prosseguir, sendo dado como terminada.

Embora ainda sem público nas bancadas, a II Liga vai finalmente regressar, seguindo o exemplo da primeira, que retomou e concluiu o campeonato anterior.

Continuar a ler

II Liga

II Liga adiada para 13 de setembro, sorteio das competições para de 28 agosto

Anunciou a Liga Portuguesa de Futebol Profissional (LPFP)

em

Foto: DR / Arquivo

O início da II Liga foi adiado para 13 de setembro, enquanto o sorteio da I e II ligas da época 2020/21 passou de 09 para 28 de agosto, anunciou hoje a Liga Portuguesa de Futebol Profissional (LPFP).

“No seguimento da comunicação enviada pela Federação Portuguesa de Futebol, na passada sexta-feira, dando conta da suspensão da identificação dos dois clubes do Campeonato de Portugal (Vizela e Arouca) para participação nas competições profissionais, e também derivado ao facto de o processo de licenciamento de Cova da Piedade e Casa Pia se encontrar em curso, a Liga Portugal vem dar conta de que o arranque de competição, inicialmente previsto para o dia 22 de agosto, ocorrerá no dia 13 de setembro”, explica a LPFP.

Em curto comunicado, o organismo refere, assim, que o arranque de competição da II Liga, inicialmente previsto para 22 de agosto, ocorrerá em 13 de setembro, “estando ainda o calendário a aguardar a aprovação da FPF”.

Face a estas condicionantes, a entidade que gere o futebol profissional em Portugal refere que o sorteio, inicialmente marcado para 09 de agosto “tem agora como nova data o dia 28 de agosto”.

Continua sem haver data estipulada para o início da I Liga.

Continuar a ler

II Liga

UEFA apoia Académica com 60 mil euros para recuperar infraestruturas

Face aos estragos provocados pelas tempestades na academia do clube

em

Foto: DR / Arquivo

A UEFA vai apoiar com 60 mil euros a Associação Académica de Coimbra/OAF para fazer face aos estragos provocados pelas tempestades na academia do clube, anunciou hoje a Federação Portuguesa de Futebol (FPF).

“A FPF garantiu através da UEFA um apoio de 60 mil euros para ajudar a Associação Académica de Coimbra/OAF a recuperar a sua academia que sofreu estragos devastadores em resultado do mau tempo que se abateu na região centro, nomeadamente em Coimbra, em dezembro do ano passado”, refere a federação em comunicação.

A UEFA foi sensível aos argumentos da FPF e vai financiar a Académica em 60 mil euros, sendo que 38.840 euros são destinados à substituição dos “dois relvados sintéticos que ficaram muito danificados”.

“Desde a primeira hora que se abateu sobre a Académica esta tragédia que manifestámos junto do clube, na pessoa do seu presidente Pedro Roxo, não apenas a nossa solidariedade mas também o nosso empenho em garantir junto das entidades internacionais o apoio que estas destinam para situações de catástrofes naturais”, referiu Fernando Gomes, presidente da FPF, citado no documento.

O líder da federação salientou que o clube vai poder contar com um “importante contributo financeiro para recuperar as instalações da sua academia”.

Já Pedro Roxo, presidente da Académica, disse estar satisfeito por o clube ter sido contemplado com uma verba do fundo de solidariedade da UEFA.

“A AAC-OAF candidatou-se a este fundo com a parceria da FPF. Esta verba que visa garantir a reabilitação dos relvados da nossa Academia Briosa XXI, que tão fustigados têm sido nos últimos dois anos por tempestades naturais, como foram os casos da Leslie e Elsa”, disse.

O presidente da ‘briosa’ agradeceu a Fernando Gomes pelo seu “papel determinante” na atribuição da verba, realçando a importância das instalações utilizadas pelos jovens.

Continuar a ler

Populares