Seguir o O MINHO

Guimarães

Homem de Guimarães testou negativo para o coronavírus

Covid-19

em

Foto: Portal do Serviço Nacional de Saúde

O homem de Guimarães que apresentava sintomas suspeitos de ter contraído Covid-19 (coronavírus) testou negativo, anunciou a Direção Geral de Saúde no seu site oficial, pelas 22:05 desta terça-feira.

Em despacho assinado por Graça Freitas, diretora-geral da Sáude, é dado conta de que “o 16.º caso suspeito de infeção por novo Coronavírus (COVID-19), um doente que foi encaminhado hoje para o Centro Hospitalar Universitário de São João (CHUSJ), teve resultado negativo após realização de análises laboratoriais pelo CHUSJ, com duas amostras biológicas negativas”.

O homem tinha viajado de Milão para Portugal e foi considerado suspeito de estar infetado com o coronavírus Covid-19 e encaminhado para o Centro Hospitalar Universitário de São João.

Este foi o 16.º caso suspeito de Covid-19 em Portugal e tornou-se suspeito de estar infetado “após avaliação clínica e epidemiológica”.

De acordo com a mesma fonte, o doente ficou internado durante todo o dia para colheitas de amostras biológicas para análise pelo hospital de São João, no Porto.

O caso anterior (15.º) também se referia a uma pessoa que viajou de Milão, neste caso uma mulher, que também foi encaminhada para o Centro Hospitalar Universitário de São João, e que também deu negativo.

Os restantes 14 casos suspeitos no país resultaram negativos após análises.

Existe já um 17.º caso suspeito, também de um homem que regressou de Milão, estando internado no INSA, em Lisboa.

Até agora, o único caso conhecido de um português infetado pelo novo vírus é o de um tripulante de um navio de cruzeiros que está hospitalizado no Japão.

Em termos globais, o balanço provisório da epidemia do coronavírus Covid-19 é de 2.707 mortos e cerca de 80.300 pessoas infetadas, de acordo com dados reportados até hoje, por cerca de 30 países.

Além de 2.665 mortos na China, onde o surto começou no final do ano, há registo de vítimas mortais no Irão, Coreia do Sul, Itália, Japão, Filipinas, França e Taiwan.

A Organização Mundial de Saúde declarou o surto do Covid-19 como uma emergência internacional e alertou para uma eventual pandemia, após um aumento repentino de casos em Itália, Coreia do Sul e Irão nos últimos dias.

Anúncio

Ave

PSP identificou 2 suspeitos de furtos em garagens em Guimarães

Crime

em

Foto: PSP

A PSP identificou dois suspeitos de furtos em várias garagens anexas a residências na cidade de Guimarães e apreendeu diversos artigos alegadamente furtados, entre os quais cerca de três dezenas de garrafas de vinho.

Entre os artigos apreendidos, contam-se também garrafas de óleo, enlatados, embalagens de leite e toalhitas.

Segundo a PSP, os suspeitos, de 29 e 34 anos, “estão conotados” com a prática de “inúmeros” ilícitos de natureza semelhante.

Foram detidos na madrugada de quinta-feira, tendo-lhes sido apreendidos “diversos artigos cuja posse não souberam justificar, suspeitando-se da proveniência ilícita dos mesmos”.

A PSP diz que continuará a desenvolver diligências com vista à entrega dos bens aos seus proprietários.

Continuar a ler

Ave

Multiusos de Guimarães serve de hospital de retaguarda

Covid-19

em

Foto: Divulgação / CMG

O Multiusos de Guimarães é o espaço definido para servir de Hospital de Retaguarda, resultado de um processo em análise pela Câmara Municipal de Guimarães, Hospital Senhora da Oliveira e ACES do Alto Ave. A criação desta estrutura de apoio passa por desenvolver tratamento de assintomáticos e acolher doentes com sintomas ligeiros e que necessitam de monitorização médica permanente, face ao surto pandémico da covid-19.

A autarquia adianta que o “Hospital de Retaguarda, que está em fase de análise para Guimarães, tem previsto 100 camas e com possibilidade de aumento de capacidade”.

Até ao momento, acrescenta o município vimaranense em nota enviada às redações, a Câmara “já criou duas unidades de alojamento com as condições exigidas para o isolamento social. Foram criadas duas unidades, nas instalações do Centro de Criação de Candoso, na antiga escola EB1 de Candoso S. Martinho, e Verbo Divino, com as condições exigidas pelas Autoridades de Saúde para a denominada quarentena”.

Os espaços, um com capacidade para 10 quartos e outro com capacidade para 23 quartos de diversas tipologias, podem ser utilizados pelos cidadãos que não têm possibilidade de o fazer em condições apropriadas nas suas habitações ou por aqueles que, por motivos económicos, vivam em condições de carência, numa medida executada em articulação com as Autoridades de Saúde e a Câmara Municipal, cumprindo todas as recomendações da Direção-Geral de Saúde.

Além destas medidas, a Câmara de Guimarães criou ainda resposta aos sem-abrigo. “Numa parceria com a Cercigui, está já em funcionamento o espaço de alojamento para os sem-abrigo do concelho, com todas as condições de higiene, segurança e conforto, e que permitirá o distanciamento social adequado, bem como o acesso a refeições, contando com o apoio da Cruz Vermelha e voluntários”, refere a autarquia, notando que, “a todo o momento, mais medidas poderão ser tomadas para dar resposta aos problemas que forem surgindo, perante um quadro de saúde pública que se vai desenvolvendo de forma imprevisível”.

Continuar a ler

Guimarães

Grupo têxtil doa 50 mil euros ao Hospital de Guimarães para compra de equipamentos

Covid-19

em

Foto: Jornal T

O grupo têxtil Endutex, sediado em Santo Tirso, doou 50 mil euros ao Hospital da Senhora da Oliveira, de forma a adquirir equipamentos de proteção para os profissionais de saúde.

Em declarações ao Guimarães Digital, do Grupo Santiago, o presidente do grupo, Vítor Abreu, destaca os “briosos profissionais” da unidade hospitalar, e que estes sabem que rumo dar ao dinheiro.

Esta oferta, refere a mesma fonte, resulta do sentido de responsabilidade social “que as empresas devem ter”.

“Era impossível não percebermos os tempos dramáticos que estamos a atravessar que, espero sejamos capazes de ultrapassar rapidamente, e, por isso, os accionistas aceitaram fazer esta doação”, disse.

O grupo tem participações no Brasil, Espanha, Alemanha, República Checa, Polónia e Estados Unidos da América.

Foi notícia recentemente por pretender abrir um hotel na cidade de Braga.

Continuar a ler

Populares