Seguir o O MINHO

Guimarães

Guimarães: GNR resgata gralha-preta que mulher mantinha ilegalmente em cativeiro

Lordelo

em

Foto: GNR

Uma gralha-preta (Corvus corone) foi resgatada pela GNR, em Lordelo, Guimarães, onde era mantida ilegalmente em cativeiro por uma mulher de 50 anos, foi hoje anunciado.

Em comunicado, o Comando Territorial de Braga adianta que o resgate se realizou na semana passada, a 09 de novembro, através do Núcleo de Proteção Ambiental (NPA) de Guimarães.

Foto: GNR

“No decorrer de uma ação de patrulhamento, os elementos do NPA fiscalizaram uma mulher de 50 anos que detinha o espécime em cativeiro. Uma vez que é proibida a sua detenção em todas as fases de vida do animal, a suspeita foi identificada, tendo sido elaborado o respetivo auto de contraordenação”, refere o comunicado enviado a O MINHO.

A ave foi entregue ao Instituto da Conservação da Natureza e Florestas (ICNF) do Parque Nacional Peneda Gerês.

Populares