Seguir o O MINHO

Guimarães

Guimarães cria equipas de apoio aos lares

Covid-19

em

Foto: Divulgação / CM Guimarães

A Câmara de Guimarães vai disponibilizar aos lares equipas de apoio devidamente formadas para dar resposta à eventual diminuição de pessoal resultante da imposição de isolamento profilático, anunciou hoje o município.


Em comunicado, o município refere que será constituída uma bolsa de 40 a 50 pessoas, que estão a ser formadas pelo Instituto do Emprego e Formação Profissional e que terão posteriormente o apoio da Segurança Social e da Cruz Vermelha na resposta que darão às necessidades que forem surgindo nos lares.

“Trata-se de uma bolsa de profissionais contratados, que estarão aptos a substituir, temporariamente, os funcionários que se vejam incapacitados de exercer as suas funções”, sublinha.

Segundo o presidente da Câmara de Guimarães, Domingos Bragança, em causa está uma “medida preventiva” para garantir que os utentes dos lares se mantenham no seu local habitual, “evitando assim problemas relacionados com a sua saúde mental ou mesmo com morbilidades que possam ter”.

No lar do Centro Social Irmandade de São Torcato, em Guimarães, registaram-se na última semana 43 casos positivos de covid-19, entre 34 utentes e nove funcionários.

A pandemia de covid-19 já provocou pelo menos 961.531 mortos e mais de 31,1 milhões de casos de infeção em 196 países e territórios, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

Em Portugal, morreram 1.920 pessoas dos 69.200 casos de infeção confirmados, de acordo com o boletim mais recente da Direção-Geral da Saúde.

Anúncio

Guimarães

Menina de 18 meses queimada com gravidade em Guimarães

Acidente

em

Foto: DR

Uma menina de 18 meses sofreu queimaduras graves depois de um acidente doméstico, na vila de Caldas das Taipas, concelho de Guimarães.

Ao que apurou O MINHO junto de fonte dos bombeiros, a vítima sofreu queimaduras de segundo grau quando estava dentro de casa, na Rua da Rabata, cerca das 16:00 horas deste sábado.

A menina foi assistida pelos Bombeiros das Taipas e pela equipa médica da VMER.

Foi transportada em estado grave para a ala pediátrica do Hospital de Braga.

Fonte envolvida no socorro não conseguiu adiantar o que causou a queimadura.

A GNR está no local.

Continuar a ler

Guimarães

Enfermeira de Guimarães denuncia problemas na saúde primária: “Veem o pus por telefone”

Saúde

em

Foto: DR

Ana Isabel Alves, enfermeira de Guimarães, escreveu uma carta ao primeiro-ministro a alertar para as fragilidades dos cuidados primários de saúde durante os tempos de pandemia de covid-19.

A enfermeira denuncia condicionamentos impostos pelas medidas de contenção que nunca foram ajustados para um correcto funcionamento no Serviço Nacional de Saúde (SNS).

Explica que os utentes têm muitas dificuldades para conseguir uma consulta, levando a que estes se desloquem diretamente ao hospital da área de residência, podendo, por isso, ‘entupir’ o atendimento. Sublinha ainda que que os tempos de espera estão a aumentar, prejudicando os casos urgentes.

“Não é aceitável que tenhamos que nos deslocar ao privado quando temos um SNS para o qual contribuímos”, lamenta a enfermeira.

Outra das medidas que Ana Isabel Alves critica é a consulta feita por telefone. A enfermeira diz que existem relatos “de pedirem por telefone a uma mãe para ver se via pus na garganta do filho. Não é admissível”, afirma, vincando que “os centros de saúde não podem funcionar maioritariamente pelo telefone”.

A enfermeira apela a António Costa que faça uma reflexão sobre este apelo que é, diz, “em nome dos portugueses”.

Continuar a ler

Guimarães

Mais plantas de canábis apreendidos em Guimarães

Droga

em

Foto: divulgação / GNR

A GNR apreendeu hoje canábis numa plantação no anexo de uma residência em Guimarães e constituiu arguido um homem de 61 anos, anunciou aquela força.

Em comunicado, a GNR refere que foi dado cumprimento a um mandado de busca domiciliária, tendo sido apreendidos seis ramos de canábis amadurecidos e secos prontos para consumo, bem como 116 doses de folhas de canábis acondicionada em frascos e caixas.

Os factos foram remetidos ao Tribunal Judicial de Vila Nova de Famalicão.

Continuar a ler

Populares