Seguir o O MINHO

País

Governo investe 745 milhões no SNS

Anunciou o ministério da Saúde

em

Foto: DR / Arquivo

O Ministério da Saúde anunciou esta quinta-feira um reforço de cerca de 745 milhões de euros no Serviço Nacional de Saúde (SNS). O obvjetivo é a redução da dívida e o aumento da capacidade de resposta e produção do SNS.

Segundo a ministra da Saúde, Marta Temido, 630 milhões do valor total destinam-se aos hospitais, e os 115 milhões restantes às Administrações Regionais de Saúde (ARS).

Este reforço, segundo o Governo, “surge num ano de grande esforço financeiro” devido à pandemia de covid-19, “nomeadamente na recuperação da atividade assistencial, no financiamento de testes de deteção da covid-19, ou no esforço adicional de vacinação”.

Até outubro, aponto o ministério, tinham sido realizadas quase 30 milhões de consultas médicas em cuidados de saúde primários e 590 mil cirurgias, os valores mais elevados de sempre, e mais de 10 milhões de consultas hospitalares), no financiamento de testes de deteção da covid-19, ou no esforço adicional de vacinação.

Na nota de divulgação, o governo recorda que, em agosto deste ano, já tinha sido feito um reforço no montante de 350 milhões de euros. Assim, em 2021, estes valores totalizam mais de 1.000 milhões de euros de reforço, para um SNS melhor preparado, mais robusto e com mais respostas para os cidadãos.

EM FOCO

Populares