Seguir o O MINHO

Região

GNR de Barcelos apanha em flagrante incendiário em Balugães

em

 O Comando Territorial de Braga, através do Posto Territorial de Barcelos, identificou um individuo do sexo masculino, com cerca de 40 anos, suspeito de atear fogos na freguesia de Balugães, concelho Barcelos.

Pelas 04:30horas, os militares que se deslocaram ao local do incêndio florestal, encetaram de imediato diligências e realizaram medidas cautelares e de policia acabando por identificar o suspeito como sendo o presumível autor dos focos de incêndios na mancha florestal da freguesia de Balugães.

“Perante estes factos, pelas 05H00, foi comunicado a Policia Judiciaria de Braga os factos ocorridos, tendo de imediato se deslocado ao local da ocorrência do incêndio”, confirma fonte da GNR, acrescentado que o indivíduo foi detido em flagrante.

“Após realizadas diligências pela PJ de Braga em conjunto com os militares desta Guarda no local do incêndio florestal e junto ao suspeito, foi detido, fora de flagrante delito, o suspeito de atear focos de incêndio”, relata a GNR ao O MINHO.

Detido irá ser presente a primeiro interrogatório judicial no dia 31 de julho de 2017, pelas 09:30 horas, no Tribunal Judicial da Comarca de Barcelos para aplicação da respetiva medida de coação.

Incêndio provocado, ao que tudo indica, pelo indivíduo detido, iniciou pelas 04:00 horas, foi extinto pelas 06:50horas, estiveram no local a combater o incêndio florestal cerca de quatro viaturas e 15 operacionais de corporações de Barcelos, Barcelinhos e Vila Verde.

“A área total ardida foi cerca de 2000 metros. Apesar da intervenção musculada inicial dos bombeiros com os meios de combate, foi causado perigo para uma área florestal continua de 150 hectares e diversas habitações existentes nas proximidades”, refere Fonte da GNR.

 

Populares