Seguir o O MINHO

Ave

Famalicão apoia 350 famílias com “redução excecional” de tarifas municipais

Água, saneamento e resíduos sólidos

em

Foto: Arquivo

A câmara de Vila Nova de Famalicão vai apoiar perto de 350 famílias com uma “redução excecional” das tarifas municipais de água, saneamento e resíduos sólidos, deixando de receber anualmente cerca de 65 mil euros, anunciou, esta quarta-feira, a autarquia.

Em comunicado, a Câmara de Famalicão adianta que a medida de “caráter excecional abrange famílias que vivem em situação de carência económica e é atribuída por um período único de um ano, podendo estas situações ser revistas e, ou, revogadas no caso de alteração dos pressupostos”

Segundo a autarquia, todos os meses, o executivo municipal aprova, em reunião de câmara, “inúmeros pedidos de redução excecional da tarifa ambiental” requeridos pelos próprios munícipes junto da Divisão de Ambiente e Serviços Urbanos, que depois comprova a carência económica das famílias junto da Divisão de Solidariedade Social.

“É mais uma medida de grande alcance social, que apoia as famílias quando elas mais precisam da nossa ajuda”, refere no texto o presidente da câmara, Paulo Cunha.

Segundo o autarca, “são apoios fundamentais em certos momentos difíceis, que ajudam muitas vezes uma família a reerguer-se e a recuperar o equilíbrio financeiro”.

A autarquia salienta ainda que a tabela municipal prevê já uma tarifa social, com valores mais reduzidos para famílias em situação económica desfavorável, assim como uma tarifa familiar para agregados com quatro ou mais pessoas.

Anúncio

Ave

Empresa de equipamentos doou 10 mil luvas e 3 mil máscaras aos Bombeiros Famalicenses

Covid-19

em

Foto: Divulgação

A empresa de equipamentos de proteção Raclac, com sede em Famalicão, entregou hoje mais de 13 mil peças aos Bombeiros Voluntários Famalicenses (BVF), em forma de donativo, anunciaram os bombeiros ao início da noite deste sábado.

Na sequência de um apelo deixado pela corporação famalicense durante o dia de hoje nas redes sociais, a empresa sediada na freguesia de Cruz decidiu doar dez mil máscaras, três mil luvas, 200 batas e 200 toucas aos soldados da paz.

De acordo com fonte dos BVF, este material irá “munir” os “voluntários com uma maior “capacidade de resposta em segurança” para enfrentar a pandemia de Covid-19.

Continuar a ler

Guimarães

Guimarães ativa plano de emergência e encerra ecovia, parques e cemitérios

Covid-19

em

Foto: Divulgação / CM Guimarães

A Câmara de Guimarães mandou encerrar, a partir deste sábado, a ecovia/ciclovia, os parques de lazer em todo o concelho, todos os cemitérios das freguesias, feiras e pequenos mercados ao ar livre, numa prespetiva de contenção face à pandemia de Covid-19.

As medidas foram decretadas na sexta-feira, após reunião da comissão municipal de proteção civil, onde foi aprovada a ativação do plano de emergência municipal.

“A medida justifica-se pelo aumento de casos de infeção no distrito de Braga e no concelho de Guimarães e pela iminência de uma situação de acidente grave provocada pela infeção do coronavírus”, escreveu a autarquia, em comunicado.

Saliente-se a evolução epidemiológica no concelho de Guimarães que, até às 20:30 de quinta-feira, 26 de março, e segundo os dados fornecidos pelo ACES do Alto Ave, registava 58 casos confirmados de infetados, 755 casos em vigilância e 79 a aguardar resultados dos testes.

“Esta situação exige a tomada de medidas excecionais e temporárias com vista a robustecer e alargar o esforço de contenção da propagação epidémica, com o que se procura evitar, a todo o custo, um cenário de saturação dos meios de assistência hospitalar e, assim, proteger a vida dos cidadãos mais gravemente afetados pela COVID-19”, refere a autarquia.

Continuar a ler

Ave

Vizela encerra parque das termas e marginal ribeirinha

Covid-19

em

Foto: Divulgação

Na sequência do surto da nova estirpe de Coronavírus (COVID-19), foi decretado o Estado de Emergência Nacional, através do Decreto Presidencial n.º 14-A/2020, de 18 de março, tendo sido decretadas pelo Governo, através do Decreto n.º 2-A/2020, de 20 de março, um conjunto de medidas de ordem preventiva e restritiva, para evitar a transmissão da doença na comunidade.

Assim, no seguimento do decretado pelo governo, mais precisamente pelo Ministro da Administração Interna, Eduardo Cabrita, e uma vez mais, atenta a realidade concelhia, a Câmara de Vizela encerrou o Parque das Termas e a Marginal Ribeirinha, locais onde habitualmente se concentram muitas pessoas.

A Câmara Municipal de Vizela apela à população vizelense para respeitar as recomendações das autoridades, em especial o cumprimento do Dever Geral de Recolhimento, devendo, sempre que possível, evitar deslocações para fora do domicílio, preservando o recolhimento domiciliário.

Continuar a ler

Populares