Redes Sociais

Esposende, destino balnear de excelência

Cávado

Esposende, destino balnear de excelência

As praias de Apúlia, Ofir, Suave Mar e Cepães foram galardoadas com a Bandeira Azul da Europa para a época balnear 2015, reunindo, assim, todos os requisitos que lhes permitem uma oferta turística e ambiental de qualidade. Em virtude da atribuição deste galardão, decorrem nestas praias várias atividades de educação ambiental, sensibilizando os veraneantes para a adoção das melhores práticas e de uma atitude adequada perante estes locais de excelência e seus ecossistemas.

Já Apúlia e Cepães viram ser atribuído também o galardão de Praia Acessível, relevante na medida em que estas praias se encontram dotadas das infra-estruturas requeridas para pessoas com mobilidade condicionada, existindo nas mesmas também disponíveis equipamentos (cadeiras anfíbias) que lhes permite usufruir de banhos de mar em condições adequadas.

Este ano, há também cinco praias, nomeadamente Apúlia, Ofir, Cepães, Ramalha e Rio de Moinhos, classificadas com águas balneares com Qualidade de Ouro, uma distinção da Quercus – Associação Nacional de Conservação da Natureza, derivada do facto de ao longo dos últimos cinco anos apresentarem sistematicamente boa qualidade ou qualidade excelente. Mais uma vez se demonstra que o concelho continua a ser um excelente destino balnear.

Mas, e para além destes aspetos, importa ainda salientar que, numa perspetiva de melhoria da segurança dos utilizadores das praias do concelho, a Câmara Municipal promove a vigilância e o salvamento marítimo em zonas que apresentam um uso intensivo, apesar de não estarem associadas a nenhuma concessão de praia. Não obstante não constituir sua responsabilidade, o Município disponibiliza nadadores- salvadores nas praias de Cepães-Marinhas, Pedrinhas/Cedovém, em Apúlia, e Suave Mar-Foz, em Esposende.

Os resultados das análises à qualidade das águas balneares poderão ser consultados através dos sítios da internet da Esposende Ambiente, na área “Praias 2015”, e da Agência Portuguesa do Ambiente.

Clique para comentar

Comentar

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Mais Cávado