Seguir o O MINHO

Ave

Empresa de Famalicão cresce 16% e quer contratar mais 100 colaboradores

Produz máquinas de serigrafia, digitais, de dobragem e embalagem para a indústria têxtil

em

Foto: Divulgação

O Grupo ROQ, empresa de Famalicão que produz máquinas para a indústria têxtil, cresceu 16% relativamente ao mesmo período em 2020, e está a realizar um recrutamento ativo para mais de 100 novos colaboradores, disse esta quarta-feira o CEO do grupo.

Fernando Pinto realçou a O MINHO que a equipa conta já com “mais de 600 colaboradores” e a empresa, sediada em Oliveira Santa Maria,  “cresce a olhos vistos, vendo os seus objetivos cada vez mais próximos, procurando sempre a expansão e desenvolvimento”, aumentando “semana após semana” a “produtividade e qualidade”.

Verticalmente integrada com as marcas ROQ e ROQ Laser, dedica-se sobretudo à conceção e fabrico de máquinas de impressão serigráficas e digitais, de secagem e dobragem, graças à “engenharia diferenciada” apoiada nos “mais de 50 engenheiros” que desenvolvem os produtos.

Em 2020, o grupo obteve um resultado consolidado de 60 milhões de euros e quer faturar 100 milhões de euros em 2023.

De acordo com o CEO, o Grupo ROQ “apresenta-se como um dos líderes nos seus segmentos de mercado de atuação há mais de 38 anos, competindo internacionalmente com as maiores empresas do mundo”.

Com sucursais no Brasil e Estados Unidos, e “inspirado na metodologia japonesa Kaizen”, o Grupo ROQ exporta para mais de 60 países, mantendo “um curso de crescimento constante” ao longo das últimas décadas.

Grupo ROQ. Foto: DR

Recrutamento

Fernando Pinto explica que é objetivo da empresa buscar”novo talento”, com “um processo de recrutamento cada vez mais ativo e uma média de entradas mensal elevada”.

Para isso, deixa o apelo em busca de novos colaboradores nas áreas de Engenharia Mecânica, Digital ou Informática, Serralharia, Montagem, e outras funções de produção ou administrativas.

Pode consultar aqui o processo de recrutamento.

Populares