Seguir o O MINHO

Alto Minho

Eleições: Antigo líder da JSD encabeça lista da Aliança por Viana do Castelo

O antigo Governador Civil Luís Cirilo encabeça a lista em Braga

em

Foto: Facebook

O antigo líder da Juventude Social Democrata (JSD) Jorge Nuno Sá vai ser o cabeça de lista da Aliança por Viana do Castelo e o diretor executivo, o vimaranense Luís Cirilo, antigo Governador Civil, por Braga, anunciou o partido.


O partido tem divulgado os cabeças de lista dos vários círculos às eleições legislativas de 06 de outubro, sendo já conhecido que o presidente, Pedro Santana Lopes, será cabeça de lista por Lisboa e antiga deputada do PSD Adriana Aguiar Branco será candidata pelo Porto.

Pelo Porto, a Aliança indicou o vice-presidente Bruno Ferreira Costa para cabeça de lista, seguido da antiga dirigente social-democrata Adriana Aguiar Branco.

Também Jorge Nuno Sá foi dirigente nacional do PSD, tendo liderado a juventude do partido há mais de uma década. Em 2017, desfiliou-se do partido, tendo integrado a Aliança.

Autarca na sua terra natal, Viana do Castelo, Jorge Nuno Sá foi também eleito deputado à Assembleia da República pelo PSD.

No final de junho, o Senado (órgão máximo entre congressos) aprovou também os nomes de Carlos Medeiros por Setúbal, Joaquim Sousa pela Madeira, Jorge Medeiros pelos Açores, Ana Camilo por Castelo Branco, Ana Rosado Fonseca por Évora, Odília Lopes por Faro, Rui Sousa por Santarém, Maria João Gaspar por Vila Real e Pedro Escada por Viseu.

Por Santarém, a Aliança apresenta como número dois o toureiro Pedrito de Portugal.

Os mais recentes nomes apresentados pelo partido são António Cortez Lobão (cabeça de lista por Beja), Carlos Silvestre (por Bragança), João Navega (Coimbra), Joana Ferraz (Leiria), Carlos Carolino (Portalegre), António Marques Costa (Europa) e Tiago Sousa Dias (pelo círculo Fora da Europa).

Fonte oficial da Aliança disse à agência Lusa que esta força política vai apresentar candidatos a todos os círculos eleitorais, pelo que os restantes cabeças de lista serão apresentados “em breve”.

Em comunicado enviado às redações, a Aliança refere que “é propósito firme” do partido “praticar a rotatividade dos seus eleitos, à semelhança do que fazem outros partidos da esquerda parlamentar”.

Esta força política chegou a ser desafiada pelo partido Nós, Cidadãos! para concorrerem juntos às legislativas, mas decidiu declinar o convite por “não estarem reunidas as condições necessárias à efetivação de uma coligação pré-eleitoral”.

Anúncio

Alto Minho

Baloiço do Mezio instala pontos de desinfeção poucas horas depois de polémica

Parque Nacional Peneda-Gerês

em

Foto: Facebook de Baloiço do Mezio

O Baloiço do Mezio, em Cabana Maior, concelho de Arcos de Valdevez, já tem pontos de desinfeção de mãos, depois da polémica levantada na terça-feira pela Rádio Vale do Minho, a quem uma cidadã avançou críticas por não existir este tipo de equipamento no local.

Joaquim Campos, presidente da Junta de Cabana Maior, tinha dito ontem a O MINHO que as pessoas é que tinham a responsabilidade de levar pequenos frascos de gel para a higienizarão antes da utilização do baloiço, mas, horas depois, em declarações ao jornal Pasquim da Vila, resolveu anunciar que estaria para breve a instalação desses postos.

A meio da tarde desta quarta-feira, a página do baloiço nas redes sociais divulgou fotografias a dar conta da novidade, que alegrou visitantes por poderem agora utilizar o equipamento em segurança.

Baloiço do Mezio com aglomerados. Autarca apela ao respeito pelas normas sanitárias

Recorde-se que, independentemente dos novos postos, o autarca deixou o apelo através no nosso jornal para que a população respeite as normas sanitárias, como a utilização de máscara e o distanciamento social.

Considerado o “maior baloiço de corda em Portugal”, o baloiço do Mezio tem mais de sete metros de altura e permite uma vista panorâmica para o Parque Nacional da Peneda-Gerês.

Maior baloiço do país com vista panorâmica às portas do Gerês

Foi inaugurado no passado dia 11 de julho, no alto do Mezio, em Arcos de Valdevez, numa estrutura de madeira com 7,60 metros de altura.

Continuar a ler

Alto Minho

Alto Minho apresentou condolências à família de piloto que morreu em Lindoso

Comissão Distrital de Proteção Civil de Viana do Castelo

em

Foto: DR

A Comissão Distrital de Proteção Civil de Viana do Castelo informou hoje ter apresentado condolências à família do piloto que na sequência da queda de um ‘Canadair’ em Ponte da Barca, quando combatia um incêndio na Peneda Gerês.

Na nota de pesar pela morte do piloto português de 65 anos, que vivia em Leiria, aquela comissão distrital, liderada pelo presidente da Câmara de Caminha, Miguel Alves, manifesta ainda os votos de recuperação ao copiloto da aeronave, de 39 anos e de nacionalidade espanhola, que ficou ferido no mesmo acidente, e aos operacionais feridos no combate às chamas que lavraram durante três dias.

“Neste momento de pesar, o Alto Minho agradece e enaltece o compromisso e o empenho com que todos os agentes de proteção civil e demais intervenientes, que por terra ou por via aérea, colaboraram na defesa da floresta contra incêndios, nomeadamente no incêndio no Parque Nacional da Peneda Gerês (PNPG)”, refere a nota hoje enviada à imprensa.

O acidente ocorreu no sábado, quando o avião ‘Canadair’ português em que seguiam se despenhou em território espanhol, a cerca de dois quilómetros da fronteira.

O copiloto do avião ‘Canadair’ encontra-se “estável e fora de perigo”, no hospital de Braga.

Segundo o Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM), quando o primeiro helicóptero mobilizado para o socorro aos pilotos do ‘Canadair’ chegou ao local, cerca de uma hora depois do alerta, o piloto português estava “em paragem cardiorrespiratória”.

A equipa do INEM fez manobras de suporte básico de vida “sem conseguir reverter a paragem”.

De acordo com a Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil (ANEPC), o avião despenhou-se junto à Barragem do Alto do Lindoso, na sequência de uma operação de reabastecimento de depósito de água.

O incêndio, que deflagrou na madrugada de sábado, na Galiza, foi dominado na madrugada de terça-feira.

No domingo, o secretário de Estado da Conservação da Natureza revelou que o incêndio já tinha consumido cerca de 200 hectares, não chegando a atingir a Mata de Cabril, classificada como Área de Proteção Integral, inserida no PNPG.

Do lado espanhol, dados da Junta da Galiza apontam para 400 hectares ardidos.

Continuar a ler

Alto Minho

Arcos de Valdevez inaugura posto de turismo na Peneda

Turismo

em

Foto: DR

A Câmara de Arcos de Valdevez inaugurou um novo posto de turismo no concelho, no edifício da Casa das Estampas, do santuário de Nossa Senhora da Peneda, informou hoje a autarquia.

O espaço, cedido ao município pela Confraria de Nossa Senhora da Peneda, pretende “promover a região junto dos visitantes que todos os dias circulam pelo santuário e por esta zona do Parque Nacional Peneda-Gerês (PNPG)”.

Além de prestar informação e acolhimento a turistas, o novo posto de turismo “funcionará como espaço de promoção e comercialização de produtos locais, contribuindo para a valorização e incremento do rendimento dos produtores”.

Continuar a ler

Populares