Seguir o O MINHO

Região

Dezenas esperaram Costa no Aeroporto do Porto com ‘t-shirts’ do Movimento Zero

Convocados através das redes sociais

em

Dezenas de pessoas envergaram hoje ‘t-shirts’ do Movimento Zero (MO) durante chegada do primeiro-ministro, António Costa, à zona VIP do Aeroporto Sá Carneiro, no Porto.

Entoaram um grande coro de assobios e pronunciaram a palavra de ordem “zero”.

O primeiro-ministro deslocou-se ao Porto de avião para participar, hoje à tarde, na cerimónia de assinatura de contratos para aquisição de novas composições para o metro da cidade.

Os presentes, convocados pelo M0 através das redes sociais, começaram por se concentrar na zona de partidas do aeroporto cerca das 10:00, mas só três horas depois convergiram para a zona VIP envergando as ‘t-shirts’ identificativas do movimento.

Um forte dispositivo policial foi deslocado para a zona, mas não houve qualquer intervenção.

os manifestantes foram mantidos a cerca de 100 metros do local onde se encontrava o carro à espera do primeiro-ministro, que seguiu viagem sem qualquer contacto com grupo do M0.

Estava previsto que os aderentes à iniciativa também se envolvessem na distribuição de brinquedos e alimentos, mas tal não se verificava cerca das 13:00.

Em Lisboa, o M0 concentrou hoje de manhã cerca de 100 manifestantes junto ao Aeroporto de Lisboa. Em Faro e no Funchal, a vigília não registou tanta adesão.

O M0 – movimento social inorgânico criado em maio de 2019 por elementos da PSP e da GNR – optou por protestos em aeroportos para mostrar a quem viaja para Portugal por via aérea “a forma vergonhosa como o terceiro país mais seguro do mundo trata as suas forças de segurança”, segundo notas publicadas por elementos daquele movimento nas redes sociais.

A PSP fez saber na segunda-feira que não recebeu qualquer pedido de autorização para a realização de vigílias na zona dos aeroportos portugueses.

Em comunicado, a Direção Nacional da PSP relembrou o Plano Nacional de Segurança da Aviação Civil, que estabelece que no interior dos aeroportos “só podem ser desenvolvidas atividades diretamente relacionadas com a prestação do serviço de transporte em aviação civil, tendo qualquer outra atividade de ser antecedida de pedido de autorização e aceitação expressa por parte das entidades competentes”.

No comunicado, a Direção Nacional da PSP nunca se referiu ao M0, mas sim às previstas “concentrações de cidadãos junto aos aeroportos internacionais, designadamente de Lisboa, Porto e Faro”.

A PSP apelou ainda a todos os cidadãos para que “mantenham uma conduta de irrepreensível cidadania, seguindo escrupulosamente as orientações e informações disponibilizadas pelos polícias na sua missão de segurança pública”.

Ainda hoje e no âmbito da luta laboral dos polícias, sete sindicatos da PSP e a Associação dos Profissionais da Guarda organizam concentrações em frente do estádio de Braga, onde vai decorrer a ‘Final Four’ da Taça da Liga em futebol, junto do Ministério das Finanças, em Lisboa, e no jardim Manuel Bivar, em Faro.

O presidente da Associação Sindical dos Profissionais da Polícias, Paulo Rodrigues, disse à agência Lusa que o protesto “terá mais força em Braga”, onde, além da concentração, um grupo de cerca de 20 polícias vai entrar no estádio juntamente com os restantes adeptos e estender uma faixa que terá a inscrição “Polícias exigem respeito”.

Entre as reivindicações estão o pagamento do subsídio de risco, atualização salarial e dos suplementos remuneratórios, criação de legislação relacionada com higiene e saúde, aumento do efetivo e mais e melhor equipamento de proteção pessoal.

Anúncio

Braga

Queijaria de Braga vence prémio de melhor loja gourmet em Portugal

Prémios da revista Vinho Melhores Escolhas

em

Foto: Facebook de Corriqueijo

A empresa Corriqueijo, sediada no centro da cidade de Braga, na Rua dos Biscainhos, foi considerada a “Melhor Loja Gourmet” nos prémios da revista VINHO Grandes Escolhas.

O prémio foi entregue na passada sexta-feira, durante a gala que decorreu no velódromo nacional de Sangalhos, no distrito de Coimbra, recolhendo vários elogios do júri.

De acordo com os jurados, a marca artesanal bracarense“distingue-se pela grande variedade de queijos artesanais, internacionais e nacionais, garantindo um contacto pessoal e privilegiado com os pequenos produtores do país e uma experiência única a todos os que a visitam”.

Recorde-se que, na mesma gala, a quinta Soalheiro, sediada em Melgaço, foi distinguida como “Melhor Marca do Ano”.

Soalheiro eleito Marca do Ano 2019 nos prémios Revista dos Vinhos

O grande destaque desta edição foi para o Niepoort Porto Vintage 2017, considerado o Vinho do Ano 2019. O prémio produtor do ano foi para a Quinta da Boavista. O Produtor de Vinhos Fortificados do Ano foi para o grupo Fladgate Partnership (Taylor”s, Fonseca, Croft e Krohn).

Continuar a ler

Braga

Investigador da UMinho desenvolve composto capaz de matar células cancerigenas

Ricardo Pires

em

Foto: researchgate.net / DR

O investigador da UMinho, Ricardo Pires, comanda uma investigação responsável pela criação de um composto capaz de neutralizar células cancerígenas criando uma cápsula de fibras que envolve o tumor e provoca a sua morte celular.

Segundo o programa 90 Segundos de Ciência, da Antena 1, Ricardo Pires, do grupo 3B’s – Biomateriais, Biodegradáveis e Biomiméticos da Universidade do Minho (UM), tem criado métodos para a distinção das células cancerígenas das células saudáveis utilizando enzimas e proteínas para reduzir os avanços da doença.

O composto criado é capaz de se auto-organizar em estruturas pré-programadas e será este avanço que permitirá ao investigador neutralizar as células malignas.

O investigador afirma que “ao haver esta conversão é formada uma rede à volta da célula que encapsula a célula nessa rede e inibe a troca de nutrientes promovendo a morte celular auto-regulada. Isto é, a própria célula cancerígena inicia processos internos para se suicidar. Nesta altura estamos a ultimar as partes dos testes in vivo em animais e a seguir iremos fazer testes de eficácia do composto a longo termo, utilizando tempos mais longos, para ver se há algum retrocesso no cancro ou não”, conclui.

Os testes efetuados até agora utilizam com modelos de osteossarcoma, um cancro que afeta os ossos.

 

Continuar a ler

Ave

Incêndio destrói garagem e mata coelhos em Fafe

Incêndios

em

Imagens via FafeTV

Um incêndio habitacional provocou danos avultados numa garagem e matou vários coelhos, em Estorãos, Fafe, ao final da manhã desta quinta-feira.

Em declarações à Fafe TV, o comandante dos Bombeiros de Fafe explica que, à chegada dos operacionais, o incêndio lavrava numa garagem “com alguma violência.

“Evitamos que as chamas tomassem o resto da casa. Em cinco minutos, com um ataque bem direcionado, dominamos as chamas e iniciamos a manobras de consolidação de rescaldo”, disse o comandante à mesma fonte.

As causas do incêndio estão ainda por apurar.

Há danos materiais elevados e vários coelhos morreram pelas chamas, sendo que alguns ainda foram salvos pelos bombeiros.

A GNR registou a ocorrência.

Continuar a ler

Populares