Seguir o O MINHO

Braga

Cruz Vermelha acolhe os 20 a 30 sem-abrigo que ainda dormem nas ruas de Braga

Câmara preparou pavilhão da escola de Nogueira

em

Foto: O MINHO

Processo deve arrancar esta quinta-feira. As 20 a 30 pessoas sem-abrigo que ainda permanecem nas ruas de Braga passam a ter um espaço de acolhimento, a partir de hoje.


Fonte da Cruz Vermelha de Braga disse a o MINHO que os sem-abrigo (que ainda pernoitam nas ruas da cidade) vão ser recebidos numa estrutura montada, propositadamente, pela Câmara, no pavilhão desportivo da Escola de Nogueira.

Estes cidadãos continuam na rua, em vãos de escada ou zonas de prédios com arcadas como sucede com os das redondezas das piscinas da Rodovia.

Para a abertura, a Segurança Social desbloqueou a verba necessária para pagar a uma empresa de segurança: “sem segurança não se pode abrir”, disse a mesma fonte.

Por outro lado, a Cruz Vermelha já deu formação específica a uma equipa que vai trabalhar com eles.

Foto: O MINHO

Estes cidadãos terão ali direito a cama e a comida, bem como apoio médico, social e psicológico.

No espaço, cuja montagem teve apoio da Câmara Municipal local e da Segurança Social e quem tem capacidade para 30 pessoas, haverá, ainda, locais para higiene pessoal, e uma estrutura para manutenção da segurança.

A Cruz Vermelha tem um outro espaço em funcionamento há vários anos, o Centro de Acolhimento Temporário de Nogueira onde estão, atualmente, 46 utentes em quarentena profilática devido ao aparecimento do Covid-19, num deles.

Anúncio

Braga

Vítima de explosão em Vieira do Minho com 45% do corpo queimado foi para Coimbra

Acidente

em

Foto: Paulo Jorge Magalhães / O MINHO

O homem de 46 anos vítima de queimaduras na sequência de uma explosão numa pedreira em Vieira do Minho foi helitransportado para o Hospital de Coimbra com queimaduras em 45 por cento do corpo.

A vítima ficou com queimaduras nos braços, tronco e cabeça. As queimaduras afetaram as vias respiratórias.

Foto: Paulo Jorge Magalhães / O MINHO

Foto: Paulo Jorge Magalhães / O MINHO

Foto: Paulo Jorge Magalhães / O MINHO

Foto: Paulo Jorge Magalhães / O MINHO

Foto: Paulo Jorge Magalhães / O MINHO

Foto: Paulo Jorge Magalhães / O MINHO

Foto: Paulo Jorge Magalhães / O MINHO

Foto: Paulo Jorge Magalhães / O MINHO

Foto: Paulo Jorge Magalhães / O MINHO

O acidente ocorreu numa pedreira entre as freguesias de Anissó e Tabuaças, com o ferido a ser inicialmente transportado de carro particular até à rotunda do Ouro, em Póvoa de Lanhoso, onde foi chamado socorro de emergência médica e um helicóptero.

No local estiveram os Bombeiros da Póvoa de Lanhoso, a VMER de Braga e um helicóptero do INEM, no total de 17 operacionais e oito viaturas.

Continuar a ler

Braga

Detido por bater nos pais idosos em Braga

Violência doméstica

em

Foto: DR

Um homem de 51 anos foi detido na terça-feira pelo crime de violência doméstica contra os pais, em Tenões, concelho de Braga, anunciou hoje a GNR. Durante a operação foram apreendidas cinco armas e 113 munições.

Na sequência de uma ocorrência por violência doméstica, em que foi possível apurar que o suspeito, um homem de 51 anos, exercia violência física e psicológica sobre os seus progenitores, há cerca de três anos.

Os militares efetuaram uma busca domiciliária por suspeita da posse de armas de fogo, o que culminou na apreensão de três caçadeiras, duas armas de ar comprimido e 113 munições.

Os factos foram remetidos ao Tribunal Judicial de Braga.

Continuar a ler

Braga

Mulher de Lisboa parte perna após queda em cascata no Gerês

Fecha de Barjas

em

Foto: DR

Uma mulher de 47 anos, residente em Lisboa, partiu uma perna na sequência de uma queda nas cascatas Fecha de Barja, mais conhecida como cascata do Tahiti, em Vilar da Veiga, ao final desta manhã de quarta-feira.

Ao que foi possível apurar por O MINHO, a lisbonense terá sofrido uma queda numa das rochas, caindo a uma das lagoas naturais.

Para o local foi mobilizada uma equipa de emergência da Cruz Vermelha de Rio Caldo com dois elementos e uma viatura apoiados pela equipa de resgate da UEPS da GNR (ex-GIPS).

A vítima foi transportada para o Hospital de Braga com ferimentos considerados ligeiros.

O alerta foi dado ás 11:30.

Continuar a ler

Populares