Seguir o O MINHO

Cávado

Começou esta semana a requalificação dos passadiços na Apúlia

Obras públicas

em

Foto: Divulgação / CM Esposende

A requalificação dos passadiços da frente marítima de Apúlia, em Esposende, arrancou esta semana, uma obra orçada em 21 mil e 200 euros e que terá a duração de três semanas, anunciou hoje a autarquia.

Em comunicado enviado à Lusa, a Câmara Municipal de Esposende, no distrito de Braga, explica que a intervenção prevê “a substituição do ‘deck’ de madeira existente por betão poroso, no percurso entre os aprestos dos pescadores e o edifício do Instituto de Socorros a Náufragos, idêntico ao utilizado na Ecovia do Cávado e na Ecovia do Litoral Norte”.

A autarquia explica que aquela intervenção enquadra-se no “plano de requalificação dos passadiços da responsabilidade” da câmara municipal, ao abrigo do qual estão também já a ser intervencionados os passadiços da zona ribeirinha de Esposende, seguindo-se os restantes.

“Ao assegurar o bom estado das infraestruturas e equipamentos concelhios, o município está a contribuir para a promoção de uma imagem de qualidade de Esposende, concelho que se destaca pelo desenvolvimento do território e por garantir qualidade de vida às populações”, lê-se.

Populares