Champions do Minho decide-se em duelo de irmãos

a

Limianos e Maria da Fonte disputam este domingo a Taça dos Campeões do Minho, num duelo que tem a particularidade de as equipas serem comandadas por dois treinadores que são irmãos: José Carlos Fernandes, de 54 anos, que levou os de Ponte de Lima à conquista do título de campeão distrital em Viana, e Alberto Fernandes, de 48, que fez o mesmo em Braga, com os da Póvoa de Lanhoso.

José Carlos Fernandes, ao centro. Foto: Facebook da AD Limianos

“Vou ser irmão do Berto até à hora do jogo, durante o jogo eu vou ser o treinador do Limianos e ele o treinador do Maria da Fonte; ambos vamos querer ganhar”, disse José Carlos Fernandes, durante a semana, ao jornal “Correio do Minho”.

Ao longo da época, os técnicos nascidos na vila de Ponte de Lima chegaram mesmo a juntar as duas equipas em jogos-treino.

Alberto Fernandes. Foto: Facebook do Sport Cube Maria da Fonte

“Respeito muito o Limianos, que tem feito um bom trabalho nos seniores e na formação. É uma equipa com critério e ideias de jogo”, comentou, do outro lado, Alberto Fernandes, que em 2014/2015 também ele esteve no comando da equipa adversária.

O clube de Ponte de Lima sagrou-se campeão da 1.ª Divisão da AF Viana do Castelo, na última jornada, com um golo nos descontos, o qual permitiu manter o ponto de vantagem sobre o Vianense, enquanto a equipa da Póvoa de Lanhoso venceu a Pro-nacional de Braga de forma mais folgada, sete pontos à frente do segundo classificado, o Caçador das Taipas.

Troféu. Foto: DR

A Taça dos Campeões do Minho realiza-se este ano pela sexta vez. O jogo, com entrada livre, terá lugar no Campo Municipal da Coutada, em Arcos de Valdevez, com início às 17:00 horas, e irá decidir quem sucede ao Arões, de Fafe, que na época passada bateu o Atlético dos Arcos, após grandes penalidades.

Foto: Divulgação

O Limianos apresenta-se com quatro baixas – os influentes jogadores brasileiros Fernando, guarda-redes, Luan, médio, Joel e Lenno, avançados, foram autorizados a ir de férias – e, no Maria da Fonte, Luís Figo e João Filipe ficam de fora das contas do treinador, devido a lesão.

Ao sagrarem-se campeões nas respetivas associações, os dois clubes garantiram também a subida aos nacionais, pelo que, em 2018/2019, caso os treinadores permaneçam nos clubes, voltarão a encontrar-se no Campeonato de Portugal.

 
Total
0
Partilhas
Artigo Anterior

Primeira mulher a comandar um patrulha oceânico da Marinha tomou posse no navio "Viana do Castelo"

Próximo Artigo

SC Braga quer fazer história no Jamor

Artigos Relacionados
x