Seguir o O MINHO

Famalicão

Centenas de bens doados a família que ficou sem nada após incêndio em Famalicão

Fradelos

em

Foto: Divulgação

Vários populares ouviram o apelo deixado por uma família residente em Fradelos, no concelho de Famalicão, e levaram até às instalações da junta de freguesia, este sábado, centenas de bens para que o casal e as duas filhas menores consigam suportar o inverno, depois de terem perdido todas as posses num incêndio urbano, na passada sexta-feira.

Juliana Alves explicou a O MINHO que “tudo ardeu” num incêndio habitacional que deflagrou na sexta-feira, na habitação onde residiam, na Rua dos Lusíadas. “O incêndio começou numa máquina de secar roupa”, conta, ainda bastante abalada com o acontecimento. “Felizmente ninguém ficou ferido”, acrescenta.

A jovem mãe de duas meninas, uma de três e outra de 13, deixa um “profundo agradecimento” a todas as pessoas, de vários cantos do Minho, que se organizaram para, este sábado, entregarem bens à família. “Estou muito comovida com toda esta solidariedade”, referiu.

Duas cidadãs, de Famalicão e de Guimarães, disponibilizaram-se, através de contacto efetuado por O MINHO, a doar mobília de quarto e fornecer uma habitação com renda acessível na região onde a família morava, estando já em contacto com a família.

A O MINHO, um dos membros do executivo da Junta de Fradelos, Rui Leite, adiantou que as pessoas compareceram e disponibilizaram bastante apoio para ajudar a família. Foi um dos elementos a coordenar a recolha de bens, durante esta tarde.

Através das redes sociais, a autarquia de Fradelos prestou “o mais profundo agradecimento” a todos que ajudaram com bens e vestuário durante este sábado, “apesar de ainda faltarem outros bens necessários”.

Informa ainda que, em relação à habitação, “está encaminhado, para que esta família continue a habitar na nossa freguesia”.

“São gestos como estes que revelam que somos um povo de uma profunda compaixão e entre ajuda para com o próximo, com sentido de dar esperança na reconstrução de um novo lar”, remata a publicação da Junta de Fradelos.

Anúncio

Ave

Acidente em Famalicão causa seis feridos

Louro

em

Foto: DR

Seis pessoas ficaram feridas, esta quinta-feira, na sequência de um acidente rodoviário que envolveu três veículos ligeiros, na Estrada Nacional 204, freguesia do Louro, em Famalicão.

Fonte dos bombeiros disse a O MINHO que as seis pessoas, com idades compreendidas entre os 18 e 57 anos, sofreram ferimentos ligeiros sendo apenas duas delas transportadas para o hospital de Famalicão.

O alerta foi dado às 13:38 e para o local foram destacados os Bombeiros de Viatodos com seis viaturas de socorro apoiadas por 15 operacionais e dois militares da GNR, que registaram a ocorrência.

 

Continuar a ler

Ave

Famalicão apoia 350 famílias com “redução excecional” de tarifas municipais

Água, saneamento e resíduos sólidos

em

Foto: Arquivo

A câmara de Vila Nova de Famalicão vai apoiar perto de 350 famílias com uma “redução excecional” das tarifas municipais de água, saneamento e resíduos sólidos, deixando de receber anualmente cerca de 65 mil euros, anunciou, esta quarta-feira, a autarquia.

Em comunicado, a Câmara de Famalicão adianta que a medida de “caráter excecional abrange famílias que vivem em situação de carência económica e é atribuída por um período único de um ano, podendo estas situações ser revistas e, ou, revogadas no caso de alteração dos pressupostos”

Segundo a autarquia, todos os meses, o executivo municipal aprova, em reunião de câmara, “inúmeros pedidos de redução excecional da tarifa ambiental” requeridos pelos próprios munícipes junto da Divisão de Ambiente e Serviços Urbanos, que depois comprova a carência económica das famílias junto da Divisão de Solidariedade Social.

“É mais uma medida de grande alcance social, que apoia as famílias quando elas mais precisam da nossa ajuda”, refere no texto o presidente da câmara, Paulo Cunha.

Segundo o autarca, “são apoios fundamentais em certos momentos difíceis, que ajudam muitas vezes uma família a reerguer-se e a recuperar o equilíbrio financeiro”.

A autarquia salienta ainda que a tabela municipal prevê já uma tarifa social, com valores mais reduzidos para famílias em situação económica desfavorável, assim como uma tarifa familiar para agregados com quatro ou mais pessoas.

Continuar a ler

Ave

Famalicão voltou com a maior noite de Carnaval de Portugal

Festa

em

Foto: Facebook do Município de Famalicão / DR

Famalicão recebeu milhares de foliões para a sua já famosa noite de Carnaval, atraindo mascarados e foliões, não só do concelho, como também, de outras zonas do Norte do país.

A animação ficou a cargo do Grupo Musical Terceira Dimensão e de DJ’s instalados em vários pontos da cidade.

O evento começou a ser organizado, nos anos 80, por um grupo de foliões famalicenses e é já um dos mais notórios carnavais no território nacional.

A festa durou até de manhã mantendo a tradição dos anos anteriores.

Continuar a ler

Populares