Seguir o O MINHO

Futebol

Caso da criança obrigada a tirar a camisola do Benfica em Famalicão foi arquivado

Não há prova de qualquer ilícito disciplinar

em

Foto: DR / Arquivo

A Federação Portuguesa de Futebol (FPF) arquivou o processo de inquérito que tinha sido aberto pelo Conselho de Disciplina (CD) ao episódio registado em Famalicão, em 10 de setembro, quando uma criança foi obrigada a retirar a camisola do Benfica que envergava e assistir ao jogo com os ‘encarnados’ em tronco nu.

Em comunicado, a FPF informou que decidiu arquivar o processo de inquérito porque as “diligências realizadas não permitiram colher indícios de qualquer ilícito disciplinar”.

Já a 15 de novembro, a Comissão de Instrutores do remeteu o processo ao CD, contendo proposta de arquivamento.

“A decisão de arquivamento acompanha a proposta da Comissão de Instrutores da Liga Portuguesa de Futebol Profissional, no seu relatório final, e funda-se na insuficiência de indícios da existência de infração disciplinar, porquanto das imagens não resulta que houve intervenção dos ARD [assistentes de recinto desportivo] na retirada da camisola à criança e porque a exclusão das camisolas clubísticas do conceito de ‘adereços’ só foi esclarecida através de nota informativa posterior à ocorrência dos factos”, explica a nota do CD da Federação.

EM FOCO

Populares