Seguir o O MINHO

Aqui Perto

Camionista português apanhado a 146 km/h (e com o triplo da taxa de álcool) na Galiza

Em Ourense

em

Foto: Guardia Civil

Um camionista português foi intercetado pela Guardia Civil, na autoestrada A-52, na Galiza, com o triplo da taxa de álcool permitida e a conduzir a 132 quilómetros por hora, mais 42 do permitido por lei, anunciou a polícia espanhola.

De acordo com aquela polícia, o português, que já tinha sido detetado por outro radar que apontava 126 km/h, foi mandado parar pelas autoridades no enclave de acesso à Galiza, já na província de Ourense.

Os agentes encontraram logo indícios que apontavam o consumo de bebidas alcoólicas por parte do condutor, submetendo-o ao teste de alcoolemia. Acusou 0,45 mg/l, o triplo do permitido para motoristas profissionais em Espanha.

“É uma infração muito grave com uma multa de mil euros e detração de seis pontos da carta de condução”, esclareceu a polícia espanhola, em comunicado.

Refere ainda que existem três fatores de especial relevo nesta identificação: “o manuseio de um veículo articulado de 40 toneladas em excesso de velocidade e com uma elevada taxa de alcoolemia”.

Segundo a polícia, o motorista seguia para Narón, na Corunha, proveniente de Alicante.

Após consulta do tacógrafo, as autoridades verificaram que o condutor atingiu um pico de 146 km/h e um incumprimento “grave” do tempo de descanso, excedendo o tempo limite de condução contínua.

Populares