Seguir o O MINHO

Alto Minho

Caminha: PSD acusa Miguel Alves de “abafar graves dificuldades financeiras com números falaciosos”

em

O CDS PSD de Caminha acusa Miguel Alves de abafar a grave situação financeira do município, depois de Miguel Alves ter enviado, esta semana, uma nota de imprensa onde refere um investimento de 200 mil euros para modernizar os serviços administrativos.


Esta notícia, uma vez que surge sem contextualização, (e não percebemos o porquê de a terem lançado porque o projeto ainda se encontra em fase de execução) leva-nos a esclarecer que, mais uma vez se trata de uma candidatura iniciada pelo anterior executivo PSD, em 2012 /2013. Este executivo, liderado por Miguel Alves, limitou-se a dar continuidade a um projecto”, refere o partido local.

O partido afirma que esta notícia, vinda agora a público, “só pode ter o intuito de mascarar dívida de curto prazo ( a fornecedores) do município e que, recorde-se , atinge mais de 12 milhões de euros, só com 200 mil de disponibilidades”.

“Fácil de perceber a situação financeira grave do município. Este objetivo de usar premissas falaciosas para abafar a falência técnica da Câmara de Caminha, revela uma enorme falta de respeito por todos os caminhenses ao não assumir que falha redondamente no tipo de gestão e prioridades. Em prol da verdade e transparência informamos que: do valor de 200 mil euros , o município só terá a expensas suas o valor de 30 mil euros”, afirma o partido, acrescentando que “O PSD está a favor de todo e qualquer investimento para o município, só não aceita que estas notícias venham a público para tentar mascarar situações financeiras gravíssimas. E já agora? Será que já pagou os 30 mil euros ? Investimento sim (mesmo o que foi impulsionado pelo anterior executivo) mas verdade e transparência acima de tudo”.

Anúncio

Alto Minho

Casos ativos descem no Alto Minho mas aumentam em Ponte de Lima, Monção e Melgaço

Covid-19

em

Foto: DR

O Alto Minho tem, atualmente, 1.262 casos ativos de covid-19, menos 44 entre quarta e esta sexta-feira, segundo dados recolhidos por O MINHO junto da Unidade Local de Saúde do Alto Minho, atualizados às 19:30 de hoje.

O distrito de Viana do Castelo soma, desde o início da pandemia, 3.331 casos, mais 157 nestes dois dias.

Há a lamentar 88 óbitos, os mesmos desde quarta-feira.

Contam-se ainda 1.981 recuperados, mais 201 desde segunda-feira.

A maior subida verificou-se em Ponte de Lima, com aumento de 14 casos ativos, contando o município com 374 casos ativos.

Também Monção, com 39 (+1) e Melgaço com 20 (+2) registaram subidas.

Arcos de Valdevez não sofreu oscilação, mantendo os 90 casos ativos da passada quarta-feira.

De resto, todos os concelhos registam descida de casos ativos.

Viana do Castelo tem 323 casos ativos (-19), Caminha 168 (-13) e Valença 144 (-6), Cerveira 51 (-7), Paredes de Coura 26 (-15) e Ponte da Barca 27 (-1).

Continuar a ler

Alto Minho

Escolas primárias de Ponte de Lima com ‘ecobags’ para separar resíduos

Ambiente

em

Foto: Divulgação / CM Ponte de Lima

Os alunos das escolas de primeiro ciclo de Ponte de Lima têm um novo incentivo para separar os resíduos. Em comunicado, a Câmara de Ponte de Lima dá conta da distribuição de ‘ecobags’ por “todas as salas de aula” do primeiro ciclo do ensino básico em todo o concelho.

Segundo o comunicado, esta iniciativa “visa sobretudo educar e sensibilizar para a importância da reutilização e reciclagem,
com o objetivo de contribuir para uma correta separação de todos os resíduos sólidos que são produzidos, sendo os ecobags facilitadores deste processo de separação de resíduos”.

“Assim, foi entregue a cada sala um conjunto de três ecobags, um para o papel, um para o vidro e outro para embalagens, para que assim se iniciar ou dar continuidade ao processo de separação para reciclagem nas escolas”, finaliza a nota de imprensa.

Continuar a ler

Alto Minho

Motociclista em estado grave após despiste em Paredes de Coura

EN 301

em

Foto: O MINHO / Arquivo

Um homem, com 50 anos, sofreu ferimentos na sequência de um despiste de motociclo, ao início da tarde desta sexta-feira, em Paredes de Coura.

Segundo a Rádio Vale do Minho, o homem seguia na mota que terá entrado em despiste no troço da Estrada Nacional 301 que atravessa a freguesia de Padronelo.

No local estiveram os Bombeiros de Paredes de Coura e a ambulância de suporte imediato de vida de Ponte de Lima, prestando primeiro socorro à vítima

O condutor da mota foi transportado para o Hospital de Santa Luzia, em Viana, com ferimentos considerados graves.

A GNR registou a ocorrência.

Continuar a ler

Populares