Seguir o O MINHO

Alto Minho

Caminha: PSD acusa Miguel Alves de “abafar graves dificuldades financeiras com números falaciosos”

em

O CDS PSD de Caminha acusa Miguel Alves de abafar a grave situação financeira do município, depois de Miguel Alves ter enviado, esta semana, uma nota de imprensa onde refere um investimento de 200 mil euros para modernizar os serviços administrativos.

Esta notícia, uma vez que surge sem contextualização, (e não percebemos o porquê de a terem lançado porque o projeto ainda se encontra em fase de execução) leva-nos a esclarecer que, mais uma vez se trata de uma candidatura iniciada pelo anterior executivo PSD, em 2012 /2013. Este executivo, liderado por Miguel Alves, limitou-se a dar continuidade a um projecto”, refere o partido local.

O partido afirma que esta notícia, vinda agora a público, “só pode ter o intuito de mascarar dívida de curto prazo ( a fornecedores) do município e que, recorde-se , atinge mais de 12 milhões de euros, só com 200 mil de disponibilidades”.

“Fácil de perceber a situação financeira grave do município. Este objetivo de usar premissas falaciosas para abafar a falência técnica da Câmara de Caminha, revela uma enorme falta de respeito por todos os caminhenses ao não assumir que falha redondamente no tipo de gestão e prioridades. Em prol da verdade e transparência informamos que: do valor de 200 mil euros , o município só terá a expensas suas o valor de 30 mil euros”, afirma o partido, acrescentando que “O PSD está a favor de todo e qualquer investimento para o município, só não aceita que estas notícias venham a público para tentar mascarar situações financeiras gravíssimas. E já agora? Será que já pagou os 30 mil euros ? Investimento sim (mesmo o que foi impulsionado pelo anterior executivo) mas verdade e transparência acima de tudo”.

Populares