Brigadas florestais encontram lobo morto por laço na Galiza durante incêndio

Biodiversidade

Elementos das brigadas florestais de combate a incêndios (BRIF) de Laza, na Galiza, encontraram esta tarde de domingo o cadáver de um lobo ibérico morto num laço armadilhado, em Chandrexa de Queixa, província de Ourense.

Encontraram ainda vários laços do género, existindo a necessidade de os desativar para que os próprios operacionais não caíssem nas armadilhas enquanto tentavam apagar as chamas.

O lobo estava preso por uma pata na armadilha – construída junto a uma árvore – e desconhece-se há quanto tempo terá morrido. Foi encontrado devido a um incêndio florestal que deflagrou naquela área e mobilizou operacionais daquelas brigadas, que o encontraram já cadáver.

Através da rede social Twitter, a BRIF aponta esta situação como “uma surpresa desagradável”. “Demos parte à Guarda Civil e retirámos outro laço que nos impedia de aceder ao incêndio, colocando em risco a nossa integridade física”, pode ler-se na publicação.

A Guardia Civil foi notificada da situação e está a investigar, uma vez que este tipo de armadilhas estão proibidas em Espanha e o lobo-ibérico já é uma espécie protegida, também na Galiza.

 
Total
0
Partilhas
Artigo Anterior

Vereador do PSD que renunciou a pelouros candidata-se como independente em Valença

Próximo Artigo

Voluntários plantam árvores, flores e arbustos no Caminho de Santiago em Barcelos

Artigos Relacionados
x