Seguir o O MINHO

Braga

Braga recebeu hoje bandeira de Capital da Cultura do Eixo Atlântico 2020

Santa Maria da Feira passou o testemunho

em

Foto: CM Braga

A cidade de Braga recebeu hoje a bandeira de Capital da Cultura do Eixo Atlântico para 2020, uma iniciativa inserida no objetivo daquela estrutura de “fomentar o sentido identitário” do território.

Em comunicado, o Eixo Atlântico do Noroeste Peninsular, organização que congrega 36 cidades no Norte de Portugal e Galiza, refere que a passagem de testemunho daquela bandeira deu-se esta manhã entre a cidade de Santa da Feira, que foi Capital da Cultura do Eixo em 2018, e Braga, que será em 2020.

Na cerimónia, refere o texto, o autarca de Santa Maria da Feira, Emídio Sousa, salientou que as atividades realizadas “servem para fortalecer a identidade das pessoas que vivem tanto no Norte de Portugal como na Galiza”.

No mesmo sentido, o secretário-geral do Eixo Atlântico, Xoán Vázquez Mao, referiu que os “artistas necessitam de plataformas como a Capital da Cultura para se darem a conhecer”.

“Um dos objetivos do Eixo é fomentar o sentido identitário do território e com este tipo de programas sem dúvida contribui-se para o objetivo”, disse.

A distinção de Capital da Cultura do Eixo Atlântico nasceu em 2007 com vista a “potenciar a cultura em todas as suas expressões nas cidades do Eixo Atlântico contando sempre com a presença cultural dos países historicamente ligados a Portugal e à Galiza”.

A periodicidade do evento é de dois em dois anos e as atividades são transversais a todas as áreas culturais.

Populares