Seguir o O MINHO

Região

Braga e Viana em aviso amarelo devido à chuva e vento, com rajadas de 100 km/h

Condições climatéricas adversas

em

Foto: DR

Os distritos de Braga e Viana do Castelo estão, esta sexta-feira, sob aviso amarelo do Instituto Português do Mar e da Atmosfera, devido à queda persistente de precipitação, por vezes forte, e às rajadas fortes de vento que se abatem, sobretudo, nas regiões mais montanhosas.


Relativamente à chuva intensa, o aviso nos dois distritos entrou em vigor às 09:00 desta sexta-feira, terminando pelas 18:00. Já o aviso de vento forte inicia a partir das 12:00 e termina pelas 21:00, aponta o IPMA.

Os serviços de proteção civil a nível nacional e municipal deixam a recomendação aos cidadãos para que tenham uma atuação preventiva perante o cenário de meteorologia adversa ao longo deste dia 01 de novembro.

Anúncio

Braga

Casa do Benfica de Braga vandalizada (pela vigésima vez)

Vandalismo

em

Foto: Benfica

O núcleo de Braga da Casa do Benfica volto a ser vandalizada, pela vigésima vez desde que foi instalada, anunciou o clube.

Os atos de vandalismo ocorreram durante a madrugada, com pinturas nas instalações e tinta nos vidros.

“Já por mais de duas dezenas de vezes esta embaixada do Benfica foi alvo de atos como este, que não têm relação com o futebol nem com os seus princípios básicos que todos conhecemos e reconhecemos”, escreve o clube através da página de Facebook oficial das delegações e casas do Benfica espalhadas pelo país.

“Mais um ato lamentável de quem não percebe o que é Futebol e o que ele representa para milhões de pessoas. A inveja é apanágio dos fracos! As Casas Benfica continuam juntas!”.

Continuar a ler

Guimarães

Morreu ‘Nicolino’, um dos ícones de Guimarães

Óbito

em

Foto: Divulgação / CM Guimarães

Morreu José Magalhães, mais conhecido como “Nicolino”, uma referência das festas nicolinas de Guimarães. Várias figuras da sociedade vimaranense já manifestaram pesar pela partida do eterno chefe dos bombos da comissão das Nicolinas.

Em comunicado, o presidente da Câmara de Guimarães, Domingos Bragança, apresenta sentidas condolências à família de José Maria Baptista Magalhães, que faleceu este domingo, 18 de outubro.

Estudou no ensino secundário, no Liceu de Guimarães situado ainda nas instalações do Convento da Santa Clara, pertencendo à geração que transitou para o então referido como novo liceu onde, na década de 1960, foi eleito para várias comissões de festas nicolinas na singular função de Chefe de Bombos. No âmbito autárquico, foi o primeiro presidente da Junta de Freguesia de Mascotelos, integrando a primeira Assembleia Municipal de Guimarães, de 1977 a 1979.

Entre 1975 e 2014 ocupou vários cargos nos órgãos sociais da Associação dos Antigos Estudantes do Liceu de Guimarães (AAELG/Velhos Nicolinos). Foi Presidente da Direção nos difíceis anos académicos de 1976 e 1977.

Teve um importante contributo para o ressurgimento em 1983 das “Danças de S.Nicolau”, número integrante das Festas Nicolinas onde, sob a batuta do saudoso professor Óscar Machado e com o argumento de A. Meireles Graça, representou pela primeira vez a figura de D. Afonso Henriques, ficando como um símbolo daquele número tão marcante da festa estudantil.

Como presidente da assembleia geral da AAELG/Velhos Nicolinos foi um dos impulsionadores da colocação na cidade do Monumento ao Nicolino. Presentemente, estava ligado à ACFN – Associação das Comissões das Festas Nicolinas que o distinguiu com uma das suas referências.

Também André Coelho Lima, deputado do PSD, eleito pelo distrito de Braga, manifestou condolências pela partida de uma figura ímpar na sociedade vimaranense.

As cerimónias fúnebres estão marcadas para as 15 horas desta segunda-feira, 19 de outubro, na Igreja de S. Francisco, sendo sepultado em jazigo de família no cemitério da Atouguia, em Guimarães.

Continuar a ler

Aqui Perto

Quatro utentes e duas cuidadoras infetadas com covid-19 na Misericórdia da Trofa

Covid-19

em

Foto: DR

Quatro utentes e duas cuidadoras do lar da Santa Casa da Misericórdia da Trofa tiveram teste positivo para o novo coronavírus e encontram-se todos em isolamento profilático, disse hoje à agência Lusa a diretora técnica da instituição, Zélia Reis.

Os contágios, segundo a responsável, tiveram origem “na filha de uma cuidadora da estrutura residencial”.

“No dia 05 de outubro, uma cuidadora ausentou-se porque a filha terá apresentado sintomas, confirmando-se mais tarde estar infetada, num contágio que teve origem na sua turma, na escola”, disse Zélia Reis.

Na segunda-feira, “já depois de ter desenvolvido sintomas, a cuidadora fez um teste que deu positivo”, acrescentou a diretora técnica, informando que a Santa Casa “mandou então rastrear todas as colegas que com ela trabalharam, num total de oito, surgindo mais um caso positivo”.

No mesmo ímpeto, “foram rastreados os utentes, num total de 47, e surgiram mais quatro casos”.

Ainda segundo Zélia Reis, no “sábado foi rastreado todo o restante pessoal da estrutura residencial, consumando-se 70 rastreios no total, sendo que todos os resultados recebidos desta última série de testes deram negativo”.

“Os casos positivos, entre os utentes, estão em isolamento, seguindo os normativos da autoridade de saúde local, enquanto as duas cuidadoras estão em casa”, disse ainda a responsável, precisando que, “com a exceção da primeira cuidadora infetada, todos os outros casos estão assintomáticos”.

Zélia Reis informou serem estes os “primeiros casos de covid-19 na instituição desde o início da pandemia”.

Continuar a ler

Populares