Seguir o O MINHO

Taça da Liga

Bondarenko estreia-se a marcar e Vitória está na fase de grupos da Taça da Liga – resumo

Vitória na Feira, por 0-1

em

O Vitória SC marcou um golo e aguentou depois 80 minutos em inferioridade numérica, para vencer no terreno do Feirense, por 1-0, e qualificar-se para a fase de grupos da Taça da Liga de futebol.

No Estádio Marcolino Castro, em Santa Maria da Feira, o golo dos vitorianos foi marcado por Bondarenko, defesa emprestado pelo Shakhtar de Luís Castro, aos 10 minutos de jogo, momentos antes de a equipa de Ivo Vieira ficar com menos uma unidade, devido à expulsão de Rochinha.

O Vitória SC teve uma entrada acutilante na partida, mas seria o Feirense a criar a primeira ocasião de perigo, num remate cruzado de João Tavares que parou nas mãos do guarda-redes Douglas, aos 08 minutos.

Pouco depois, a equipa de Ivo Vieira inaugurou o marcador na sequência de um canto, com Bondarenko a surgir à entrada da pequena área e a cabecear para o fundo da baliza à guarda de Caio Secco (10).

Em vantagem, o Vitória SC acabou por ficar reduzido a dez unidades, após expulsão de Rochinha, que teve uma entrada dura sobre Ruca, aos 13 minutos. Apesar disso, os vimaranenses dominaram toda a primeira parte, e André Almeida quase ampliou o marcador na cobrança de um livre direto (38).

Na segunda parte, o Feirense foi mais audaz nos minutos iniciais e esteve perto do empate, quando Nsor falhou já dentro da pequena área, após cruzamento de João Tavares (49).

O Vitória SC acabou por controlar a pressão do Feirense, mas seria novamente a equipa de Filipe Martins a criar perigo, quando João Tavares surgiu isolado na área e atirou ao lado da baliza de Douglas, aos 65 minutos.

A resposta dos vimaranenses surgiu pouco depois, num lance de contra-ataque, em que Davidson, num remate de longa distância, obrigou Caio Secco à defesa da noite (71).

Nos minutos finais da partida, o Feirense, despromovido na época passada à II Liga, continuou a pressionar, mas o Vitória SC controlou as investidas da equipa de Filipe Martins, garantindo o apuramento para a fase de grupos da Taça da Liga.

Depois das duas vitórias frente à Jeunesse, na segunda pré-eliminatória da Liga Europa, a equipa orientada por Ivo Veira continua 100% vitoriosa neste início de época, antes da estreia no campeonato, no próximo domingo, às 20:30, em Vila do Conde, contra o Rio Ave.

Antes, contudo, os vimaranenses ainda terão de defrontar o Ventspils, na Letónia, naquela que será a primeira-mão da terceira pré-eliminatória da Liga Europa.

Ficha de Jogo

Jogo no Estádio Marcolino Castro, em Santa Maria da Feira.

Feirense – Vitória SC, 0-1.

Ao intervalo: 0-1

Marcador:

0-1, Bondarenko, aos 10 minutos.

Equipas:

– Feirense: Caio Secco, Mesquita (Nsor, 46), Ícaro, Gui Ramos, Ruca, Afonso (Marco Soares, 74), Christian, Edson Farias, Fati, João Tavares (João Victor, 65) e Boupendza.

(Suplentes: Brígido, Diga, Nsor, Ricardo, Zé Ricardo, Marco Soares e João Victor).

Treinador: Filipe Martins.

– Vitória SC: Douglas, Vitor Garcia, Venâncio, Bondarenko (Tapsoba, 68), Florent, Al Musrati, João Carlos Teixeira (Pêpê, 58), Rochinha, Davidson, André Almeida (Lucas Soares, 84) e Alexandre Guedes.

(Suplentes: Miguel Silva, Tapsoba, Touré, Lucas Soares, João Pedro, Correia e Pêpê).

Treinador: Ivo Vieira.

Árbitro: Carlos Xistra (AF Castelo Branco).

Ação disciplinar: cartão amarelo para Fati (42), Nsor (55), Davidson (55), Edson Farias (62) e Davidson (73). Cartão vermelho para Rochinha (12).

Assistência: Cerca de 2.000 espetadores.

 

Resultados da segunda fase da Taça da Liga de futebol:

– Sábado, 03 ago:

(+) Casa Pia (II) – Boavista (I), 2-0

Nacional (II) – (+) Desportivo de Chaves (II), 2-2 (3-4 gp)

Leixões (II) – (+) Marítimo (I), 1-2

(+) Penafiel (II) – Tondela (I), 1-0

(+) Vitória de Setúbal (I) – Moreirense (I), 1-0

Belenenses SAD (I) – (+) Santa Clara (I), 0-1

(+) Rio Ave (I) – Oliveirense (II), 6-1

Desportivo das Aves (I) – (+) Gil Vicente (I), 2-3

Famalicão (I) – (+) Sporting da Covilhã (II), 0-2

(+) Paços de Ferreira (I) – Estoril Praia (II), 1-1 (5-4)

(+) Portimonense (I) – Académica (II), 2-0

– Segunda-feira, 05 ago:

Feirense (II) – (+) Vitória SC (I), 0-1

(+) Apurado para a fase de grupos.

Anúncio

Futebol

Presidente do Rio Ave suspenso por críticas à arbitragem na Taça da Liga

Após jogo com o Gil Vicente

em

Foto: rioavefc.pt / DR

O presidente do Rio Ave foi suspenso, esta terça-feira, por 30 dias e multado em 1.836 euros, devido a críticas à arbitragem do jogo com o Gil Vicente, para a Taça da Liga de futebol.

A sanção foi divulgada pelo Conselho de Disciplina (CD) da Federação Portuguesa de Futebol (FPF), tendo por base “declarações na comunicação social, sobre a arbitragem” por parte de António Silva Campos.

O CD da FPF tinha instaurado um processo disciplinar ao líder dos vila-condenses, depois de Silva Campos ter criticado a atuação da equipa de arbitragem liderada por André Narciso, no encontro com o Gil Vicente, em 21 de dezembro, a contar para a terceira e última jornada do grupo C da Taça da Liga.

Na sequência do triunfo gilista, por 1-0, o dirigente afirmou que “roubaram ao Rio Ave a possibilidade de estar na final four” da prova e mostrou-se “indignado” com o golo anulado à equipa de Vila do Conde, aos 84 minutos.

O treinador do Rio Ave, Carlos Carvalhal, também se mostrou insatisfeito com a equipa de arbitragem e, em declarações na flash-interview da Sport TV, anunciou que iria “pedir uma reunião com o presidente e apresentar a demissão” do cargo.

A derrota do Rio Ave, aliada à vitória do Sporting frente ao Portimonense, apurou os “leões” para a “final four” da Taça da Liga, que seria conquistada pelo SC Braga.

Continuar a ler

Futebol

Benfica só pensa em “jogar bem e vencer” o Famalicão na Taça

“Vamos jogar com uma equipa muito competente”

em

O treinador Bruno Lage afirmou, esta segunda-feira, que o Benfica quer “jogar bem e vencer” o Famalicão, na primeira mão das meias-finais da Taça de Portugal de futebol, revelando que não pensa no “clássico” com o FC Porto.

“Vamos jogar com uma equipa muito competente, pelo percurso no campeonato e na Taça, que jogou contra nós há um mês e fez um grande jogo. É uma formação muito organizada e o nosso grande objetivo é jogar bem, vencer o jogo e ir à procura do melhor resultado”, disse o treinador do Benfica.

Questionado sobre a proximidade do jogo com o FC Porto e sobre o facto de o mês de fevereiro poder trazer decisões em várias frentes, Lage voltou a frisar que pensa “num jogo de cada vez”.

“Todos os jogos são importantes à medida que se avança nas competições. A Taça e Liga Europa são a eliminar e o campeonato é sempre importante para conquistar pontos que permitem ser campeão. É uma sequência de jogos importante, mas o mais importante é a equipa estar preparada e focada em dar uma boa resposta no jogo seguinte e, para amanhã [terça-feira], temos condições para fazer um excelente jogo no Estádio da Luz”, garantiu o técnico das águias.

Lage garantiu ainda que sente os jogadores focados no confronto com os famalicenses e sem pensar no clássico, adiantando que não vai fazer poupanças, mas que Dyego Souza não será convocado e que, por isso, não se estreará com a camisola encarnada.

Sobre o mercado de janeiro, Lage confidenciou que Fabiansky foi um jogador na agenda dos encarnados, confirmou que “conhece bem” o extremo brasileiro Pedrinho e terminou com elogios a Svilar, por ter optado por “dar um passo atrás na carreira”, numa referência à época que o belga tem feito na equipa B, na II Liga.

O Benfica, líder da I Liga, recebe o Famalicão, quinto classificado do escalão principal, no Estádio da Luz, na terça feira, a partir das 19:15, em jogo da primeira mão das meias-finais da Taça de Portugal.

Continuar a ler

Futebol

Um milhão e seiscentos mil viram a final da Taça da Liga na RTP

Dados da Liga Portugal

em

Foto: Divulgação

O jogo da final da Taça da Liga, disputado entre SC Braga e FC Porto, e que coroou o conjunto bracarense como o Campeão de Inverno, é, para já, o programa mais visto na televisão portuguesa desde o início do ano civil, anunciou hoje a Liga Portugal.

Com 33% de share e uma audiência média de 16,1, o encontro disputado este sábado, 25 de janeiro, liderou as audiências durante o tempo integral da transmissão da RTP 1, que foi o canal mais visto do dia. O jogo somou uma média de cerca de um milhão e 600 mil espetadores.

Esta liderança de audiências não é uma novidade na prova. Já a final de 2018-19, jogada entre FC Porto e Sporting CP, e que terminou com um triunfo leonino, no desempate por grandes penalidades, foi o jogo mais visto entre clubes na televisão nacional, durante o ano de 2019.

Continuar a ler

Populares