Seguir o O MINHO

Cávado

Benjamim Pereira anuncia planos de recuperação e expansão económica em Esposende

Tomada de posse para o terceiro mandato autárquico

em

Foto: CM Esposende / Divulgação

Benjamim Pereira tomou posse no sábado para o terceiro mandato como presidente da Câmara de Esposende, recordando o apoio da autarquia à população durante a pandemia, elencando projetos concretizados apresentando outros novos 20, que considerou “estruturantes para o futuro” do município.

“Desde Equipamentos de Proteção Individual, em modo de fornecimento contínuo, até aos computadores para as nossas crianças e jovens, passando pela criação das Zonas de Concentração e Apoio à População, cedência de viaturas, até à disponibilização do centro de controlo COVID-19 e posterior Centro de Vacinação, tudo fizemos para atenuar e minimizar o impacto da pandemia. Nesta luta sem tréguas, investimos mais de 1,5 milhões de euros, números de final do ano transato”, lembrou o edil, que leva a rumo o terceiro mandato.

Recordou a aquisição de cinco imóveis que, afirma, serão estruturantes para fazer evoluir a economia no concelho: “Estação Radionaval de Apúlia para a Instalação do Polo da universidade do Minho; O Forte de S. João Batista para O Centro de Divulgação Científica da UM; Terreno para a Instalação do Polo do IPCA; aquisição da Casa Manuel Boaventura para Casa Museu; A aquisição dos terrenos para o Canal Intercetor”.

Quanto a obras já executadas ou em execução, Benjamim Pereira apontou várias, como o Canal Intercetor, a Escola Secundária Henrique Medina e mais meia dúzia de Escolas do Primeiro Ciclo do Ensino Básico, a Requalificação da Alameda do Bom Jesus, em Fão, as duas fases da Requalificação da Zona Central de Marinhas ou as Ecovias do Litoral, troços Antas-Castelo do Neiva incluindo a Ponte, troços Rio de Moinhos-Marginal de Esposende e troço Fão-Apúlia.

“São mais de 18 milhões de euros de investimento, sem contar com as obras de menor dimensão levadas a cabo nas freguesias”, vincou Benjamim Pereira, anunciando “a curto prazo” a requalificação e reabilitação urbanística de Cedovém, a Barra de Esposende, a Ponte Pedonal e Ciclável sobre o Rio Cávado, o Parque da Cidade de Esposende e o Polo da Universidade do Minho na Estação Radionaval.

O autarca lembrou que a qualidade de vida que Esposende proporciona a quem visita e a quem ali reside leva a “um constante crescimento populacional, tendo sido Esposende o segundo município da zona Norte que mais cresceu, a seguir a Braga.

A concluir, Benjamim Pereira pediu “respeito pelos resultados eleitorais que são inequívocos quanto à vontade da população” e apelou “à convergência de esforços, no sentido de prestarmos o melhor serviço possível à população que nos elegeu”.

Carlos Silva eleito presidente da Assembleia Municipal

A tomada de posse do executivo municipal foi precedida do empossamento dos membros da Assembleia Municipal. Assim, pelo PSD tomaram posse Carlos Silva, Otílio Hipólito, Jaqueline Areias, António Morgado, Celestino Morais, Sara Herdeiro, José Silva, Manuel Torres, Sandra Gomes, Baltasar Costa, Paulo Teixeira, Mariana Viana e Armando Martins. Pelo Partido Socialista tomaram posse Tito Evangelista, José Esteves, Anabela Martins, Domingos Carvalho e Ilídio Rodrigues, pelo CDS João Martins e Francisco Melo e, pelo Chega, tomou posse Manuel Pereira.

Foram igualmente empossados os presidentes de Junta e de Uniões de Freguesia eleitos, nomeadamente Manuel José Viana (Antas), Eduardo Maia (Gemeses), Valdemar Faria (UF de Apúlia e Fão), Manuel Abreu (UF Belinho e Mar), Aurélio Neiva (UF de Esposende, Marinhas e Gandra), Carlos Escrivães (UF de Fonte Boa e Rio Tinto), Vítor Quintão (Forjães), Mário Fernandes (UF de Palmeira de Faro e Curvos) e Mário Boaventura (Vila Chã).

Posterior à tomada de posse seguiu-se a realização da primeira sessão da Assembleia Municipal, no Fórum Municipal Rodrigues Sampaio, na qual se procedeu à eleição da mesa da Assembleia Municipal. Assim, Carlos Silva é o presidente, Otílio Hipólito o primeiro secretário e Jaqueline Areias o segundo secretário.

Já na qualidade de presidente da Assembleia Municipal, Carlos Silva formulou votos de um bom trabalho ao longo do quadriénio 2021-2025.

Populares