Seguir o O MINHO

Barcelos

Barcelos recebe projeto da Google que ensina programação Android

Android Training Program , pioneiro na Europa, pretende formar 3 mil portugueses nesta linguagem, até ao final do ano

em

Foto: DR

O Instituto Politécnico do Cávado e do Ave (IPCA), através da Escola Superior de Tecnologia (EST), recebe o projeto Android Training Program da Google, esta quinta-feira, em Barcelos, anunciou hoje a instituição de ensino.

“Este programa, pioneiro na Europa, pretende formar 3 mil portugueses em programação Android até ao final do ano. O IPCA é uma das cinco instituições a nível nacional [a começar pelas Universidades de Lisboa e Porto], e um dos três politécnicos [Politécnicos de Leiria e Setúbal são os outros dois], a receber a formação da Google”, destaca o IPCA numa nota enviada a O MINHO.

O Android Training Program divide-se em dois momentos, nomeadamente a formação dos estudantes na plataforma Udacity e a formação de professores das universidades parceiras – neste caso o IPCA vai ter cerca de 20 professores certificados pela Google.

A formação dos estudantes do IPCA considera três codelabs para introduzir os alunos ao Android Training Program e iniciá-los nos cursos de nível básico e intermédio. Após os codelabs, os estudantes poderão frequentar qualquer um dos três cursos de Android gratuitos disponíveis. Nestes incluem-se o Android Basics (nível básico – 60 horas), Developing Android Apps (nível intermédio – 60 horas) e o Build Native Mobile Apps with Flutter (nível intermédio – 60 horas).

Os codelabs estão marcados para o dia 28 de março no IPCA e decorrem entre as 9:15 e as 14:00 horas, sendo que, no final, todos os alunos irão receber certificados, entregues pela Beta-i. Já a certificação de professores decorre entre as 15:00 e as 16:30 do mesmo dia.

Para Vítor Carvalho, diretor da Escola Superior de Tecnologia do IPCA, citado naquela nota, esta formação da Google “permite fomentar o uso da tecnologia para suportes móveis numa das plataformas com maior potencial de desenvolvimento e implantação junto do mercado. Esta é apenas uma das iniciativas que a parceria que a Escola Superior de Tecnologia tem prevista com a Google, uma vez que no futuro irão ser consideradas colaborações no âmbito da investigação e desenvolvimento, nomeadamente na área da Inteligência Artificial”.

Segundo Helena Martins, responsável de políticas públicas da Google, esta iniciativa inspirada no projeto Grow With Google, fomenta ainda o empreendedorismo em Portugal: “A economia e a sociedade portuguesa estão a passar por uma transformação digital que oferece oportunidades enormes de crescimento, inovação e emprego. Com a iniciativa Grow With Google queremos contribuir para que o maior número possível de portugueses tenha as melhores ferramentas de formação para melhorar as suas competências, carreiras e negócios numa economia cada vez mais digital”.

Em Portugal, a Google foi responsável, indiretamente, pelo emprego de cerca de 10 mil programadores portugueses, que estão sobretudo ligados à criação de apps para Android.

Populares