Seguir o O MINHO

Esposende

Banda de Antas conquista 2.º lugar em prestigiado concurso internacional

Banda de Música de Antas levou 80 músicos ao 45.º ‘Certamen Internacional de Música Vila d’Altea’, em Espanha, num dos maiores desafios da sua história.

em

A Banda de Música de Antas, de Esposende, alcançou um honroso segundo lugar num dos mais
prestigiosos concursos de Bandas, o Certamen Internacional de Bandas de Música Vila
d’Altea, em Espanha, que decorreu no passado dia 01 de dezembro.

Foto: Divulgação

Esta foi a 45.ª edição deste concurso, no qual foram convidadas a participar a Banda Sinfónica Municipal de Sibaté (Colombia), La Artística de Buñol (Valencia) e a Banda dos Bombeiros Voluntários de Esposende – S. Paio de Antas, que ficou a apenas oito pontos do primeiro lugar.

Foto: Divulgação

Segundo relata a autarquia, em nota enviada a O MINHO, para a Banda de Antas, este foi um dos maiores desafios alguma vez propostos à associação, quer pela responsabilidade musical de participar num concurso desta dimensão, bem como pela despesa financeira associada, tendo em conta que a Banda participou com todo o seu efetivo, num total de 80 músicos.

Considerando o prestígio deste evento, o Município de Esposende contribuiu financeiramente com um apoio de 7.500 euros, assegurando a participação da Banda.

O Presidente da Câmara Municipal, Benjamim Pereira saúda o “excelente resultado” alcançado pela Banda de Música de Antas, salientando que reflete a qualidade, o empenho e o profissionalismo tanto do maestro Diogo Costa, como dos músicos, bem como o excelente trabalho que tem vindo a ser desenvolvido pela direção da Associação.

Para Benjamim Pereira, “esta conquista é mais do que merecida e engrandece e prestigia Antas, o Município de Esposende, a região e o próprio país”.

Anúncio

Aqui chegado…

...temos uma pequena mensagem para partilhar consigo. Cada vez mais pessoas lêem O MINHO, jornal estritamente digital, líder de audiências. Ao contrário de outros órgãos de informação, optámos por não obrigar os leitores a pagarem para lerem as nossas notícias, mantendo o acesso à informação tão livre quanto possível. Por isso, como pode ver, precisamos do seu apoio.

Para podermos apresentar-lhe mais e melhor informação, que inclua mais reportagens e entrevistas e que utilize uma plataforma cada vez mais desenvolvida e outros meios, como o vídeo, precisamos da sua ajuda.

O MINHO é um órgão de comunicação social independente (e sempre será). Isto é importante para podermos confrontar livremente todo e qualquer tipo de poder (político, económico ou religioso) sempre que necessário.

Inspirados na filosofia seguida pelo jornal inglês "The Guardian", um dos mais importantes órgãos de comunicação do Mundo, também nós achámos que, se cada pessoa que lê e gosta de ler O MINHO, apoiar o futuro do nosso projeto, este será cada vez mais importante para o desenvolvimento da sociedade que partilhamos, a nível regional. Pela divulgação, partilha e fiscalização.

Assim, por tão pouco como 1€, você pode apoiar O Minho - e só demora um minuto. Obrigado.

Esposende

Esposende oferece fruta às crianças das escolas

Plano Municipal de Promoção da Saúde e Bem-estar.

em

Foto: Divulgação / CM Esposende

O Município de Esposende aderiu, este ano, ao Regime de Fruta Escolar, no âmbito do Plano Municipal de Promoção da Saúde e Bem-estar, de forma a assegurar políticas alimentares saudáveis em contexto escolar.

Esta é uma iniciativa de âmbito europeu, que pretende promover a prática de uma alimentação saudável e que consiste na distribuição gratuita de uma peça de fruta e/ou produtos hortícolas, duas vezes por semana, aos alunos do 1.º Ciclo do Ensino Básico.

Por forma a abranger também as crianças da Educação Pré-Escolar, o Município vai assegurar igual distribuição nos Jardins-de-Infância do concelho.

Tendo por base o trabalho iniciado no ano letivo anterior com o projeto Hortifruti, o qual terá continuidade este ano letivo, a adesão ao regime da fruta escolar consubstancia uma medida de extrema importância, pois materializa a necessária e efetiva mudança de comportamentos e hábitos alimentares mais saudáveis desde a infância.

Considerando que Portugal está entre os países europeus com maior número de crianças com excesso de peso, torna-se primordial combater este que é um dos principais problemas de saúde pública, sob pena de conduzir à obesidade em idade adulta e aos inúmeros problemas de saúde a ela associados. Neste sentido, é de extrema importância a realização de atividades no meio escolar que visam o desenvolvimento de competências de alimentação saudável e o conhecimento das
origens dos produtos agrícolas.

O projeto Hortifruti, que conta com a parceria da Esposende Solidário, da ACICE (Associação Comercial e Industrial do Concelho de Esposende) e da Cooperativa Agrícola de Esposende, e a colaboração do Centro de Saúde de Esposende através da realização de iniciativas para os Encarregados de Educação, pretende ser parte integrante do Regime de Fruta Escolar e promover iniciativas educativas e de sensibilização, garantindo a sua eficácia e reforçando a importância do consumo de frutas e hortícolas.

Neste contexto, e de forma a proporcionar a todas as crianças a realização de atividades de contexto prático, o Município celebrou com a Escola Superior Agrária do Instituto Politécnico de Viana do Castelo (IPVC) um protocolo de colaboração, que entre outras iniciativas visa a criação de hortas escolares nas várias escolas do concelho, com o intuito de promover o contacto dos alunos com a terra e os produtos locais, o incentivo e a utilização da horta como meio e estratégia educativa e como conteúdo temático às questões ambientais, de saúde, alimentação e qualidade de vida.

A parceria com a Escola Superior Agrária do IPVC engloba o desenvolvimento de
trabalhos académicos e de investigação, projetos, a realização de estágios, visitas de
estudo, consultoria e apoio técnico.

Continuar a ler

Braga

Rui Rio deu show de bateria na Quinta da Malafaia

O Presidente do PSD esteve este sábado no Minho, na “Festa da Europa”, que serviu para reunir “as tropas” em vésperas de eleições europeias e legislativas. Na Quinta da Malafaia, perante 2750 militantes, Rio deu um espetáculo na bateria, num momento de descontração. Vídeo: Facebook de José Manuel Fernandes

em

Rui Rio foi cabeça de cartaz da Festa da Europa, iniciativa organizada pelos eurodeputados José Manuel Fernandes e Paulo Rangel, este sábado, na Quinta da Malafaia, em Esposende, uma iniciativa que visou mobilizar a rede autárquica do PSD do Norte na defesa do projeto Europeu.

Marcaram presença, para além do presidente do partido, Rui Rio, bem como autarcas dos distritos de Braga, Bragança, Vila Real, Viana do Castelo e Porto que participam no Conselho Estratégico MultiDistrital, para além de “mais de 2750 militantes”, número avançado pela organização.

A Festa da Europa contou com intervenções políticas de Rui Rio, do chefe da delegação do PSD no Parlamento Europeu, Paulo Rangel, do deputado coordenador do PPE para a Comissão de Orçamentos, José Manuel Fernandes, da recém-eleita Presidente do YEPP (organização de jovens do PPE), a portuguesa Lídia Pereira e do Presidente da Câmara Municipal de Esposende, Benjamim Pereira.

Para José Manuel Fernandes, coordenador do PPE na Comissão dos Orçamentos, “a Festa da Europa homenageia aqueles que todos os dias dão o máximo pelo desenvolvimento da nossa terra. Realço que os autarcas são os maiores responsáveis pelo investimento público em Portugal através da execução dos fundos europeus. Levam a Europa a cada cidadão confirmando que uma Europa mais forte e coesa significa um Portugal melhor.”

Continuar a ler

Esposende

Observatório Marinho de Esposende deu-se a conhecer no Fórum do Mar 2018

em

Foto: DR

O Município de Esposende marcou presença no Business2Sea – Fórum do Mar 2018, que decorreu entre os dias 14 e 16 de novembro, no Centro de Congressos da Alfândega do Porto, numa organização da Fórum Oceano com a colaboração da Fundação CETMAR – Centro Tecnológico do Mar, com sede na Galiza.

O Fórum do Mar é um evento orientado para o fomento das relações entre poderes públicos, empresas, universidades e centros de I&D e associações, nacionais e estrangeiras, com atividade em diferentes domínios da economia do Mar.

Esta edição foi dedicada ao tema “Desafios do Mar 2030”, apresentando um programa diversificado dedicado ao tratamento e debate de um conjunto de desafios de natureza tecnológica, ambiental, social e económica com que os diferentes intervenientes da economia do Mar se vão confrontar na próxima década. Assim, além de seminários e de workshops, o evento integrou uma Conferência Comemorativa do Dia Nacional do Mar (efeméride que se assinala a 16 de novembro), um Programa de Encontros de Negócio, sessões de pitches organizadas no programa “Curtas de Mar”, uma componente
expositiva e ainda alguns momentos pedagógicos e de animação sobre cultura marítima e literacia dos oceanos.

Atendendo à temática em causa, o Município de Esposende, em colaboração com a empresa municipal Esposende Ambiente e o Forum Esposendense, associado do Fórum Oceano, apresentou o OMARE – Observatório Marinho de Esposende, um portal de informação da biodiversidade marinha do litoral norte de Portugal dedicado à ciência, conservação e desenvolvimento sustentável.

Esta plataforma é fruto de uma parceria entre o Município de Esposende, a Universidade do Minho e o Instituto de Conservação da Natureza e Florestas. A área de atuação/intervenção do OMARE abrange toda a área marinha da área protegida do Parque Natural do Litoral Norte, mas os resultados da implementação deste projeto repercutem-se a nível nacional, contribuindo para um melhor e mais profundo conhecimento da biodiversidade e habitats marinhos presentes na costa portuguesa.

Além da participação no espaço expositivo do evento, foi feita também a apresentação
do projeto no “Curtas de Mar”, pelo biólogo Vasco Ferreira, coordenador do OMARE.

Continuar a ler

Populares