Seguir o O MINHO

Futebol

Balde de água fria em Guimarães com empate ‘fora de horas’ na estreia no campeonato

2.ª jornada da I Liga

em

O Vitória empatou hoje com o Boavista, 1-1, em jogo da segunda jornada da I Liga portuguesa de futebol, em que esteve na frente do marcador mais de 75 minutos.

No Estádio D. Afonso Henriques, o golo foi marcado por Davidson, aos 16 minutos, tendo os boavisteiros chegado ao empate já nos descontos, aos 90+4 minutos, quando a vitória já parecia não querer fugir aos de Guimarães.

Pouco antes, aos 81 minutos, o Vitória viu um golo ser-lhe anulado pelo video-árbitro (VAR), devido a fora de jogo.

Após este empate, os vimaranenses somam o primeiro ponto no campeonato, depois de o jogo da primeira jornada, contra o Rio Ave, ter sido adiado devido a problemas no estádio do clube de Vila do Conde.

Mesmo com um meio-campo remodelado, fruto da entrada de André Almeida para a posição do lesionado Joseph, a turma vimaranense comprovou no primeiro quarto de hora o bom momento que atravessa, ‘prendendo’ o adversário no seu meio-campo com trocas de bola rápidas e precisas, que acabaram por culminar no golo inaugural.

Depois de ter cabeceado ao lado na primeira ocasião, aos quatro minutos, e de ter visto Alexandre Guedes falhar o golo por centímetros, após assistência sua, aos 12, Davidson recebeu um passe longo de Tapsoba no interior da área e desferiu um remate acrobático bem colocado, com Bracali a tocar ainda na bola.

Depois do triunfo sobre o Aves (2-1), na primeira jornada, o Boavista apareceu em Guimarães com duas novidades no ‘onze’ – Lucas e Heriberto, que se juntou no ataque a Yusupha -, mas a reação à desvantagem foi quase inexistente, à exceção de um lance em que Florent corrigiu um erro do guardião Miguel Silva para impedir Heriberto de empatar, aos 26 minutos.

Até ao intervalo, o ritmo do encontro abrandou, com a turma vitoriana a manter o controlo das operações e a tentar o segundo golo num remate de longe de Pepê, ligeiramente por cima, aos 40 minutos.

A formação do Porto subiu no terreno após o intervalo e passou a jogar mais tempo no meio campo contrário, mas sem conseguir ultrapassar a defesa vitoriana, bem organizada e ‘autoritária’ nas bolas divididas e aéreas.

Atenção, Vitória: FCSB perde antes do jogo da Liga Europa

Apesar do menor volume ofensivo face à primeira parte, os anfitriões mostraram-se, ainda assim, capazes de desequilibrar a retaguarda ‘axadrezada’, como aconteceu ao minuto 55, quando Alexandre Guedes atirou por cima, na sequência de uma combinação de Rochinha e Pepê.

A partida perdeu ritmo, com o Vitória a controlar a partida já em quebra física e a ver um golo anulado a João Carlos Teixeira por fora de jogo, aos 81 minutos, e o Boavista a criar perigo num remate de longe de Rafael Costa (88 minutos), antes de empatar nos últimos segundos por Lucas, em resposta a um livre de Bueno.

“O Vitória criou situações para fazer quatro, cinco golos”

Desde o início da temporada, a equipa orientada por Ivo Vieira contava por vitórias todos os jogos disputados. Nos cinco jogos anteriores, o Vitória venceu, em casa e fora, a Jeneusse Esch, do Luxemburgo, e o Ventsplis, da Letónia, em jogos das pré-eliminatóras da Liga Europa, e apurou-se para a fase de grupos da Taça da Liga, depois de ter ganho na visita a Santa Maria da Feira (0-1, contra o Feirense). Soma, agora, 16 golos marcados e um sofrido.

Ficha de Jogo

Jogo no Estádio D. Afonso Henriques, em Guimarães.

Vitória SC – Boavista, 1-1.

Ao intervalo: 1-0.

Marcadores:

1-0, Davidson, 16 minutos.

1-1, Lucas Tagliapietra, 90+4.

Equipas:

– Vitória SC: Miguel Silva, Sacko, Tapsoba, Pedro Henrique, Florent, Al Musrati, Pepê, André Almeida (João Carlos Teixeira, 60), Rochinha, Davidson e Alexandre Guedes.

(Suplentes: Douglas, Lucas Soares, Bondarenko, Rafa Soares, João Carlos Teixeira, João Correia e João Pedro).

Treinador: Ivo Vieira.

– Boavista: Bracali, Carraça, Lucas Tagliapietra, Neris, Marlon, Obiora (Yaw Ackah, 46), Rafael Costa, Gustavo Sauer (Bueno, 68), Mateus, Heriberto e Yusupha (Cassiano, 58).

(Suplentes: João Gonçalves, Edu Machado, Ricardo Costa, Idris, Yaw Ackah, Bueno e Cassiano).

Treinador: Lito Vidigal.

Árbitro: Artur Soares Dias (AF Porto).

Ação disciplinar: cartão amarelo para Obiora (27), Mateus (30), Florent (35), Rafael Costa (43), Yaw Ackah (49) e Rochinha (66).

Assistência: 16.735 espectadores.

Anúncio

Futebol

Euro2020: Luxemburgo quer “complicar ao máximo” a tarefa de Portugal e de Ronaldo

Futebol

em

Foto: Divulgação

O selecionador do Luxemburgo afirmou hoje que vai “tentar complicar ao máximo” a tarefa de Portugal no domingo, em jogo de apuramento para o Euro2020 de futebol, e também de Ronaldo, que pode chegar aos 100 golos internacionais.

“Se o Luxemburgo vencer Portugal, uma das melhores equipas do mundo, será um grande feito. Há pessoas no país que ficarão tristes, já que existe uma grande comunidade portuguesa. Sabemos da qualidade do nosso adversário, mas vamos tentar complicar ao máximo, como fizemos com a Ucrânia e Sérvia”, afirmou Luc Holtz.

O técnico luxemburguês falava aos jornalistas na conferência de imprensa de antecipação do último encontro do Grupo B, na unidade hoteleira em que a sua equipa está instalada, na pequena vila de Lipperscheid, no norte do país.

Holtz garantiu que o Luxemburgo não quer ficar na história como a equipa que sofreu o golo 100 de Ronaldo com a camisola de Portugal, mas lembrou que o avançado português, mesmo que esteja com problemas físicos, continua a ser “um jogador extraordinário”.

“Ele sente espaços como poucos jogadores e pode marcar quando quiser. Com a maturidade que tem, pode fazer a diferença a qualquer momento. Quando o seu treinador na Juventus o tira num jogo, provavelmente, terá os seus motivos, mas mesmo com 80% de suas capacidades Ronaldo ainda pode decidir sozinho uma partida”, disse o treinador, de 50 anos.

O selecionador do Luxemburgo, que comanda a equipa desde 2011, abordou ainda o estado do relvado do estádio Josy Barthel, palco do jogo de domingo, mostrando-se otimista que vai melhorar.

“Estive hoje a ver o campo e posso dizer que está em melhores condições do que nos últimos dias. Não posso garantir nada. Acho que não vai estar num ótimo estado, mas estará de certeza num estado aceitável”, considerou.

Com um encontro por disputar no Grupo B, a Ucrânia, já apurada, lidera com 19 pontos, mais cinco do que Portugal, segundo classificado, e seis do que a Sérvia, terceira. O Luxemburgo é quarto posicionado, com quatro pontos.

Na última jornada, Portugal joga no Luxemburgo, enquanto a Sérvia recebe a Ucrânia, com um triunfo da ‘equipa das quinas’ a proporcionar o apuramento direto para a fase final, independentemente do resultado obtido pelos sérvios.

O Luxemburgo-Portugal está agendado para as 15:00 (14:00 horas da Lisboa) e vai ter arbitragem do espanhol Jesús Gil Manzano.

Continuar a ler

Futebol

Taça da Liga: Resultados e classificações da terceira fase

Futebol

em

Foto: Divulgação

Resultados e classificações da terceira fase da Taça da Liga de futebol:

Grupo A:

– 2.ª jornada:

– Sábado, 05 out:

Paços de Ferreira – Marítimo, 1-1

– Segunda-feira, 07 out:

Penafiel – SC Braga, 1-3

– 1.ª jornada:

– Domingo, 13 out:

Sporting de Braga – Marítimo, 2-1

Penafiel – Paços de Ferreira, 1-2

Classificação: J V E D GOLOS P

1. SC Braga 2 2 0 0 5-2 6

—————————————————–

2. Paços de Ferreira 2 1 1 0 3-2 4

3. Marítimo 2 0 1 1 2-3 1

4. Penafiel 2 0 0 2 2-5 0

Por disputar:

– 3.ª jornada, 21 dez:

Paços de Ferreira – SC Braga, 16:00

Marítimo – Penafiel, 16:00

Grupo B:

– 1.ª jornada:

– Quarta-feira, 25 set:

Benfica – Vitória SC, 0-0

– Sábado, 12 out:

Sporting da Covilhã – Vitória de Setúbal, 1-1

Classificação: J V E D GOLOS P

1. Vitória Setúbal 1 0 1 0 1-1 1

—————————————————–

2. Sporting Covilhã 1 0 1 0 1-1 1

3. Benfica 1 0 1 0 0-0 1

4. Vitória SC 1 0 1 0 0-0 1

Por disputar:

– 2.ª jornada:

– Terça-feira, 03 dez:

Sporting da Covilhã – Benfica, 20:15

– Quarta-feira, 04 dez:

Vitória de Setúbal – Vitória SC, 18:45

– 3.ª jornada, 21 dez:

Vitória de Setúbal – Benfica

Vitória SC – Sporting da Covilhã

Grupo C:

– 1.ª jornada:

– Quarta-feira, 25 set:

Gil Vicente – Portimonense, 1-2

– Quinta-feira, 26 set:

Sporting – Rio Ave, 1-2

– 2.ª jornada:

– Sábado, 05 out:

Portimonense – Rio Ave, 1-1

– Quarta-feira, 04 dez:

Gil Vicente – Sporting, 20:45

Classificação: J V E D GOLOS P

1. Portimonense 2 1 1 0 3-2 4

—————————————————–

2. Rio Ave 2 1 1 0 3-2 4

3. Gil Vicente 1 0 0 1 1-2 0

4. Sporting 1 0 0 1 1-2 0

Por disputar:

– 3.ª jornada, 21 dez:

Portimonense – Sporting

Rio Ave – Gil Vicente

Grupo D:

– 1.ª jornada:

– Quarta-feira, 25 set:

FC Porto – Santa Clara, 1-0

– Sábado, 16 nov:

Casa Pia – Desportivo de Chaves, 0-1

– 2.ª jornada:

– Sexta-feira, 04 out:

Desportivo de Chaves – Santa Clara, 1-0

– Quarta-feira, 05 dez:

Casa Pia – FC Porto, 20:15

Classificação: J V E D GOLOS P

1. Desportivo Chaves 2 2 0 0 2-0 6

—————————————————–

2. FC Porto 1 1 0 0 1-0 3

3. Santa Clara 2 0 0 2 0-2 0

4. Casa Pia 1 – – 1 0-1 0

Falta disputar:

– 3.ª jornada, 21 dez:

Santa Clara – Casa Pia

Desportivo de Chaves – FC Porto

Nota: O primeiro classificado de cada grupo qualifica-se para a ‘final four’.

Continuar a ler

Futebol

Fernando Santos desvaloriza relvado e só pensa no apuramento para o Euro2020

Euro2020

em

Foto: Divulgação

O selecionador Fernando Santos desvalorizou hoje o mau estado ao relvado do Stade Josy Barthel, palco do encontro de domingo com o Luxemburgo, e mostrou-se confiante no apuramento de Portugal para o Euro2020 de futebol.

“O adversário é o Luxemburgo. O frio e o relvado são contingências do futebol. Portugal tem jogadores de altíssimo nível, que estão habituados a tudo. Não podemos estar à partida a arranjar fatores de desculpa”, afirmou Fernando Santos.

O selecionador português falava aos jornalistas no complexo desportivo de Bissen, localizado a 40 quilómetros da capital luxemburguesa, num ginásio que durante algumas horas foi transformado em sala de imprensa e no qual foi feita a conferência de imprensa de antevisão do jogo do Grupo B de qualificação.

“Jogámos aqui há quatro anos e o campo também não estava bom. Ganhámos 2-0. Vamos encontrar o melhor estilo de jogo dependendo do relvado. Isso é algo que os jogadores vão decidir perante o estado do relvado”, referiu o técnico, de 65 anos.

Tal como já tinha acontecido antes do primeiro jogo, em Alvalade (3-0), Fernando Santos voltou a elogiar a equipa do Luxemburgo, que vai jogar “olhos nos olhos” com Portugal, mas mostrou-se confiante que a seleção nacional vai estar no próximo Europeu.

“É um adversário de qualidade, mas se fizermos o que temos que fazer e devemos fazer, vamos ganhar e alcançar o apuramento”, disse o selecionador nacional, adiantando que poderá fazer algumas alterações no ‘onze’, sobretudo devido a questões físicas.

Com Cristiano Ronaldo a dois golos de atingir os 100 com a camisola das ‘quinas’, Fernando Santos foi desafiado a escolher o melhor do capitão com Portugal, mas o treinador campeão europeu optou por fazer ‘futurologia’.

“Espero que amanhã [domingo] faça o golo mais bonito da carreia”, concluiu.

Com um encontro por disputar no Grupo B, a Ucrânia, já apurada, lidera com 19 pontos, mais cinco do que Portugal, segundo classificado, e seis do que a Sérvia, terceira. O Luxemburgo é quarto posicionado, com quatro pontos.

Na última jornada, Portugal joga no Luxemburgo, enquanto a Sérvia recebe a Ucrânia, com um triunfo da ‘equipa das quinas’ a proporcionar o apuramento direto para a fase final, independentemente do resultado obtido pelos sérvios.

O Luxemburgo-Portugal está agendado para as 15:00 (14:00 horas da Lisboa) e vai ter arbitragem do espanhol Jesús Gil Manzano.

Continuar a ler

EM FOCO

Anúncio

ÚLTIMAS

Vamos Ajudar?

Reportagens da Semana

Populares