Avaliação bancária na habitação atinge recorde de 1.429 euros/m2 em setembro

Economia
Foto: Paulo Jorge Magalhães / O MINHO / Arquivo (2021)

O valor mediano de avaliação bancária aumentou em setembro para o novo máximo histórico de 1.429 euros por metro quadrado, um aumento homólogo de 15,6% e mais 15 euros do que em agosto, divulgou hoje o INE.

Segundo o Instituto Nacional de Estatística (INE), “em setembro, o valor mediano de avaliação bancária, realizada no âmbito de pedidos de crédito para a aquisição de habitação, fixou-se em 1.429 euros por metro quadrado (euros/m2), tendo aumentado 1,1% face a agosto (1.414 euros/m2)” e 15,6% relativamente ao mesmo mês de 2021.

O instituto nota que “o número de avaliações bancárias consideradas diminuiu pelo quarto mês consecutivo, situando-se em cerca de 26 mil, o que representa uma redução de 8,7% face mesmo período do ano anterior e menos 22,0% que em maio último, mês em que se registou o máximo da série”.

 
Total
0
Partilhas
Artigo Anterior

Exportações e importações sobem 18,3% e 22% homólogos em 2021 e superam 2019

Próximo Artigo

Bombeiro de Barcelinhos atropelado quando prestava socorro a acidente na A3 em Braga

Artigos Relacionados
x