Seguir o O MINHO

Guimarães

Autarca de Guimarães promete mandato com o “ambiente como pano de fundo”

em

O presidente da Câmara de Guimarães garantiu que o mandato que neste sábado inicia “será centrado nas pessoas e no território” tendo o ambiente como “pano de fundo”, revelando a “ambição de conquistar as consciências” vimaranenses para as questões ambientais.

A discursar na cerimónia de tomada de posse dos órgãos autárquicos eleitos no sufrágio de 01 de outubro, que decorreu na manhã deste sábado, Domingos Bragança, eleito pelo PS, anunciou a abertura de um Gabinete da Juventude, a construção de habitações com renda controlada, a criação de um Portal do Associativismo e do Balcão de Apoio à Criação e ainda a atribuição de Bolsas aos Estudantes do Ensino Superior de Guimarães, em situação de carência económica e o “reforço” de investimento nas freguesias.

“Este será um mandato centrado nas pessoas e no território tendo o ambiente como pano de fundo”, garantiu Domingos Bragança.

Segundo o autarca, depois de lembrar que o “ambiente é transversal a todas as áreas de intervenção e a todos os cidadãos”, assumiu o compromisso de “em todas as decisões que tomar, em todos os investimentos, em todas as posturas, decidir a favor do ambiente, da sua preservação e sustentabilidade”.

Ainda com o ambiente como tema, Domingos Bragança revelou “a maior ambição” que tem: “Conquistar as consciências para a responsabilidade que partilhamos em legar às próximas gerações um ambiente são, protegido e acarinhado por todos”, disse.

Numa cerimónia marcada pela saída de funções autárquicas de António Magalhães, que foi presidente da autarquia durante 20 anos e, no último mandato, dirigiu os trabalhos da Assembleia Municipal, Domingos Bragança anunciou medidas dirigidas à juventude.

“Reforçaremos e diversificaremos as práticas que fazem de Guimarães uma cidade que acolhe os seus jovens, e que os desafia para uma cidadania ativa com a criação de um Gabinete da Juventude, uma estrutura permanente e multidisciplinar que se ocupe de todas as dimensões relacionadas com a habitação, o emprego ou o associativismo”, apontou.

A habitação foi outra das áreas salientadas pelo autarca, que anunciou a “construção de 62 fogos dedicados a habitação a custo controlado”.

O autarca deixou ainda garantias aos presidentes das Juntas de Freguesias de Guimarães, afirmando que “não há freguesias deste ou daquele partido” afirmando que “só há um concelho” e que será para esse concelho que irá governar.

“Guimarães é a nossa cidade, as nossas Vilas e as nossas Freguesias, em matéria de ação política, todas são igualmente importantes na construção de um concelho coeso e desenvolvido de forma integral, pelo que todas terão meios de investimento reforçados”, salientou.

Domingos Bragança venceu as eleições autárquicas de 01 de outubro com 51% dos votos, elegendo seis vereadores, tendo a coligação ?Juntos por Guimarães’ (PPD-PSD/CDS-PP/MPT/PPM/PPV-DC) elegido os restantes cinco vereadores do executivo ao conseguir 37% dos votos.

Populares