Seguir o O MINHO

Alto Minho

Atleta limiano ganha medalha de prata no Nacional Open de Jiu-Jitsu

em

João Souza, atleta da Gracie Barra Refóios do Lima, subiu ao pódio do Campeonato Nacional Open de Jiu-Jitsu, no sábado passado, em Lisboa, para receber a medalha de prata na categoria master, peso pesado, onde se incluem atletas até aos 94,300 kg.

O atleta, que pratica esta modalidade há cerca de um ano, vê este campeonato como “a prova mais prestigiada de Jiu Jitsu em Portugal”.

“É uma prova duríssima, onde participaram os melhores praticantes de Jiu Jitsu a nível nacional”, sublinhou.

Para o atleta limiano, a sua participação foi boa, apesar de não ter ganho a final.

“Senti pena por não ter conseguido vencer a final, até porque estive em vantagem em relação ao adversário, mas por segundos perdi o foco da luta, o que permitiu a vitória ao adversário, que é um atleta muito forte e rodado”, realçou João Souza.

Para João Souza, a vontade de fazer Jiu Jitsu surgiu quando começou a ver torneios de vale tudo, onde o vencedor era quase sempre um lutador de Jiu Jitsu.

a caminho de comprir um sonho com Carlão Fonseca Strong Lee Hong e Apollo Carvalho

Publicado por Rita E João Martim em Domingo, 25 de Outubro de 2015

Publicação de João Souza antes da prova

Este foi o primeiro campeonato de Jiu Jitsu Brasileiro para o atleta, que já participou em competições de Judo, em lutas de submissão e num combate de boxe e de Kung Fu.

“Gostava muito de participar no campeonato europeu de Jiu Jitsu, que vai ser em lisboa, durante cinco dias, no mês de janeiro. Mas só a inscrição custa mais de 100 euros. Esta prova é boa para quem já tem patrocínios”, referiu.

jiu jitsu

A Gracie Barra Refóios do Lima, filial da Gracie Barra Porto, liderada pelo mestre Alexsandro “Leko” Almeida, foi representada, nesta 6ª edição do Nacional Open de Jiu-Jitsu, por três atletas de faixa branca, sendo eles o João Souza, vencedor da medalha de prata, o Pedro Afonso e o João Brito.

Para Ricardo Pereira, professor dos três atletas, esta participação surgiu de forma natural.

Alguns dos nossos atletas estavam desejosos de participar num evento competitivo e, sobretudo, sentiam-se preparados e confiantes para enfrentar o desafio”, realçou.

Este foi o primeiro campeonato em que atletas limianos participaram. Todos os custos monetários ficaram ao encargo dos atletas.

Todos os custos da participação ficaram a cargo dos atletas competidores e daqueles que os foram apoiar (treinador e colegas). Sendo que o evento decorreu em Lisboa (assim como a maior parte das grandes competições da modalidade), as despesas da viagem são consideravelmente altas. Daí que haja necessidade de recorrer a apoios e patrocínios”, afirmou Ricardo Pereira, acrescentando que em Ponte de Lima “existe potencial para divulgar a modalidade e para disputar lugares no pódio”.

Opinião partilhada por Stefan Batista, atleta na Gracie Barra Refóios do Lima, que acompanhou a equipa ao Nacional Open de Jiu-Jitsu 2015.

“Deu vontade de participar, eu nunca tinha pensado em entrar em competição, mas fiquei com vontade”, afirmou, realçando o facto de ser muito complicado encontrar lugares onde praticar esta modalidade em Ponte de Lima.

A 6ª edição do Campeonato Nacional Open Jiu Jitsu decorreu no Pavilhão Casal Vistoso, em Lisboa, e contou com a participação de 700 atletas.

Open nacional 20151

Os treinos da Gracie Barra Refóios do Lima decorrem no Pavilhão Gimnodesportivo de Refóios do Lima, todas as segundas, quartas e sextas.

Populares