Seguir o O MINHO

Cávado

Associação de Esposende denuncia novamente buracos no passadiço pedonal da ponte de Fão

Câmara tem alertado Infraestruturas de Portugal

em

Foto: Associação Cidadãos de Esposende

A Ponte D. Luís Filipe, em Fão, concelho de Esposende, apresenta “novamente” no passadiço pedonal graves fissuras e buracos com abertura direta para o rio, denuncia uma associação local. A Câmara tem solicitado intervenção da Infraestruturas de Portugal, entidade responsável pela estrutura.

Em comunicado, a Associação Cidadãos de Esposende lembra que, em maio de 2020, tinha denunciado a situação, chegando mesmo a pedir o fecho imediato da ponte, e que, semanas depois, a Infraestruturas de Portugal “procedeu a uma intervenção corretiva de forma a garantir a segurança da circulação de peões”.

“Passado mais de um ano verifica-se a mesma situação na passagem pedonal a montante onde a corrosão é de tal forma grave que já existem buracos com abertura direta para o rio”, lamenta a associação, realçando que “são centenas de pessoas as que utilizam o acesso pedonal” da ponte de Fão.

Foto: Associação Cidadãos de Esposende

Foto: Associação Cidadãos de Esposende

Foto: Associação Cidadãos de Esposende

Foto: Associação Cidadãos de Esposende

Foto: Associação Cidadãos de Esposende

Fonte da autarquia referiu a O MINHO que a Câmara tem feito o que lhe compete, nomeadamente alertar a Infraestruturas de Portugal, responsável pela estrutura, para os perigos decorrentes do mau estado da mesma.

Nesse sentido, a Câmara tem solicitado a intervenção da Infraestruturas de Portugal, já fez uma intervenção no local, tendo deixado a garantia de que ia completar a obra a curto prazo.

O projeto de reabilitação geral da ponte D. Luís Filipe, entre Gandra e Fão, estava previsto ser concluído em 2021.

Populares