Seguir o O MINHO

Arcos de Valdevez

Padre visionário dá nome a oficinas de ciência de um milhão de euros em Arcos de Valdevez

em

Foto: DR/Arquivo

A Câmara de Arcos de Valdevez adjudicou, por um milhão de euros, a obra das Oficinas de Criatividade Himalaya, que vão nascer na antiga escola secundária do concelho, divulgou esta quarta-feira o município.

Em comunicado, o município acrescenta que em causa está a criação de uma “plataforma de promoção da ciência”, tendo como “personagem inspiradora um dos maiores cientistas e visionários portugueses da viragem do século XIX, o padre Manuel Himalaya, nascido em Arcos de Valdevez”.

O comunicado sublinha que o padre Himalaya foi “um precursor das energias renováveis e desenvolvimento sustentável”.

O espaço das Oficinas de Criatividade Himalaya será aberto à comunidade como equipamento de descoberta e fruição e terá nas famílias e nos jovens “o seu principal público-alvo, integrando uma cúpula de projeção de alta definição que funcionará como um planetário.

Este planetário já foi adjudicado por 70 mil euros.

As Oficinas integrarão uma área dedicada à vida e obra do padre Himalaya e outra ligada à ciência e à pedagogia, bem como um labirinto dedicado igualmente à figura daquele cientista.

Oficinas de Criatividade Himalaya. Foto: Divulgação

Neste labirinto, também já adjudicado por 70 mil euros, os corredores serão inspirados nas viagens pelo mundo do Padre Himalaya e terão desafios e enigmas sobre a sua vida cultural e científica.

“Com esta abordagem, pretende-se que, após a realização do percurso, as crianças sintam uma maior motivação para a experimentação, para a resolução de problemas e para aprofundar o conhecimento da vida e da obra do Padre Himalaya”, refere o comunicado.

As crianças terão ao seu dispor uma pequena mochila de explorador contendo um conjunto de pequenas ferramentas (chaves, lanternas, lupas) necessárias para interagir e resolver as questões e os desafios que vão encontrando nos respetivos corredores.

O espaço exterior incorporará alguns equipamentos de uso livre e também ligados com a ciência, bem como uma réplica em tamanho natural do Pirelióforo apresentado por Himalaya na Exposição Universal de St. Louis (EUA).

EM FOCO

Populares